publicidade

publicidade

Engenharia de Petróleo


 engenhariadepetroleo2-gui-das-engenharias.jpg  + O que é o curso?

O curso de Engenharia de Petróleo é a formação relacionada à produção, distribuição e gerenciamento da comercialização do petróleo. Áreas como a geologia e a mineração estão diretamente relacionadas ao curso.

Conforme afirma Paulo Couto, engenheiro, professor e coordenador do curso de Engenharia de Petróleo na Universidade Federal do Rio de Janeiro, o objetivo do curso é desenvolver uma sólida formação técnica, científica e profissional ao futuro engenheiro, estimulando a visão crítica, a resolução de problemas de forma ágil, e com a utilização e desenvolvimento de novas tecnologias, cada vez mais presentes principalmente nesta área de formação.

engenhariadepetroleo-gui-das-engenharias

+ As atividades do profissional

Paulo Couto destaca que o engenheiro de petróleo está apto a trabalhar na indústria do petróleo, assim como na área da exploração e da produção. O profissional pode também trabalhar diretamente no projeto de desenvolvimento de campos de petróleo, conforme salienta Couto.

Refinarias, empresas petrolíferas e consultorias ambientais são outras oportunidades para o profissional da Engenharia de Petróleo. É possível trabalhar diretamente com a prevenção de riscos e explosões, por exemplo, em plataformas petrolíferas. Há também oportunidades na área acadêmica, em institutos de pesquisa e no ensino superior.

engenhariadepetroleo3-gui-das-engenharias.jpg

+ As matérias do curso

Entre as matérias do curso, destaque para, além das matérias essenciais da Engenharia como cálculo, física, química e informática, assuntos relacionados à geofísica aplicada, engenharia de poços, sistemas submarinos, fluidos de perfuração, métodos de recuperação de petróleo e processamento de petróleo e gás natural.

O curso tem a duração média de 4 anos, com trabalho de conclusão de curso e estágio obrigatórios. Além do curso em Engenharia de Petróleo, há habilitações e denominações distintas, para cursos com a matriz curricular similar. Há o curso de Engenharia de Exploração e Produção de Petróleo, Engenharia Mecânica, com habilitação em petróleo e gás, além do curso tecnológico de Petróleo e Gás.

+ O mercado de trabalho

O mercado de trabalho demanda profissionais especializados e esta mão de obra ainda é carente no país. Empresas públicas, agências governamentais e empresas privadas são oportunidades para os engenheiros, e as diferentes possibilidades de área de atuação tornam esta formação uma boa alternativa para os profissionais. Há oportunidades espalhadas pelo país, mas principalmente na costa litorânea e em cidades do Sudeste do Brasil.

Paulo Couto destaca que, atualmente, devido ao preço do petróleo, há uma tendência de pouco investimento em atividades relacionadas à exploração, como a perfuração de poços, e um aumento nos investimentos nas atividades de produção, como a engenharia de reservatórios voltada para a recuperação otimizada de petróleo. Os campos já em desenvolvimento devem ter seu retorno financeiro maximizado com a infraestrutura já
existente.

engenhariadepetroleo3-gui-das-engenharias

+ Faculdades com o curso

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Rio de Janeiro

Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza

Universidade de São Paulo (USP), em Santos

Universidade Federal de Sergipe (UFS), em São Cristóvão

Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em São Mateus

Universidade Federal do Pará (UFPA), em Salinópolis

Referências: Guia do Estudante, UFC

 

 


publicidade

publicidade