publicidade

publicidade

Conheça os países com mais oportunidades para engenheiros

Estudo mostrou quais os países mais favoráveis para engenheiros, mas todos exigem cursos de especialização e anos de experiência.

Cada vez mais, as empresas necessitam de mão de obra qualificada. Segundo um levantamento da firma McKinsey Global Institute, em 2020 o mercado de trabalho global precisará de 38 a 40 milhões de profissionais especializados e com ensino superior. Ou seja, não faltará emprego para quem investir nas áreas com maior escassez.

Alguns países até buscam mão de obra estrangeira, oferecendo boas oportunidades para engenheiros que decidirem migrar e ingressar em seu mercado. Para saber quais são esses lugares, a consultoria BAV, o site U.S. News e a Universidade da Pennsylvania realizaram um estudo abrangendo diversas profissões.

A pesquisa entrevistou 6 mil pessoas com até 35 anos de idade, abordando os sete atributos que tornam um país favorável à imigração. São eles: oportunidades de trabalho, estabilidade econômica, abertura ao empreendedorismo, distribuição de renda, inovação, qualidade de vida e grau de desenvolvimento.

paises_01_blog-da-engenharia
A necessidade de mão de obra qualificada faz com que alguns países contratem profissionais estrangeiros (Foto: Askmen)

Veja a seguir os melhores ambientes para engenheiros e quais são as áreas que mais precisam de especialistas estrangeiros.

+ Arábia Saudita

A área de engenharia aeronáutica busca profissionais estrangeiros com no mínimo bacharelado e 10 anos de experiência. Mas segundo o sócio-diretor da consultoria em expatriação Hayman-Woodward, Leonardo Freitas, o segredo é saber lidar com uma cultura mais formal e severa como a saudita.

+ Austrália

A engenharia aparece na lista em áreas variadas, como civil, naval, química, ambiental, biomédica e eletrônica. Porém, para trabalhar lá é preciso ter pelo menos bacharelado e de 7 a 10 anos de experiência profissional, além de inglês fluente.

+ Canadá

Engenharia civil, mecânica, elétrica e aeronáutica são as que mais necessitam de mão de obra qualificada. Ter mestrado ou doutorado, inglês fluente e no mínio 10 anos de experiência em alguma dessas áreas é pré-requisito para muitas empresas. Saber francês pode tornar a imigração imediata e permanente na província de Québec. Saiba mais neste post do Blog da Engenharia.

+ China

O país busca engenheiros da indústria automotiva. Mas, para ingressar com sucesso é necessário ter inglês fluente, conhecimento avançado em mandarim e compreender os costumes locais, especialmente relacionados à etiqueta profissional e à maneira de fazer negócios.

paises_02_blog-da-engenharia
Engenheiros da indústria automotiva interessados em trabalhar na China devem dominar o inglês e o mandarim (Foto: Citab)

+ Estados Unidos

Dallas, San José e Los Angeles são as cidades mais promissoras e, dentre outras profissões, buscam engenheiros. Profissionais com mestrado ou doutorado têm chances maiores de entrar no competitivo mercado de trabalho norte-americano, mas é preciso ter inglês fluente e no mínimo 10 anos de profissão, além de perfil empreendedor, proativo e flexível quanto às diferenças culturais.

+ França

Engenheiros de produção têm cada vez mais espaço no mercado de trabalho francês, além de especialistas da indústria química. Apesar do processo imigratório rigoroso, profissionais com bacharelado e de 7 a 10 anos de experiência na área são privilegiados. Mas não é só isso: falar francês e inglês é essencial.

+ Japão

Engenharia eletrônica e de sistemas são carreiras com muita demanda no país, que privilegia quem domina a língua japonesa (ao menos conversacional) e tenha conhecimentos sólidos da cultura do país. Mestrado ou MBA na área também são pré-requisitos.

+ Rússia

Diversas áreas de engenharia, especialmente a civil, buscam profissionais com ao menos bacharelado. Embora o domínio do idioma russo seja desejável, não é obrigatório. Por outro lado, é preciso se adaptar rapidamente à cultura local, considerada mais rígida do que a brasileira: cumprir prazos e horários são alguns exemplos.

paises_003_blog-da-engenharia
Engenheiros civis encontrarão boas oportunidades de trabalho na Rússia (Foto: Rusmania)

Fonte: Exame.com


publicidade

publicidade