publicidade

publicidade

7 Cursos que todo estudante de Engenharia de Produção deveria fazer


Todos sabemos que a Engenharia de Produção abrange várias áreas, ou seja, um engenheiro de produção “pleno” precisa dominar várias ferramentas, técnicas e conhecimentos. Durante o curso por muitas vezes a carga teórica tem muito mais espaço que a prática, gerando a necessidade de os alunos procurarem complementar sua formação com cursos fora da universidade. Quais cursos um estudante de Engenharia de Produção poderia fazer? Hoje reuni aqui alguns cursos/ferramentas que podem ser feitos para dar aquele up! no currículo ou mesmo para consolidar e saber mais sobre a aplicação de conhecimentos que recebemos nas aulas.

Fonte: Shutterstock.

  1. Microsoft Excel

    Muito conhecido de todos nós, o Excel pode ser uma ferramenta poderosa para o engenheiro de produção. Ele pode ser usado, por exemplo, nas disciplinas de Planejamento e Controle de Produção – calculando capacidade de produção, simulando demandas, definindo gargalos, etc – e Pesquisa Operacional – encontrar mix de produção, capacidade de produção, otimização de rotas e modelos ‘minimax’.

    Fonte: Shutterstock.

     


  2. Software de Gestão de Projetos

    Estes softwares, sendo os mais conhecidos o Microsoft Project e o Spider Project, foram desenvolvidos para o gerenciamento de projetos e possibilitam o usuário a desenvolver um plano, distribuir tarefas aos seus recursos, monitorar progresso do projeto, gerenciar os custos, entre outros.

    Fonte: Shutterstock.

  3. Minitab

    O Minitab é uma ferramenta estatística poderosa, onde pode-se fazer análises básicas de estatística como testes de hipóteses, intervalos de confiança e testes de normalidade e também análises mais complexas como gráficos de controle, regressões e ferramentas de qualidade.

    Reprodução

  4. Six Sigma

    Six sigma é um conjunto de ferramentas e técnicas para a melhoria de processos. Existem cursos de capacitação em Six Sigma onde essas metodologias são expostas de forma prática e direta no contexto empresarial.

    Leia mais: A metodologia Six Sigma e a ferramenta DMAIC


  1. Software CAD/CAE/CAM

    Os softwares CAD (Computer-aided design – desenho assistido por computador) usam o computador para ajudar na criação, modificação, análise ou otimização de um projeto. O software mais conhecido é o AutoCAD. É bom ter uma noção do uso desses softwares para o auxílio no desenvolvimento de novos produtos e na melhoria da comunicação entre áreas diferentes.

    Fonte: Shutterstock.

  2. Empreendedorismo

    Segundo o SEBRAE empreendedorismo “ são habilidades para a ideação, construção, gerenciamento e desenvolvimento de projetos e negócios”. Ter noções sobre empreendedorismo, além de potencializar conhecimentos para a criação de um novo negócio, pode ser um diferencial do engenheiro dentro de uma organização, fornecendo novas ideias, tendo visões de longo prazo e atingindo metas.

    Leia mais: 4 Dicas para aprender mais sobre empreendedorismo


  3. Liderança

    Para aqueles que acreditam não terem o “espírito de líderes”, existem cursos que podem ajudar a desenvolver as habilidades de liderança. Essas habilidades podem ajudar nos trabalhos em grupo, na transformação da organização e na motivação dos parceiros de trabalho.

    Leia mais: Engenheiro de Produção, seja um líder! E todos os outros engenheiros também

 

Algumas universidades oferecem estes cursos como disciplinas. Se você tem facilidade para estudar sozinho, há muitos materiais online sobre eles. Procure se informar!

E você, já fez algum destes cursos? Adicionaria algum à lista? Compartilhe conosco!


Referências: ferp.br, minitab.com, sebrae.com.br

 


publicidade

publicidade

  • Ricardo Tambellini Veiga

    Eu adicionaria softwares para simulação da produção, podem ser: ProModel, Arena ou Plant Simulation.

    Abraço

    • Pedro

      Acrescentaria nesta lista o Flexsim. Considero o mais intuitivo e simples para trabalhar

  • Fiz todos

    • Jessica Dias

      Esse Paulo não perde tempo!!!!

  • Admilton Junior

    Excelente !

    • Jessica Dias

      Obrigada <3

  • Daniel Oliveira

    Eu acho que a ferramenta SAP é também um ótimo curso e esta presente em mais de 80% das grandes organizações do Brasil, e na minha opinião deveria estar na grade curricular do Engenheiro de Produção.

    • Jessica Dias

      SAP é aquele de ERP né? O que aprendi a usar é o Adempiere. Conhece?

      • Afonso

        “É aquele de ERP?” Hahahahhaahaha Jesuuuuuuuuuuuisss que engenheitos estamos formando!!?

        • Jessica Dias

          Oi, Afonso! Os EngenheiRos que estamos formando são pessoas que correm atrás, que admitem quando não sabem de algo e estão sempre abertos a aprender. Que estão dispostos a passar o que sabem e ajudar aos outros. Obrigada pelo comentário!

