ColunistasEngenhariaEngenharia CivilMercado de Trabalho

Avaliação de imóveis: O oceano azul

14

Qual é a melhor área da engenharia para atuar no mercado de trabalho? Essa é a principal pergunta na cabeça de todo estudante de engenharia e também de muitos profissionais que buscam se reposicionar na carreira. Por esta razão, apresentamos aos nossos leitores uma área ainda pouco explorada: a avaliação de imóveis.

O que é Avaliação de Imóveis?

Avaliação de imóveis

Segundo a NBR 14.653/2019 – Avaliação de bens, Parte 1: Procedimentos Gerais, o processo de avaliação de imóveis consiste na análise técnica para identificar valores, custos ou indicadores de viabilidade econômica, para um determinado objetivo, finalidade e período, avaliadas determinadas premissas, restrições e condições limitantes.

Para avaliar um bem é necessário realizar um estudo de mercado, observando o comportamento dos preços à medida em que as características dos imóveis variam. Além do imóvel, a circunvizinhança também é objeto de estudo do Engenheiro de Avaliações. O objetivo é explicar como os fatores intrínsecos e extrínsecos influenciam o preço, valorizando ou desvalorizando o imóvel.

Quem são os clientes do avaliador de imóveis?

clientes avaliação de imóveis

A avaliação de imóveis pode ser utilizada para diversas finalidades, entre elas estão compra, venda, aluguel, construção, partilha, inventário, seguro, contabilidade, garantias fiduciárias, hipoteca, execução, leilão, perícias judiciais, cobrança de IPTU, ITBI/ITIV, desapropriações, indenizações, contribuição de melhoria; tendo como principais clientes: bancos, investidores, seguradoras, incorporadoras, prefeituras, poder judiciário e pessoas físicas.

Mesmo com tantas possibilidades e clientes, ainda há poucos profissionais atuando na área, por isso é comum chamar a avaliação de imóveis de “oceano azul”. Com o ganho em escala, a remuneração é relativamente alta e, devido à falta de informação, a concorrência ainda é baixa.

Quem pode atuar na área de avaliações?

O que muita gente não sabe é que a emissão de “Laudo de Avaliação” é atribuição privativa do Engenheiro e do Arquiteto, conforme Lei nº 5.194/1966, Resolução nº 218/1973 do CONFEA, ABNT NBR 14.653-1/2019 e Lei nº 8.078/1990.  Segundo a ABNT, o laudo de avaliação pode ser definido como:

relatório com fundamentação técnica e científica, elaborado por profissional da engenharia de
avaliações, em conformidade com esta ABNT NBR 14653, para avaliar o bem.

Há muita polêmica sobre o assunto, considerando que os corretores de imóveis podem emitir “Parecer técnico de avaliação mercadológica” conforme Resolução nº 1064/2007  do COFECI.  A avaliação mercadológica do corretor de imóveis é uma “opinião de preço” baseada em dados de mercado, contudo, não é normatizada pela ABNT. Além disso, o corretor não pode opinar quanto à aceitabilidade do imóvel como garantia, por envolver questões técnicas de Engenharia e Arquitetura.

Qual a expectativa do setor para os próximos anos?

Otimismo é a palavra que melhor descreve a indústria imobiliária. Como resultado da baixa dos juros e o acesso ao financiamento, o setor continua crescendo e tem expectativa de se manter em altos níveis de investimento. Sob o mesmo ponto de vista, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), publicou no dia 29/07/2020 um artigo sobre os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e atribuiu parte dos bons resultados da Construção Civil ao financiamento imobiliário:

Junho de 2020 foi o melhor mês dos últimos quatro anos em contratações de financiamentos imobiliários da CAIXA, que detém 70% do mercado.

O setor imobiliário, afeta diretamente a demanda por avaliação de imóveis, porque as instituições financeiras precisam de informações confiáveis referentes ao valor daquele bem. Além disso, empresários também podem oferecer imóveis como garantia de operações comerciais.

