publicidade

publicidade

Engenharia de Energia


 engenhariaenergia2-guia-das-engenharias.jpg

+ O que é o curso?

Uma das áreas mais promissoras no Brasil e também no exterior é a Engenharia de Energia. Novas alternativas de produção energética, que incluem energia hidrelétrica, solar, eólica e de biomassa, além da crescente demanda por energia, fazem desta formação uma das que mais tem crescido no país. A matriz curricular do curso é voltada ao planejamento e desenvolvimento de sistemas de energia, desde a geração, passando pela distribuição, transmissão e utilização.

O curso pioneiro na área teve início em 2003, na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) e, ao longo dos anos, cresceu a oferta de cursos neste campo de formação acadêmica.

+ As atividades do profissional

O engenheiro de energia pode atuar em diferentes campos, na produção de energia e na indústria, do planejamento ao desenvolvimento de sistemas de geração de energia, assim como na análise e direcionamento de estratégias para o setor. O engenheiro de energia encontra oportunidades em empresas energéticas, petrolíferas e da área ambiental.

Há também demanda por profissionais em empresas de projetos de engenharia e também no setor público, em projetos de eficiência energética.

engenhariaenergia-guia-das-engenharias

+ As matérias do curso

Entre as matérias que fazem parte da matriz curricular, destaque para os assuntos básicos da Engenharia, como Matemática, Física, Informática e Química, e para os específicos, como Introdução à Energia Solar, Introdução à Energia de Biomassa, Produção Sustentável de Biocombustíveis, Termodinâmica, Gestão Energética e Ambiental.

O curso tem duração de 5 anos, com estágio e trabalho de conclusão de curso obrigatórios. Há diferentes denominações e ênfases de cursos, como o curso de Engenharia e Sustentabilidade e Engenharia Bioenergética e o curso de Engenharia de Energia com enfoque na Engenharia do Petróleo.

+ O mercado de trabalho

O setor energético tem uma alta demanda por profissionais qualificados. Os investimentos na área da geração e distribuição de energia levam ao aumento do número de profissionais trabalhando na área. No Nordeste, por exemplo, o setor de energia eólica, em crescimento, é um dos grandes responsáveis pela contratação de profissionais. Muitas alternativas energéticas, ainda em estado inicial, são oportunidades de trabalho para os engenheiros.

engenhariaenergia3-guia-das-engenharias.jpg

+ As faculdades com o curso

Universidade de Brasília (UnB), no Distrito Federal

Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), em Dourados, Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Araranguá

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE),

Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Rosana, São Paulo

Referências: Guia do Estudante, Guia da Carreira

 

 


publicidade

publicidade