BrasilColunistasCuriosidadesDestaqueEngenharia AeronáuticaSem categoria

Engenheira na linha de frente em obra de hospital construído em 30 dias

0

Em meio ao turbulento momento que estamos vivendo, surgiu a demanda de agilidade na crise para fazer algo para contribuir ir para gestão de Saúde do Estado de São Paulo.

Foi aí então que a Engenheira Juliana Fernandes Alves de 41 anos de idade  viu uma oportunidade para tentar contribuir.

Isso tudo começou no dia 17 de Março 2020 onde a capital do Estado de São Paulo registrou a primeira morte por 2019.

Os novos casos são aqueles confirmados e informados desde o dia anterior
Atualizado menos de 30 min atrás. Fonte:Wikipédia

A Engenheira executiva da AMBEV enviou mensagens para alguns de seus parceiros de negócios com a ideia de fazer um plano de ação e projeto para que pudesse juntos enfrentar o avanço da doença.

No dia seguinte, recebeu  uma mensagem de Michel Rodrigues, da construtora Brasil cubo que desenhou um pequeno projeto de quarto hospitalar modular.

Quem foram os envolvidos?

Com a conversa e discussões técnicas se evoluiu para a ideia de se fazer um hospital inteiro.

Projeto do hospital em estrutura modular com peças pré-fabricadas. O projeto contou com a parceria mais forte entre AMBEV, GERDAU e HOSPITAL ALBERT EINSTEIN.

A parceria foi apresentada a chefia de Juliana, posteriormente, apresentada para a empresa Gerdau, ao Hospital Israelita Albert Einstein e a Prefeitura de São Paulo.

A ideia que antes era pouco acessível agora havia se concretizado com o objetivo de se estabelecer sem novos leitos no Hospital Dr Moisés Deutsch, que é gerido pela  sociedade beneficente Israelita brasileira Albert Einstein.

Porque optaram por esse modelo executivo?

A escolha desse modelo de execução se deu pelo fato de  termos a necessidade de agilidade na crise para aumentar o número de leito no Estado de São Paulo.

A região do hospital se localiza na região sul de São Paulo que é uma das mais carentes por leitos no estado.

A partir disso, a necessidade de agilidade na crise aumentou, pois haviam muitas expectativas e muitos desafios, seguidos de aumento do aumento no número de caso.

O papel da engenheira fez com que a gestão de saúde ganhasse agilidade na crise

A engenheira Juliana teve um papel imprescindível na realização deste empreendimento, pois ela conseguiu reunir todas as parcerias necessárias e com agilidade soberana.

Realmente é impressionante prometer 100 novos leitos em 40 dias e construir em 30 dias 

Obras modulares são muito eficientes pois minimizam os imprevistos.

A obra não foi fácil, foram 150 Operários trabalhando em dois turnos diferentes totalizando 20 horas diárias.

Dá para imaginar o caos e a pressão que esses trabalhadores estavam sofrendo, pois além da agilidade também se preocupava com bem estar de cada funcionário.

E Também se preocupando com a utilização de equipamentos de proteção como máscaras luvas capacetes entre outros. 

Engenheiros brasileiros criam empresa em apenas uma semana, em meio à crise, e ajudam no combate ao COVID-19

Ambev parceira do projeto utiliza esse essa construção modular nas edificações de suas cervejarias essa modalidade de dispensa de materiais convencionais e da agilidade ao processo.

Como todo quase tudo vem de uma fábrica na cidade de Tubarão Santa Catarina, que é sede da Brasil ao cubo.

A técnica se torna muito eficiente e proporcionam uma agilidade incrível pois reduz cerca de 85% da do consumo de água no canteiro de obras 

O mais interessante é que a unidade de saúde não se trata de um hospital de campanha,.

Após a pandemia será entregue a prefeitura e passará a integrar a rede pública de saúde.

A obra foi estimada em cerca de 10 milhões de reais, no entanto, a técnica permite entregar até 4x mais rápida em comparação obras convencionais.

Rafael Vieira
Engenheiro Civil, possui MBA em planejamento, orçamento e cronogramas de obras, experiências em obras verticais, residenciais, comerciais, projetos topográficos e georreferenciamentos. Gosta de ler livros, assistir seriados, fascinado por conhecimento e curte uma boa viagem. Adora conversar sobre business e novos projetos, fanático por análise e mapeamento de dados. Colunista do Blog da Engenharia . instagram : @eng.rafaelcvieira linkedin: /ravieiraengenharia

    Tudo o que você precisa saber sobre a Engenharia de Alimentos.

    Previous article

    Chorar ou vender lenços? Sobre o poder da Resiliência

    Next article

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Brasil