0

Antes de mais nada, engenharia tem suas características racionais explícitas, o que torna o segmento não tão romântico aos olhos do público das redes sociais.

Com maestria e bom senso engenheiros do Blog da Engenharia e outros estão entregando conteúdo diariamente. O intuito principal é conscientizar, instruir e elevar a capacidade técnica de estudantes e profissionais da área.

Assim, aos poucos cada um vai se tornando referência em sua área de atuação e com isto começam a alavancar seu número de clientes, escalando seus negócios a nível nacional.

Social Media

DEIXANDO O MERCADO CONVENCIONAL PARA TRÁS COM AS REDES SOCIAIS

A pouco mais de 5 anos a rede social mais utilizada de forma profissional era o LinkedIn e com o passar do tempo as pessoas começaram a enxergar que as diversas plataformas poderiam diversificar e disseminar de forma mais eficiente o conteúdo técnico.

Contudo, atuando em redes como Instagram, Youtube, Twitter e outros os criadores de conteúdo começaram a notar que o público orgânico que antes nunca teria acesso aos conteúdos passou a interagir com os influenciadores e receberam bem as estratégias que foram adotadas.

Sendo assim, o profissional deixou de atuar no mercado local apenas através de indicações e referências por obras executadas e passou a abranger o cenário nacional sem fronteiras entre estado ou região.

FEEDBACK RÁPIDO / BASE PARA ESTRATÉGIAS

Primeiramente, com a facilidade para alcançar os clientes através das redes sociais algo que se tornou comum também foi o feedback dos mesmos em relação aos trabalhos desenvolvidos. Este retorno vem de forma rápida através de pesquisas, perguntas, enquetes e outras ferramentas que estão disponíveis aos profissionais.

Assim, além de ser uma resposta rápida sobre o que está sendo feito a confiabilidade das informações é alta. Isto se deve pelo fato das pessoas se sentirem blindadas quando estão fazendo algum comentário ou registrando um pensamento na internet.

Esta base de informações oferecidas pelos clientes (seguidores) é essencial para a elaboração de novas estratégias, modificação e melhoria da forma de atuação e até mesmo entendimento de resultados.

FERRAMENTAS PARA CRIADORES DE CONTEÚDO

A principio, cada plataforma possui as suas características principais e são estas que diferenciam umas das outras. As pessoas que utilizam a rede sem intuito profissional postam a vida pessoal e acompanham os perfis sem entenderem ao certo todas as possibilidades que os aplicativos oferecem.

Ou seja, quando você começa a profissionalizar a rede e adapta todas as configurações para que elas projetem as postagens você passa a usufruir dos benefícios que as redes sociais têm a oferecer.

Portanto, existem formas de gerenciar visualizações, interações, público que acompanha, postagens mais vistas, postagens com maiores interações, melhor horário para postagens, características dos seguidores, postagens mais recompartilhadas e outras.

PROJEÇÃO DE IMAGEM ATRAVÉS DA REDE SOCIAL

A internet pode projetar os profissionais a lugares onde nunca teriam condições de atuar devido a barreiras geográficas.

Existem milhares de pessoas que são referências em suas áreas de atuação e a certo tempo atrás estes conseguiam destaque por meio da publicação de livros, realização de palestras, workshops e outros. Hoje a facilidade de entrega de conteúdo que a internet oferece contribui para a promoção da imagem de qualquer lugar do mundo.

Pessoas que não teriam condições financeiras de projetar o seu nome e sua capacidade técnica podem alcançar o público que desejarem de forma gratuita, rápida e direta.

Redes

AUTORIDADE / REFERÊNCIA

À medida que a produção de conteúdo técnico acontece, o volume de postagem é exibido e a relevância dos trabalhos realizados ganha notoriedade a pessoa começa a se destacar no cenário em que atua.

O bom profissional começa a se tornar autoridade no assunto que aborda. Após um período começa a ser visto como referência e isto torna os negócios cada vez mais palpáveis. A conversão de seguidores em clientes começa a ser natural. A diferença entre uma pessoa comum e uma que é referência é simples e pode ser apresentada com um exemplo:

Se você precisa vender um tênis por R$200,00 e anuncia ele, vai precisar oferecer o produto com qualidade e ser persuasivo na hora da venda. Além disto você deverá buscar o cliente em meio a milhares de pessoas até conseguir concluir a venda. Seguindo e tomando como mesmo princípio a venda do tênis, mas alterando o personagem para alguém que é referência a história muda.

Se um jogador de futebol ou outro artista qualquer anunciar algo do tipo: “Este é o tênis que o “x” jogador usa. Leve, confortável e estilos! Você não vai ficar fora desta moda, ou vai?” Este tênis será vendido em grande escala. Deixa de ser o produto que está sendo oferecido e passa a ser quem está oferecendo.

Assim a pessoa que é referência tem o poder de cobrar aquilo que acredita ser justo por algo que oferece. Quem não é referência pode cobrar apenas o valor real do produto. Não é uma questão de cobrar um valor abusivo, mas de cobrar um valor monetário independente do valor bruto produto.

QUEM NÃO ESTÁ NAS REDES SOCIAIS ESTÁ PERDENDO TEMPO

Antes de mais nada o profissional que não está online perde clientes enquanto os que estão ativos na internet recebem propostas mesmo sem estarem buscando.

O tempo de todas as pessoas é cronometrado. Realizar reuniões com diversos prestadores de serviços, fazer a identificação da qualidade e tudo mais fica inviável a quem busca alguma prestação de serviço. Quem mantém o portfólio exposto apresenta seu trabalho, sua empresa, referências de clientes e outros.

Ainda está ativando no subconsciente dos demais a confiabilidade da marca. Isto acontece porque está se expondo de maneira aberta à rede e assim como é elogiado também pode ser criticado, mas os trabalhos falam por si só.

Concluindo, as redes sociais são ferramentas extremamente eficazes quando utilizadas de forma profissional. A visão de exposição se transforma de maléfica para benéfica quando tratamos o assunto no ambiente de trabalho. Busque conhecimento e estude as milhares de estratégias e ferramentas para alavancar seu nome e seu negócio por meio da internet. Isto irá transformar a sua carreira.

Lucas Alves Ribeiro
Eng. Civil graduado pela Universidade de Itaúna, pós-graduado Eng. de Estruturas pela PUC-MG. Atua na gestão de projetos de Infraestrutura Rodoviária - Concessionária da Rodovia MG-050 - AB Nascentes das Gerais (370 km de rodovias). Capacitado como Auditor Interno SGQ ISO 9001 e Brigadista. Além da carreira CLT cria conteúdos voltados para Rodovias: @la_rib. Casado, católico, mineiro, vicentino. Fomenta o desenvolvimento pessoal de seus seguidores através do projeto Cada Dia Melhor e se tornou comunicador apresentando um programa de TV - @seligatv.

O buraco negro das redes sociais

Previous article

Internet das Coisas: Saiba porque ela vai revolucionar o mundo

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil