publicidade

publicidade

Descubra por que esse trem da Alemanha é um dos mais sustentáveis e inovadores do mundo


A Alemanha é um dos países que mais investe em energia renovável. Como exemplo, dois estados alemães já conseguiram gerar 100% de sua energia por meio de fontes renováveis. E, recentemente, entrou em circulação um trem movido a energia renovável que oferece uma viagem diferente.

Imagem: stern.de
Imagem: stern.de

A empresa responsável pelo trem é a Locomore e o projeto foi realizado por meio de financiamento coletivo, recebendo mais de 600.000 euros em um ano. Um contrato com uma empresa alemã de energia renovável garantiu o selo de energia verde.

O trajeto é feito entre Berlim e Stuttgart, com paradas em Frankfurt e Hannover. Além de ser movido por fontes de energia renováveis, o trem possui um serviço que oferece alimentos orgânicos e que possuem um selo Fair Trade (que garante o respeito aos direitos dos trabalhadores e produtores envolvidos no processo) aos passageiros. Animais e bicicletas também são aceitos na viagem (por uma pequena tarifa).

Imagem: thetimes.co.uk
Imagem: thetimes.co.uk

Ainda há outro diferencial: os clientes podem escolher entre vários tipos de cabines na compra das passagens. Um exemplo são as cabines por temas, em que é possível conversar com outros passageiros sobre interesses comuns, como tricô, artesanato, jogos de tabuleiro, fotografia, esporte, espaço família e outros. Além disso, o Wi-Fi é grátis.

Imagem: op-mabug.de
Imagem: op-mabug.de

No vídeo abaixo é possível conhecer um pouco mais sobre o projeto (está em alemão, mas é possível configurar a legenda em inglês!).

Atualmente, o setor ferroviário alemão é dominado pela Deutsche Bahn, que transporta mais de 5,5 milhões de passageiros por dia no país. O objetivo da Locomore é fornecer um serviço mais atrativo e com menor custo, competindo com a Deutsche Bahn, além de competir com carros, ônibus e aviões que fazem o mesmo trajeto.

Com relação ao preço, a passagem do Locomore é bem mais barata que a da Deutsche Bahn, mas não tanto quanto uma viagem de ônibus. Porém, enquanto uma viagem de ônibus leva cerca de 10 horas, a viagem no Locomore gasta mais ou menos 6 horas e meia, um pouco mais que no Deutsche Bahn. Como desvantagem, o trem da Locomore só faz uma viagem por dia de ida e volta.

Imagem: railtube.info
Imagem: railtube.info

Para 2018, o planejado é expandir o serviço para mais três viagens: Munique, Colônia e para a ilha Rügen. Dificilmente a Locomore vai causar algum impacto significativo nas viagens da Deutsche Bahn durante os próximos anos, visto que o número de viagens ainda é muito baixo para competir. No entanto, a viagem oferece um passeio diferenciado e, mais que isso, sustentável, sendo um exemplo para expansão nos demais países europeus nos quais o trem é um transporte comum. Esse fato é uma realidade distante da nossa aqui no Brasil, onde as rodovias são muito mais comuns que as poucas linhas de trem que temos espalhadas pelo território nacional.

Referências: Locomore; Citylab; DW; German Pulse.


publicidade

publicidade