publicidade

publicidade

Engenharia Eletrônica


engenhariaeletronica-guia-das-engenharias  + O que é o Curso?

A Engenharia Eletrônica representa uma subdivisão da Engenharia Elétrica. Enquanto a Engenharia Elétrica é o estudo, entre outras vertentes, da produção e distribuição de eletricidade, o profissional de Engenharia Eletrônica adquire conhecimentos mais específicos para o trabalho, como o desenvolvimento de equipamentos e sistemas eletroeletrônicos.

A matriz curricular é voltada aos futuros estudos de viabilidade por parte do engenheiro, assim como fiscalização e execução de obras e serviços técnicos.

O primeiro curso de Engenharia Eletrônica começou a ser ministrado em 1951, no Instituto Tecnológico de Aeronáutica, o ITA. Atualmente, existem diversas opções de cursos, alguns conhecidos como Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica ou em Sistemas Eletrônicos, ou o curso de Engenharia Elétrica Eletrônica.

+ As atividades do Profissional

O engenheiro eletrônico encontra oportunidades de trabalho no setor de projeção e instalação de equipamentos eletrônicos. O profissional pode ainda atuar na consultoria a empresas, com relação a projetos em sistemas eletrônicos, e também na manutenção de equipamentos eletroeletrônicos.

Entre as características esperadas do profissional, destaque para o dinamismo, atualização constante e capacidade de trabalho em equipe, principalmente frente à concorrência no mercado de trabalho.

O engenheiro eletrônico pode trabalhar no comércio, na indústria (tanto de eletrodomésticos e eletrônicos, como também no setor automobilístico, têxtil, alimentício e agrícola) e em empresas do setor público e privado.

engenhariaeletronica3-guia-das-engenharias.jpg

+ As matérias do curso

Física, química e matemática são as matérias básicas do curso de Engenharia Eletrônica. Entre as matérias específicas, e com algumas variações de acordo com a universidade, estão: medidas elétricas e eletrônicas, eletromagnetismo, circuitos eletrônicos, sistemas de controle, sinais e sistemas.

O curso tem duração de 5 anos, com estágio e trabalho de conclusão de curso obrigatórios. Além das outras denominações do curso, também há outros enfoques, como em telecomunicação, automação e computação.

Para quem deseja cursar um tecnólogo, há a opção do curso de Eletrônica Industrial, com conhecimentos similares ao curso de graduação. O profissional formado poderá atuar na instalação e manutenção de equipamentos e sistemas eletroeletrônicos, principalmente nas indústrias.

+ O mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os profissionais da Engenharia Eletrônica demanda um bom número de profissionais, principalmente em regiões do país com grande concentração de indústrias e empresas do setor. Pela extensa gama de áreas possíveis de atuação, o profissional encontra diferentes oportunidades de emprego.

A desaceleração pode acontecer, como em outras carreiras, em períodos de crise. Mas a profissão é fundamental, principalmente no indústria e comércio.

engenhariaeletronica2-guia-das-engenharias.jpg

+ Faculdades com o curso

Instituições recomendadas pelo MEC e avaliadas pelo Guia do Estudante

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos, São Paulo

Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), no Rio Grande do Sul

Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em Minas Gerais

Curso de Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica – Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos

Engenharia Elétrica e Eletrônica – Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em

Referências: Guia do Estudante, Guia da Carreira, ITA

 

 

 

 


publicidade

publicidade