publicidade

publicidade

Ar-condicionado de apenas 16 cm resfria, umidifica e limpa o ar


O outono chegou, mas o frio ainda nem deu sinal de vida. Com o tempo seco e quente, parece que tudo fica mais difícil: estudar, trabalhar, concentrar-se… Dá vontade mesmo é de ter um ar-condicionado portátil para poder levá-lo a qualquer lugar.

pasted-blog-da-engenharia

Para quem imaginou a cena descrita acima, saiba que uma startup russa criou o primeiro ar-condicionado pessoal do mundo, que, além de gastar pouca energia, funciona com água. Batizado de Evapolar, o cubo pesa 1,6 kg e tem dimensões de 16 cm. O reservatório de água com 710 ml de capacidade deve ser alimentado a cada seis ou oito horas.

O baixo consumo de energia é de até 10 W, sendo o poder de resfriamento de 500 W. Mas, a melhor parte é que ele proporciona temperatura mínima de 17 ºC – o que é ótimo em um país quente como Brasil. Segundo a empresa, além de resfriar, ele umidifica e limpa o ar, proporcionando um ambiente mais agradável.

ar-condicionado_blogdaengenharia

Embora sua potência corresponda a, aproximadamente, metade do que os outros aparelhos oferecem, as vantagens é que tem custo zero de instalação e seu tamanho e peso permitem que seja carregado em uma mochila, podendo ser levado para onde precisar.

A praticidade não se restringe apenas à portabilidade do aparelho: sua manutenção é simples, podendo ser feita a cada oito meses, dependendo do uso e da qualidade da água utilizada. Para isso, basta substituir o cartucho de evaporação. Quem adquire o produto, recebe um cartucho extra, mas também pode comprar mais quantidade diretamente com a empresa.

evapolar-blog-da-engenharia

O funcionamento do Evapolar é igualmente simples: a água é evaporada por meio de nanofibras de basalto, e resfria quando o equipamento é ligado à tomada. Caso a água do reservatório termine, o aparelho exerce a função de um ventilador comum. Vale ressaltar que o produto não utiliza gás freon e, portanto, não ocasiona impactos ambientais.


publicidade

publicidade