1

Erros de cronograma. Prejuízos financeiros. Falta de controle sobre o orçamento… Quem trabalha com gestão de obras sabe: os problemas e imprevistos do dia a dia da construção civil são muitos. E por mais que você faça uma gestão ímpar, no fim do dia, alguma coisa vai ter saído fora do planejado. Isso acontece, é uma realidade que faz parte da indústria da construção.

Mesmo dando a devida atenção e importância a cada uma das etapas das obras, sempre vai ter algum problema…

  • Um erro no orçamento vai causar um prejuízo ao final da obra;
  • A falta de material de construção pode ocasionar um atraso;
  • Não ter visibilidade das etapas da obra também pode acabar atrasando o projeto como um todo;
  • Não fazer um acompanhamento eficiente da obra pode tornar ainda mais difícil lidar com os imprevistos;
  • E por aí vai!
São muitos pontos para acompanhar ao mesmo tempo!

O que não quer dizer que você não está fazendo um trabalho eficiente. Mas a verdade é que sempre existem pontos de melhoria para qualquer processo! Ou seja, a sua gestão de obras pode sim ser mais eficiente do que é hoje. E isso pode fazer com que você evite esses problemas e erros que são muito comuns, além de facilitar o crescimento da construtora.

Para que isso seja possível, existem algumas práticas que podem tornar a sua gestão de obras mais eficaz.

Gestão de obras mais eficiente: quais são as dicas?

Existem diversos pontos que são essenciais no dia a dia da construção para que a administração de obras e a sua gestão tenham mais visibilidade, controle, além de tornar possível alcançar melhores resultados com cada obra.

Conheça algumas dicas para conseguir esse controle e eficiência na gestão de obras!

Gestão de Obras na construção Civil: como um software de gestão de obras pode ajudar?

1. Elabore um planejamento de obras o mais detalhado possível

A etapa mais importante da gestão de uma obra é o planejamento. Aqui, serão definidos todos os estágios da obra, portanto, você precisa dar a devida atenção a esse ponto específico.

Ok, sabemos que você já possui um planejamento de obras que dá conta do recado. Mas será que não é possível fazer algumas melhorias?

Por exemplo, alguns pontos de destaque do planejamento de obras são:

  • Estudo de viabilidade;
  • Definição inicial do orçamento de obras;
  • Cronograma de atividades;
  • Cronograma Físico-Financeiro;
  • Acompanhamento de atividades;
  • Ajustes de prazos;
  • E definições de acabamentos e regularização.

Será que o seu planejamento de obras está abordando esses pontos principais?

É essencial entender que o planejamento vai impactar toda a sua gestão de obras. Portanto, quanto melhor definido esse planejamento, mais eficiente sua gestão será.

Gestão de Obras na construção Civil: como um software de gestão de obras pode ajudar?

2. Busque formas de tornar o orçamento o mais preciso possível!

Juntamente ao planejamento, temos a definição do orçamento de obras. Uma das etapas que pode causar muita dor de cabeça para quem comanda uma construtora.

Afinal, aqui, estamos falando sobre o dinheiro. E qualquer passo em falso, pode fazer com que você acabe tirando dinheiro do próprio bolso para cobrir os gastos ocasionados pelos erros desse orçamento. E ninguém quer ter prejuízo, certo?

Para que isso seja possível, existem alguns pontos de extrema importância para a sua gestão de obras:

  • Não ignore a importância do orçamento de obras
  • A equalização do orçamento é essencial
  • Não deixe de criar históricos de orçamento de obras
  • Acompanhe a variação de custos e do orçamento
  • Lembre-se do BDI em todo orçamento de obras
  • E nunca esqueça de considerar custos de logística da construção

Ao direcionar a sua atenção a esses pontos em um orçamento de obras, você reduz riscos de prejuízos, mas vai além disso: aumentando a qualidade dos projetos trabalhados pela construtora e colocando se colocando à frente das concorrentes. Afinal um bom orçamento não é todo mundo que faz…

Por isso, não deixe de seguir os passos para a elaboração de um orçamento de obras à risca.

O impacto na sua gestão de obras é direto, afinal, uma obra que não dá prejuízo é uma obra que possui uma boa administração.

Gestão de Obras na construção Civil: como um software de gestão de obras pode ajudar?

3. Elabore estratégias de acompanhamento das obras

Após as definições iniciais de planejamento, orçamento, cronograma e todo o restante, a obra se inicia. Mas e agora? Como fazer o acompanhamento da obra de uma forma eficaz? Essa é uma das principais atividades de quem está no comando de uma gestão de obras!

Até porque essa é uma forma de controlar tudo aquilo que foi definido no planejamento. O acompanhamento de obras oferece a possibilidade de evitar riscos e corrigir problemas imprevistos para que não impactem o planejamento, execução e resultados da obra.

Então se você elaborou um planejamento mega detalhado e atencioso, saiba que ainda assim é possível que tudo vá por água abaixo se não houver um acompanhamento de obras. 

E você não quer deixar o barco afundar, não é? Sua obra não precisa ser um Titanic…

A importância desse acompanhamento ainda vai além: significa controle, otimização de gestão de obra e ainda, traz como consequência, a geração de mais lucratividade, o crescimento da construtora e melhores condições de competição no mercado, em frente a concorrência.

Para tornar isso mais palpável, confira algumas das estratégias possíveis:
  • PDCA – plan, do, check, act: uma estratégia de acompanhamento de obras em que é possível tornar o processo mais eficaz.
  • RDO (Relatório Diário de Obras): é um documento essencial para qualquer tipo de obra, visto que é através desse documento que você tem todo o detalhamento sobre o histórico da obra. Faltou material no dia? Ocorreu algum acidente? Choveu? Todas essas informações constam neste relatório.
  • Software de gestão de obra: uma ferramenta como essa também pode proporcionar uma melhor visualização da obra, visto que muitas delas possuem espaços para compartilhar informações da obra.
  • Planilhas de previsto vs. realizado: outro ponto essencial para quem está buscando mais controle sobre o acompanhamento da obra são as planilhas para entender o quanto do projeto estava previsto e o quanto já foi realizado em determinada data.

Pronto. Essas são algumas das estratégias possíveis para tornar a sua atividade de acompanhamento das obras mais concreta.

Gestão de Obras na construção Civil: como um software de gestão de obras pode ajudar?

4. Tenha controle sobre o seu fluxo de caixa

Dessa forma, um orçamento eficiente não resolve tudo… Sem controle financeiro, e principalmente, controle sobre o fluxo de caixa, a sua gestão de obras pode estar em perigo.

A gestão de obras também envolve um controle financeiro eficiente. Para isso, o controle dos custos de uma obra exige um controle do fluxo de caixa.

Contudo, saber o que entra e sai do seu caixa é a única forma de evitar problemas com atrasos de pagamentos e multas, além de garantir que os clientes estejam pagando conforme o contrato e ajudar a considerar custos do escritório.

Gestão de Obras na construção Civil: como um software de gestão de obras pode ajudar?

5. Invista em tecnologia 

A construção civil é um mercado que demorou para enxergar oportunidades reais no desenvolvimento tecnológico. Tudo parecia muito parte de uma ficção científica, ou só possível para grandes construtoras.

Mas a verdade é que hoje em dia, com a evolução das construtechs, a indústria da construção civil está cada vez mais inserida em um universo digital.

Esse avanço proporcionou melhorias reais na gestão de obras.

Dessa forma, investir em tecnologia hoje, é tornar todo o processo de administração da construtora, bem como de cada canteiro de obras, eficiente, controlado e o mais importante: visível, para que se possa tomar as ações necessárias.

Assim, é o caso dos softwares de gestão de obras. Essa ferramenta de gerenciamento da construção civil surgiu como uma possibilidade não apenas para as grandes construtoras, mas também para as pequenas e médias, visto que possui um grande custo benefício. 

Mas além disso, um software de gestão de obras traz outras vantagens para a administração:

  • Gestão do projeto organizada segundo escopo;
  • Fornecedores sempre monitorados;
  • A visibilidade sobre a obra facilita a tomada de decisão;
  • Automação de processos, tornando a gestão mais ágil;
  • Segurança no canteiro e cultura mais responsável;
  • Controle sobre os gastos em cada obra;
  • Comunicação direta com o cliente final;
  • Entre muitas outras vantagens.
Incrível, não é?

Mas claro, além dos softwares de gestão de obras, existem outras tecnologias que podem auxiliar:

  • Armazenamento de informações em nuvem;
  • Nanotecnologia na construção civil;
  • Automação de organização de documentos;
  • Entre outras!

Preparado para transformar a sua gestão de obras?

Ou seja, com todas essas dicas, já dá para imaginar onde você pode rever os seus processos de gestão de obras? Mas, quais são as melhorias que você pode promover para parar de ter prejuízo e começar a aumentar o lucro da construtora?

Portanto, não deixe de refletir sobre isso para conseguir fazer a sua empresa crescer e se destacar da concorrência. Uma gestão de obras eficiente é essencial para que isso aconteça!


Leia também:

8 fatos que provam que todo canteiro de obras precisa de um software de gestão >

Blog da Engenharia

5G: Desmistificando a nova geração de telefonia móvel

Previous article

A era do supersônico Concorde

Next article

You may also like

1 Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil