publicidade

publicidade

Engenharia Aeronáutica


engenharia-aeronautica-guia-das-engenharias  

+ O que é o Curso?

Projeção, construção e manutenção de aeronaves são as atividades principais do engenheiro aeronáutico. Mas há ainda muitas outras possibilidades para o profissional, e o curso de graduação possibilita uma formação teórica e prática para a atuação dos futuros engenheiros no mercado de trabalho.

Aviões, helicópteros, foguetes, são algumas das aeronaves com as quais os engenheiros são habilitados em trabalhar. A procura pelo curso tem ligação à participação brasileira no mercado da aeronáutica, bem expressiva, e há diversas opções de cursos nas instituições educacionais.

+ As atividades do Profissional

O engenheiro aeronáutico trabalha em projetos de estruturação das aeronaves, na construção de sistemas e instrumentos de controle e sensores das aeronaves, e na manutenção de motores. Cabe a este profissional a definição das especificações dos componentes que controlam o trem de pouso e a pressurização da cabine, por exemplo. É o engenheiro aeronáutico, portanto, o responsável desde o desenho da aeronave até a definição dos materiais que serão utilizados.

Outro setor em que o engenheiro aeronáutico poderá atuar é no aeroespacial, na projeção, neste caso, de satélites e foguetes. Há ainda possibilidades de atuação em institutos de pesquisa, em empresas de transporte aéreo, empresas de consultoria, fabricantes de peças para aeronaves, e até mesmo no auxílio em obras relacionadas à construção de aeroportos.

Espera-se, ao final do curso, um profissional dinâmico, que goste de desafios e com o objetivo de se especializar cada vez mais.

engenharia2-aeronautica-guia-das-engenharias.jpg

+ As matérias do curso

Nas matérias básicas, além da física, química e matemática, o aluno já estuda os fundamentos da Engenharia Aeronáutica, como aerodinâmica, dinâmica de voo, estruturas aeronáuticas, propulsão aeroespacial e sistema de aeronaves. As matérias da grade curricular podem apresentar variações, de acordo com a instituição de ensino.

O curso tem duração de cinco anos, com atividades obrigatórias, como o trabalho de conclusão de curso. O aluno pode optar por diferentes especializações durante o curso de graduação.

Há também a opção do tecnólogo em Manutenção de Aeronaves ou Projetos de Estrutura Aeronáutica, que atua em parceria com engenheiros na instalação e manutenção de componentes das aeronaves, podendo trabalhar também no planejamento operacional dos voos, incluindo a documentação técnica e a segurança das aeronaves.

+ O mercado de trabalho

Devido à posição que o Brasil ocupa, de um dos maiores fabricantes de aeronaves do mundo, o mercado costuma demandar um bom número de profissionais. O setor já passou por crises, principalmente entre os anos de 2006 e 2008. Atualmente, está em uma situação favorável, e o profissional tem diferentes opções de atuação no mercado.

As indústrias e fábricas representam o setor com maior atração de profissionais, com destaque para as oportunidades na Embraer e nas empresas fornecedoras de serviços para a mesma.

 

engenharia3-aeronautica-guia-das-engenharias.jpg

+ Faculdades com o curso

Instituições certificadas pelo MEC e avaliadas pelo Guia do Estudante

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos, São Paulo

Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos

Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em Minas Gerais

Referências: Guia do Estudante, Guia da Carreira, ITA

 

 

 


publicidade

publicidade