ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenhariaNotícias

A briga judicial entre a SpaceX e a Blue Origin

1

A corrida espacial dos bilionários Jeff Bezos e Elon Musk não acabou com aquela disputa ocorrida há algumas semanas. Um novo capítulo começa. Agora, as empresas travam uma luta na justiça americana para ver quem leva a melhor e garantem o direito de levar o homem à Lua. Vamos entender!

A NASA e o Projeto Artemis

Antes de mais nada, vamos relembrar o fato principal: a NASA fez uma licitação para construção de um módulo lunar que levaria novamente o homem ao nosso satélite natural, missão que leva o nome de Projeto Artemis. Três empresas participaram, a Dynetics, a Blue Origin e a SpaceX.

Projetos dos veículos que levariam o homem à Lua.

É fato que a empresa de Musk leva ampla vantagem sobre as duas concorrentes, visto que é a única a ter um protótipo funcional já construído, a Starship, além de ter experiências prévias com a NASA, após várias missões bem-sucedidas.

Além disso, outro aspecto primordial levado em consideração foi o custo. A SpaceX apresentou um orçamento 25% abaixo da Dynetics e 50% abaixo da Blue Origin e ainda arcará com todas as despesas durante o desenvolvimento.

Imbróglio

A ideia inicial da Agência Espacial Americana era que duas empresas competissem entre si para construção dos veículos lunares, atuando com redundância para caso uma das empresas ficassem para trás, evitando atrasos no projeto.

Porém, depois que o Congresso aprovou somente um quarto do orçamento pedido pela NASA para o programa, a ideia teve de ser totalmente alterada, com apenas um ganhador.

Decisão

Com tantos prós, a SpaceX acabou sendo a ganhadora, para desespero de Bezos, que levou o caso ao Departamento de Contabilidade do Governo dos EUA (GAO), alegando “favoritismo” por parte da NASA e supostas falhas nas avaliações das propostas da sonda lunar.

Contudo, o GAO defendeu a escolha da NASA e argumentou que a agência não tinha obrigação de cumprir decisões anteriores. E ainda alfinetou, dizendo que a Starship é melhor que o ILV (veículo lunar que seria utilizado pela Blue Origin).

Não contente com a decisão, Jeff entrou com uma ação judicial no Tribunal Federal americano, fazendo as mesmas alegações. As partes se encontrarão no dia 16 de outubro diante de um juiz para uma possível conciliação. Que briga de gigantes!

Disputa. Fonte: seudinheiro.

Cayo César Nascimento Santos
Graduado em Engenharia Civil com ênfase em estruturas de concreto. Pretende fazer mestrado em Engenharia Aeronáutica. Atua na área de construção civil geral. Possui cursos de Matemática Aplicada, Orçamento de Obra, AutoCAD, Eberick, QIBuilder, Revit e Sketchup, desenvolvendo projetos em BIM.

    5 passos para atingir a melhoria de um processo

    Previous article

    ENGENHARIA HÍDRICA- O que você não sabia!

    Next article

    You may also like

    1 Comment

    1. Realmente é uma briga de gigantes e espero que os projetos saiam do papel para vivenciarmos estas experiências e seus resultados.

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas