CarreiraColunistasDestaqueEngenharia de PescaOceanografia

7 lições para aprender com as tartarugas marinhas

5

Às vezes, acontecem coisas ao longo do dia que não nos fazem exatamente sentir mais motivados ou inspirados para dar o nosso melhor. Mas se aprendi alguma coisa na vida até agora, é que não há nada tão importante para manter durante tempos turbulentos do que uma perspectiva focada. É exatamente por isso que sempre amei filhotes de tartarugas marinhas. Pois são diversas as lições para aprender com as tartarugas marinhas.

Há algo especial nas viagens das tartarugas marinhas como bebês do ninho ao oceano, que tem uma capacidade incomparável de nos inspirar a implementar uma perspectiva renovada de vida.

Então, não importa qual seja a sua maior luta ou frustração agora, aqui estão 7 lições para aprender com as tartarugas marinhas que podem inspirá-lo(a) a viver uma vida um pouco maior do que ontem.

Então, quais são as lições para aprender com as tartarugas marinhas?
1. Na auto-comparação
lições para aprender com as tartarugas marinhas

“Uma flor não pensa em competir com a flor ao lado dela. Simplesmente floresce. ” -Zen Shin

São cerca de até 200 bebês de tartaruga marinha que eclodem ao mesmo tempo. Se todas as tartarugas marinhas parassem e se comparassem ao quão rápido ou forte um de seus irmãos e irmãs é, sua chance de sobrevivência seria impactada negativamente. Seja como uma tartaruga marinha: concentre-se nos seus próprios objetivos e não compare o seu sucesso com o de ninguém. Suas conquistas são suas!

2. Sobre família e raízes
lições para aprender com as tartarugas marinhas

“As famílias são como os ramos de uma árvore. Crescemos em direções diferentes, mas nossas raízes permanecem como uma. ” -Desconhecido

Você sabia que as tartarugas marinhas fêmeas voltam à mesma praia onde nasceram para botar seus próprios ovos quando adultas? Embora essas criaturas se afastem de seus irmãos ao entrarem no mar como bebês, há uma programação natural e instintiva que as mães tartarugas têm quando se trata de saber onde ir para fazer seus ninhos. Embora o mecanismo por trás desse fenômeno seja complexo, a lição que podemos aprender com ele é simples: saia pelo mundo, faça o seu próprio caminho e conheça diversos lugares e pessoas, mas nunca se esqueça do caminho de casa.

3. Em fazer progresso
lições para aprender com as tartarugas marinhas

“Não importa o quão devagar você vá, contanto que não pare.” -Confucius

Você já viu um vídeo de filhotes viajando em direção ao mar que parecia uma viagem fácil? Provavelmente não. A luta de uma tartaruga pela sobrevivência, especialmente no início da vida, é tudo menos fácil. De se esquivar de aves marinhas famintas a evitar complicações com obstáculos no caminho para a água, esta jornada é uma das mais difíceis na vida de uma tartaruga e jamais encontrará algo similar.

Com isso, às vezes pode demorar um pouco para atingir seu objetivo. Mas isso é o que é tão mágico. Não importa o quão acidentada a estrada possa parecer às vezes, lembre-se: se uma tartaruga marinha pode continuar avançando em direção à costa após a eclosão, todos nós podemos continuar caminhando até alcançar nossos próprios objetivos.

4. Na coragem
lições para aprender com as tartarugas marinhas

“Coragem não é a ausência de medo … mas sim o julgamento de que algo mais é mais importante do que o medo.” -Ambrose Redmoon

Por falar na jornada de um filhote até o mar, eu mencionei quantos obstáculos eles enfrentam no caminho para a água? Antes de poderem desfrutar do primeiro gostinho de um mergulho em água salgada, eles precisam enfrentar ameaças. Essas criaturas não permitem que o medo do que possa estar entre elas e o mar os impeça de correr em direção ao que sabem ser seu verdadeiro lar. Se eles podem ter a coragem de seguir em frente com incerteza, certamente podemos fazer o mesmo.

5. Sobre dar o primeiro passo

“… O primeiro passo, como sabem, é sempre o que mais interessa, sobretudo quando se trata de jovens… é o momento em que vão ganhando forma e qualquer impressão que optamos por deixar uma marca permanente. ” -Plato

O que vem com a coragem de seguir em frente? Dando o primeiro passo na jornada, é claro! E esse primeiro passo é provavelmente o mais difícil de todos para quem está sentindo ansiedade ou medo. No entanto, se uma tartaruga marinha nunca deu o primeiro passo porque nunca abraçou seu próprio instinto de ter coragem e seguir em frente, ela nunca sobreviveria. A natureza quer que sejamos corajosos e corajosas, porque sem coragem e bravura para colocar um pé na frente do outro no início de uma jornada, essa jornada nunca existiria.