  • Muito bom o texto. Concordo plenamente.
    Acredito que de forma genérica estes cursos realmente formam um lista excelente de formação complementar. Adicionaria nesta lista gerenciamento de projetos (com base no PMBOK), 7 ferramentas da qualidade, e 5S.
    Retiraria da lista o six sigma (lean six sigma), porque considerar ele de forma genérica é dizer que qualquer pessoa “deve/deveria” fazer, mas na verdade é preciso saber primeiramente se você tem perfil para ser um belt. Muitos fazem este curso e não aproveitam efetivamente por não ter este perfil.

  • Leonardo Bastos

    Oi Jéssica! Muito interessante seu texto. Realmente uma ajuda para as pessoas que cursam Eng. de Produção se guiarem em algumas habilidades que o mercado pede. Outro curso que eu recomendaria também seria em Simulação, com habilidade em algum software dessa área, e também é interessante pra essa área saber uma linguagem de programação.

    • Jessica Dias

      Nem lembrei de colocar simulação, deve ser porque eu aprendi na faculdade mesmo! mas pra quem não tem contato na faculdade é bom fazer mesmo. obrigada pelo seu comentário!

  • luiz paulo de jesus

    Eu acrescentaria curso de mecânica, Solidwork , TPM e oratória

  • Todos válido e essenciais!

    • Jessica Dias

      Obrigada, Luiz!

  • SAP se desenvolve o aprendizado no dia a dia da empresa devido ao nível de customização da ferramenta…

    • Jessica Dias

      Bem observado, Luiz. Eu to fazendo uma matéria e estamos usando o Adempiere, dá pra ver que depende muito da empresa! Obrigada pelo comentário.

  • Anayle Pasold

    Matlab também é um programa muito útil.. Ótimo post!

    • Jessica Dias

      Verdade, Anayle! E obrigada pelo elogio. Abraços!

  • Adriano

    Vou tentar fazer todos. Obrigado pelas dicas Jessica!

    • Jessica Dias

      Obrigada você =)

  • Joseph

    Esse curso é bom, engenharia de prod. ?

  • Priscila

    Texto muito bom! Quanto à ferramenta Minitab, sabe onde posso encontrar o curso? Obrigada!

    • Lucas Sousa

      Reitero a importância de lidar com Engenharia econômica com ênfase em JIT e flexibilizar a compreensão da ferramenta CEP nos arranjos de produção. Custos sempre serão nossos desafios.

  • Carlos Eduardo

    O que acha de leitura dinâmica e memorização?

  • Rafael

    Poderiamos substituir o Six Sigma pelo Lean Manufacturing , é uma metodologia mais completa que o Six Sigma, inclusive engloba o six sigma e muitos outros sistemas.

  • Rogerio Bamberg

    Saudações companheiros de profissão! Excelente iniciativa Jessica, precisamos de pessoas como você para facilitar o crescimento dos profissionais em todo Brasil! Bem, sou formado há dois anos em Engenharia de Produção e concordo com todos os cursos mencionados acima, acrescentando o Inglês, pois diversos termos na engenharia são em inglês, linguagens de programação e outros softwares. As ferramentas da qualidade, utilização de softwares de Simulações(Promodel), Matlab(Linguagem de programação), Pmbok(G. Projetos) tive a oportunidade de aprender na faculdade. Ao meu ver, qualquer forma de busca ao conhecimento é valida, desde que, tenhamos foco naquilo que queremos seguir no vasto campo da Produção. O SAP é um ERP que faz parte do meu dia-a-dia, é uma plataforma de gestão empresarial online para resultados imediatos e custa muito caro “aprender”, a não ser que a sua empresa o utilize. Cursos de memorização, leitura dinâmica e oratória são importantes para todas as áreas, sendo que um bom hábito de leitura diário nos ajuda nesses 3 quesitos.Para finalizar todo engenheiro para “crescer” precisa ter o espírito de liderança e trabalho em equipe. Devemos lutar para conseguir degraus mais altos e ter uma boa imagem perante aos nossos colegas, pois um deles pode estar no mercado para nos dar uma mão.
    Espero ter contribuído. Abs

  • Erica Medeiros

    Gostei das dicas. Parabéns pela página!

    • Jessica Dias

      Obrigada, Erica!

  • Guest

    Respondeu minha pergunta em uma matéria anterior e ainda me ajudou a lembrar o nome dos softwares que meu professor havia falado hahha. Muito boa matéria!!!

    • Jessica Dias

      Obrigada =)

  • Rafael Freitas

    Eu recomendaria também o Volare, não é bem voltado para Eng. de Produção, mas ao meu ver é um dos mais completos para elaboração de orçamentos do mercado, que conta tanto com a base de dados própria como a da SINAPI.

  • Túlio Monteiro

    Boas dicas !

  • Josy Santos

    Gostei muito das dicas, vou ver um desses para fazer e ampliar meus conhecimentos.

  • Lucas

    Alguém poderia me indicar onde encontro o curso de lean manufacturing??

  • Joana L. Fontes

    Olá pessoal Meu nome é Joana sou consultora da empresa Sim Tecnology , e esses Treinamentos acima como AutoCad , Exel e Ms project ministramos aqui na nossa escola localizada no baixo da Mooca da Av. Paes de Barros n° 1922, com promoções incríveis , Nosso tel: 11-2084-0070

    11-2028-0396 .

  • Bruno Peralva

    Obrigado, Jéssica. Sempre bom saber coisas para agregar na nossa área de estudo/trabalho. E essas no caso são indispensáveis.