publicidade

publicidade

Site calcula as chances de um robô roubar seu emprego


A tecnologia facilita a vida de todos nós. Por outro lado, cada vez mais surgem preocupações sobre a sua autonomia e o crescente espaço que os robôs e a inteligência artificial vêm ocupando nos últimos tempos. Uma delas é com o emprego.

Esse receio não é de hoje. Desde a Revolução Industrial, que teve início na segunda metade do século 18, o trabalhador passou a temer ser substituído por máquinas. Houve até um movimento operário chamado ludismo, no qual a destruição de máquinas representava uma luta contra a mecanização do trabalho.

No entanto, a grande questão atual é: “os robôs vão tomar o meu emprego?” ou, ainda, sua profissão irá sobreviver à ascensão da inteligência artificial ou será extinta? Não é uma pergunta absurda, já que alguns trabalhos do século passado se tornaram mecanizados. Exemplos não faltam: radar humano, acendedor de lâmpadas, telefonista, dentre tantos outros.

Desde a Revolução Industrial, as máquinas vêm ocupando espaços que eram dos humanos (Foto: Issei Kato/Reuters)

Um site vidente?

O site “Will Robots Take my Job?” (Robôs vão roubar meu emprego?, em português) não utiliza clarividência para responder à pergunta. Muito pelo contrário, ele se baseia em dados de pesquisas para calcular as chances de você perder seu trabalho para uma máquina.

Para ser confiável, o site apresenta o avanço da automação em áreas e setores diferentes, calculando a probabilidade de máquinas e softwares substituírem uma pessoa. A ferramenta é bem fácil de usar: basta digitar o nome de uma profissão (em inglês) e… voilà!

(Imagem: Reprodução)

Ao digitar “mechanical engineers” (engenheiros mecânicos), por exemplo, o cenário é bastante favorável: a chance de serem substituídos por máquinas é de apenas 1,1%. O site também mostra uma descrição das funções da profissão pesquisada, o nível do risco de automação, a projeção de crescimento, a média anual de salário e o número de pessoas empregadas. Porém, vale destacar que todos os dados se referem aos Estados Unidos.

Abrangente, a base de dados da plataforma analisa 702 empregos diferentes, de áreas diversas e específicas. Ao digitar “engineer” (engenheiro), por exemplo, ele apresenta uma ampla lista com todas as áreas de engenharia cadastradas.

Ficou curioso para saber se escolheu uma profissão com poucas chances de ser substituída por robôs? Então acesse Will Robots Take my Job? e conta pra gente o resultado!

Fontes: TechTudo, O Globo e Wikipédia.


publicidade

publicidade