Saiba do que você precisa para começar a trabalhar com avaliação de imóveis.

curso de engenharia

Para ser um Engenheiro de Avaliações não é necessário fazer especialização, basta um curso de, no mínimo, 20 horas contendo inferência estatística aplicada a avaliação de imóveis. Assim, poderá participar de editais de empresas públicas e privadas, além de prestar serviço para o judiciário e clientes particulares. Alguns editais cobram experiência comprovada por meio de laudos emitidos e contratos de prestação de serviços.

Definitivamente, a Avaliação de Imóveis é uma área da Engenharia que exige pouco investimento de tempo e dinheiro. O Engenheiro ou Arquiteto pode iniciar como pessoa física para ganhar experiência ou já montar um escritório para a prestação deste serviço em larga escala.

Leia também o nosso artigo sobre a influência de crises no preço dos imóveis.

Melquizedeck Souza
Engenheiro Civil. Especialista em Planejamento, Gestão Estratégica, Auditoria, Avaliação de imóveis e Perícias de Engenharia. Gerente de Habitação em uma das maiores instituições financeiras do Brasil. Instrutor do curso de Engenharia de Avaliações, já ajudou mais de 300 engenheiros, arquitetos e estudantes a dominar a arte da avaliação de imóveis. Defensor da ideia de que o conhecimento deve ser livre e compartilhado com todas as pessoas.

A Importância da Acessibilidade dentro de Casa

Previous article

Bate-Papo com VINICIUS MARCHESE – Presidente do CREA-SP | BLOG DA ENGENHARIA

Next article

You may also like

14 Comments

  1. Muito bom esse artigo ! Aborda de forma clara, simples e objetiva uma área tão importante da engenharia, porém relegada a segundo plano nos currículos universitários! Em um mercado imobiliário com a dimensão e o potencial do brasileiro, a engenharia de avaliações revela-se como uma opção promissora para os novos profissionais !!

  2. Muito boa a lembrança de que a Avaliação de Imóveis é atividade privativa de engenheiros e arquitetos, principalmente porque, além do valoração dos bens, envolve a análise técnica dos aspectos de segurança e habitabilidade das edificações.

  3. Tema bastante controverso e objeto de inúmeros questionamentos, dado o seu caráter muitas vezes subjetivo, a avaliação de imóveis requer profissionais cada vez melhor preparados e também de sistemas que contribuam na padronização dos procedimentos, evitando-se tanta disparidade na elaboração dos laudos e respectivos valores.
    Muito boa a abordagem no Artigo do meu amigo e profissional Melquizedeck, o qual revela a importância desse profissional e as inúmeras oportunidades existentes no mercado imobiliário e junto às empresas públicas, bancos e construção civil. Parabéns!

  4. texto muito bem explicado e deixando claro as responsabilidades de cada um.

  5. Excelente texto e bem explicativo!

  6. O engenheiro Melquzedeck Souza, é um dos maiores profissionais em atividade no Brasil deste seguimento.
    Tem trabalhado em pro do conhecimento livre e ensina as tecnicas de avaliação de imoveis para quem quer ingressar neste negócio lucrativo.

  7. Boa Melqui. Muito esclarecedor!

  8. Publicação bem interessante, pois é um alerta aos profissionais que buscam uma direção no mercado de trabalho, mostrando um nicho pouco explorado e de alta rentabilidade.
    Parabéns pela excelente explanação.

  9. Realmente, esta área de engenharia de avaliação é bastante promissora. Parabéns Melqui por proporcionar aos profissionais interessados esta grandiosa oportunidade. TMJ

    1. Bem objetivo! Gostei também dos links com outros artigos.

  10. Excelente e oportuno texto, com contribuições bastante valiosas. Parabéns, Melquizedeck Souza.

  11. Excelente artigo , Oceano azul define bem a vasta oferta desse tipo de serviço hoje em dia, levando em consideração o aquecimento do mercado imobiliário em virtude da recorrente queda da taxa de juros, a necessidade das empresas tomarem créditos – originando operações com garantia real – exigindo a avaliação do bem , bem como a adaptação a um novo estilo de vida , onde muitos optam por um estilo mais confortável de vida em seu “home office” .

  12. Texto simplesmente excelente. Explicação clara e objetiva! Parabéns!!!!!!

  13. […] saber mais, leia o nosso artigo sobre o mercado de trabalho do avaliador de imóveis e a expectativa de crescimento do setor […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas