0

“Muito poucos de nós somos o que aparentamos”, disse certa vez Agatha Christie, icônica romancista britânica do século XX. Confesso que, pessoalmente, gosto muito dessa declaração. Ela carrega um ar de mistério contemplativo como os livros da autora.

Muito poucos de nós somos o que aparentamos por que somos incapazes de assim nos apresentarmos aos nossos digníssimos semelhantes? Ou muito poucos de nós somos o que aparentamos pois outros são incapazes de nos enxergar como somos? Talvez nenhum, nem outro. Talvez as duas afirmações estejam certas. Quem sabe?

O fato é que poucos de nós sabemos o que aparentamos e, ainda, o que somos. E os outros, menos ainda. A prova disso são os recorrentes casos de universidades rejeitando alunos brilhantes, recrutadores dispensando gênios, familiares e amigos subestimando ideias revolucionárias. E se o leitor ainda não entendeu, confira abaixo histórias surpreendentes de “fracassados” altamente bem sucedidos que foram subestimados ao longo de suas carreiras.

Albert Einstein

Porém, fracassados

Albert Einstein

Sinônimo de inteligência e físico notório, Einstein revolucionou a física com grandes teorias como a Relatividade e conquistou um Prêmio Nobel em 1921. Tão reconhecido como gênio incomparável que é difícil acreditar que Einstein já foi declarado como lerdo e não sociável por um de seus professores. “Você não vai dar em nada na vida”, certa vez disse um de seus docentes da 7ª série.

Em 1898, em sua primeira tentativa de ingressar na universidade, a Escola Politécnica de Zurique, Einstein foi reprovado. Sete anos depois, aos recém completados 22 anos, publicou seu primeiro artigo científico, muito prestigiado na época. De repente, o menino lerdo e não sociável tornara-se gênio.

JK Rolling

Jk Rowling - 1920x1080 Wallpaper - teahub.io

Joanne Rowling, mais conhecida como JK Rowling

Com mais de 500 milhões de exemplares vendidos no mundo, Harry Potter levou a autora do romance à lista de bilionário da Forbes. Isso, você leu certo, bilionários! Acontece que quem leu Harry Potter ou assistiu aos filmes jamais, sequer, imaginaria que o primeiro livro da série do bruxo foi rejeitado 12 vezes antes de ingressar no rol de contratos da Bloomsbury. Incrível pensar na oportunidade que pelo menos doze pessoas tiveram nas mãos e dispensaram.

Walt Disney

fracassados

Walt Disney

Nem Walt Disney, o famoso produtor cinematográfico, criador da Disneylândia e sinônimo de criatividade foge dessa lista de “fracassados”. Segundo o site oficial do próprio jornal Kansas City, o jovem rapaz se candidatou a vários empregos permanentes como cartunista, balconista e até mesmo motorista de caminhão, mas o jornal o recusou todas as vezes.

Aos 22 anos, trabalhando como cartunista, foi demitido de seu emprego, pois, segundo seu editor, ele “não era criativo o suficiente”.

Soichiro Honda

A História da Honda na Fórmula 1 | Honda Portugal

Soichiro Honda e seu RA270 – 24/09/1948

Ok, o nome do blog é Blog da Engenharia. Sinto-me na obrigação de acomodar o nome de ao menos um engenheiro nessa lista. Assim, vamos de Soichiro Honda.

Soichiro Honda foi o fundador da multinacional Honda Motor Company, gigante da indústria automobilística. Porém, um fato curioso sobre sua vida é que Honda tentou ingressar como engenheiro na Toyota, mas foi rejeitado. Esse evento foi decisivo para que anos mais tarde, Soichiro criasse sua própria empresa que até hoje segue como uma das maiores rivais da Toyota.

Portanto, graças a Toyota hoje temos a Biz. Agradeçam ao RH da empresa (ironia).

“Muitas pessoas sonham com o sucesso. Para mim, o sucesso somente pode ser atingido através de repetidos fracassos e da introspecção. De fato, o sucesso representa aquele 1% de seu trabalho que resulta exclusivamente dos 99% que são chamados de fracassos” – Soichiro Honda

Oprah Winfrey

Oprah Winfrey

Oprah Winfrey

Um dos grandes nomes da indústria televisiva e proprietária de uma das maiores fortunas dos Estados Unidos, Oprah Winfrey também passou pelo fracasso. No início dos anos 80, a apresentadora foi demitida de seu emprego, onde trabalhava de âncora em um jornal do canal WJZ-TV, a TV local da cidade de Baltimore, Maryland. Segundo seu chefe, ela “não se encaixava na TV”. Anos mais tarde, Oprah ficaria mundialmente conhecida, ganhando vários prêmios de jornalismo e tornando-se uma das pessoas mais influentes do planeta, segundo a revista Times.

Jerry Seinfeld

fracassado

Jerry Seinfeld no Carson – Stand Up Comedy 1981

É difícil você ler um livro de desenvolvimento pessoal e não esbarrar com esse nome entre uma linha e outra. Jerry Seinfeld é um dos maiores comediantes dos Estados Unidos e até hoje inspira milhares de humoristas pelo mundo com seu trabalho. Ele ficou muito conhecido por sua série Seinfeld, até hoje considerada uma das melhores sitcoms criadas.

Porém, em seu início, a emissora quase cancelou o piloto por conta de algumas reações negativas de um teste realizado com 400 pessoas e 24 executivos, incluindo o presidente da rede NBC que condenou o projeto. Assim, série logo ficou parada por meses.

Contudo, graças ao esforço de Rick Ludwin, uma das mentes por trás do desenvolvimento da série, Seinfeld conseguiu mais 4 episódios. Em 31 de maio de 1980, Jerry Seinfeld retomaria seu projeto e nessa ocasião foi a vez da mídia criticar. Hollywood Reporter, prestigiada revista na época disse: “Não é engraçada. Seinfeld vai estar no ar por mais três semanas na NBC. Enfim, isso deve ser o suficiente”. o projeto de Jerry Seinfeld foi um sucesso e permaneceu no ar por 9 temporadas, totalizando 180 episódios.

fracassados

Agatha Christie

Por fim, quero finalizar esse artigo com uma citação: “Muito poucos de nós somos o que aparentamos”. Muitas vezes, somos melhores! Por isso, não devemos deixar-nos abalar com pequenos insucessos ou julgamentos alheios. O importante é que assim como as personalidades acima, precisamos acreditar em nosso próprio potencial e seguir em frente, sempre.


Siga o Blog da Engenharia no Instagram
Meu LikedIn

Paulo César Santos
Paulo César é um ludovicense de 23 anos que atualmente cursa Engenharia de Produção na PUC Minas. Foi coordenador de uma ONG de voluntariado, cofundador e web designer da Virgo em 2019 e trabalhou como monitor em 2020, auxiliando outros estudantes de engenharia com algoritmos e programação. Adora tudo que envolve engenharia, gestão de projetos e tecnologia e acreditou que valia a pena compartilhar com mais pessoas um pouco do que anda aprendendo. Sabe escrever em linhas de código, mas há quem diga que pena pra escrever autodescrições.

Tudo sobre: Engenharia Têxtil e da Indumentária

Previous article

Engenharia Industrial: Carreira, área de trabalho e tudo mais

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil