publicidade

publicidade

Que tipo de empresa posso abrir no ramo de Engenharia de Produção?

O Blog da Engenharia te apresenta as 10 áreas de atuação de Engenharia de Produção

Muitas pessoas quando estão decidindo qual formação cursar ou até mesmo durante a graduação, não conseguem enxergar com clareza as possibilidades que o curso em questão pode oferecer para sua vida profissional. De fato, estas informações são um pouco complicadas de se encontrar, geralmente por haver um vasto número de áreas que o profissional pode seguir. E no caso das áreas de atuação na engenharia de produção não é diferente

Para facilitar um pouquinho sua vida, iremos lhe mostrar todas as áreas de atuação de um engenheiro de produção, principalmente quando um engenheiro ou estudante de engneharia está pensando em abrir uma empresa.

 

áreas de atuação de um engenheiro de produção


Principais áreas de atuação de um Engenheiro de Produção:

Basicamente, podemos reunir as áreas de atuação em 10 agrupamentos, onde cada um possui algumas particularidades em comum e seguem uma mesma (ou parecida) linha de conhecimento.

1- Planejamento, abrangendo os setores estratégico, produtivo, financeiro, etc.

2- Operações, envolvendo a distribuição dos produtos, controle dos suprimentos, etc

3- Logística, incluindo o uso e desenvolvimento de sistemas de roteamento, gestão e controle de frotas, etc.

4- Engenharia da qualidade, incluindo controle estatístico de qualidade, projeto de experimentos, metodologia seis sigma, regressão e correlação.

5- Finanças, incluindo o controle financeiro, controle de custos, análise de investimentos, etc.

6- Ergonomia, engenharia de segurança do trabalho, organização do trabalho, engenharia de métodos, etc.

7- Gestão Econômica, engenharia econômica, gestão de custos e/ou investimentos, etc.

8- Tecnologia da Informação, na implantação de sistemas de TI

9- Marketing, tratando do planejamento e desenvolvimento de novos produtos, incluindo a utilização de métodos estatísticos avançados destinados ao estudo de mercado, etc

10- Gestão Agro-industrial, gestão da manutenção, automação industrial, etc


Motivos para escolher (e amar) Engenharia de Produção


 Abrindo um empresa

áreas de atuação de um engenheiro de produção
Endeavor

A relação de documentos para se abrir uma empresa no Brasil é um pouco extensa e burocrática, então vamos lhe  facilitar e adiantar a maioria dos quais são necessários para que você não se surpreenda. Alguns documentos podem variar de acordo com seu intuito, mas o que você vai precisar basicamente é:

  • CNPJ.
  • Registro na junta comercial ou cartório,
  • Inscrição do INSS.
  • Receita Federal;
  • Secretaria da Fazenda (depende da atividade);
  • Cadastro Municipal;
  • Cadastro no no CREA;
  • Cadastro Caixa Econômica;
  • Alvará de funcionamento.
  • RG e CPF – cópia autenticada
  • Comprovante de residência dos sócios
  • IPTU atualizado da sede da empresa.

Vale a pena consultar o site do CREA do seu Estado e verificar o que o seu diploma abrange. Como existem algumas variações entre os cursos de Engenharia de Produção, pode ocorrer de determinado curso possuir um foco mais voltado para alguma área específica e lhe permitir ou não trabalhar em certo segmento.


Mercado de Trabalho

Pode parecer contraditório em um primeiro momento dizer que o mercado para o Engenheiro de Produção está em alta em plena crise, entretanto se refletirmos um pouco faz total sentido. Em um cenário de crise econômica, o que as empresas mais buscam é a redução de custos, manutenção da produtividade e da qualidade dos produtos.

E quem é o profissional mais indicado para lidar com isso? O engenheiro de produção!

Desta forma, as oportunidades existem e são múltiplas, não ficando apenas na indústria. O Engenheiro de Produção pode trabalhar com sistemas de produção, buscando formas de otimizar os processos, reduzir custos, aumentar a produtividade e garantir qualidade do trabalho.

Fonte: Voitto


publicidade

publicidade