6. Em manter a cabeça erguida

“Mantenha sua cabeça erguida, mantenha seu coração forte.” -Ben Howard

Assim que dermos o primeiro passo para o grande desconhecido, seria irreal de nossa parte nunca esperar que nenhuma dificuldade ou obstáculo nos cumprimente, e o mesmo é verdade para as tartarugas marinhas. Conforme elas entram em águas desconhecidas e nadam no azul profundo pela primeira vez em suas vidas, elas têm que confiar que não importa o quão difícil seja um primeiro mergulho, quaisquer tribulações tornarão seus triunfos muito mais fortes no final.

7. Em mudança

“A zona de conforto é um estado psicológico em que a pessoa se sente familiar, segura, à vontade e protegida. Se você sempre faz o que é fácil e escolhe o caminho de menor resistência, nunca sai de sua zona de conforto. Grandes coisas não vêm de zonas de conforto. ” -Roy T. Bennett

Essa bravura e coragem torna as tartarugas marinhas uma das espécies de vida selvagem mais inspiradoras em nosso planeta. Quando elas viajam do ninho ao oceano, elas estão cruzando um limiar crítico. Elas não estão apenas preenchendo a lacuna entre o conhecido e o desconhecido, elas estão se cruzando entre duas entidades completamente separadas: a Terra e o Oceano. Essa enorme mudança é sem dúvida o que eu chamaria de uma das mais puras ilustrações do que significa sair da zona de conforto.

Portanto, quando olho para os filhotes de tartarugas marinhas, lembro-me de não pensar muito sobre os tempos difíceis da vida. É quando ficamos muito focados nos negativos, nas dificuldades e nos pontos difíceis que perdemos de vista o que realmente importa. Isso certamente inclui nossos objetivos e aspirações, mas também inclui o “porquê” por trás do que está nos empurrando em direção a esses sonhos.

Os bebês de tartarugas marinhas nascem instintivamente sabendo que devem chegar ao oceano, mas certamente não nasceram sabendo o quão espetacular é o mar que está esperando logo acima da crista da primeira onda.

Da mesma forma, se nunca nos agarrássemos às incertezas, abraçássemos o desconhecido e encontrássemos uma nova motivação em nossas maiores quedas e obstáculos que foram espalhados ao longo de nossa jornada… não seríamos capazes de apreciar plenamente a alegria que vem ao chegar ao “destino” ou “propósito”.


Siga o Instagram @ivanilsonsnts para mais conteúdo e conheça mais sobre a Engenharia de Pesca aqui.

Ivanilson Santos
Engenheiro de Pesca pela UFRPE, atualmente, é mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Aquicultura da UFSC, onde é integrante no Laboratório de Camarões Marinhos/UFSC. Atuando em temas relacionados principalmente ao cultivo e nutrição de camarões marinhos, com ênfase em sistema de bioflocos e aditivos alimentares (bioativos) em dietas para camarões. Cristão, pernambucano, ama violão e xadrez e busca fazer a diferença no mundo, não apenas no âmbito pessoal e profissional, mas também semear conhecimento em prol da ciência, da sociedade e da conservação do meio ambiente. Instagram: @ivanilsonsnts

Melhoria Contínua: Seu uso nas empresas!

Previous article

Veneza: entenda como foi feita a construção dessa cidade 15 séculos atrás

Next article

You may also like

5 Comments

  1. Adorei!! Nunca tinha pensado sobre, quantas lições!

    1. hehe que coisa boa! E olha que é apenas um, visse? Depois trago mais lições sobre a vida marinha.

  2. Que artigo lindo! Fora que os aprendizados são gigantescos, obrigada por compartilha dessa visão.

    1. Que felicidade lendo teu comentário! Tão bom saber que esse simples textinho transmitiu ensinamentos assim pra ti. Muito obrigado e disponha, espero trazer mais textos assim.

  3. […] preparado para enfrentar uma mudança de cidade, ou em algumas vezes, até mesmo de estado é algo que deve passar pelo planejamento de um jovem […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Carreira