BrasilColunistasCuriosidadesDestaqueEngenhariaEngenharia de Alimentos

É biscoito ou é bolacha?

3

Não é de hoje que a dúvida “biscoito ou bolacha” acende o fogo da discussão para o assunto terminar em Pizza.

Afinal, ninguém nunca dá o braço a torcer e o debate já perpetua por gerações.

biscoito

Mas enfim, é biscoito ou é bolacha?

É importante ressaltar que esta decisão vai depender exclusivamente da sua localização geográfica.

O bom e velho carioca há de defender que o correto é “biXcoito“! Pegando todos os pacotes que encontrar pela frente para comprovar a sua tese e afirmar que o termo “bolacha” se refere à agressão física.

Mas o sábio paulista ignora todas as “provas” apresentadas e mantém a sua convicção no fato de que é “bolacha” e fim de papo!

E assim, a discussão percorre por todo o território nacional!

Mas finalmente um parecer técnico sobre o assunto.biscoito

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, através da RDC nº 263, de 22 de setembro de 2005, traz uma definição sobre os termos.

2.1.3. Biscoitos ou Bolachas: são os produtos obtidos pela mistura de farinha(s),
amido(s) e ou fécula(s) com outros ingredientes, submetidos a processos de
amassamento e cocção, fermentados ou não. Podem apresentar cobertura, recheio,
formato e textura diversos.

Ou seja, segundo a ANVISA, não há diferença entre os termos e portanto, ambos estão devidamente corretos!

E muito embora, de acordo com algumas pesquisas, a grande maioria das embalagens e dos estados brasileiros utilizem o termo “biscoito”, o termo “bolacha” também está certo.

Assim, a paz já pode, enfim, reinar novamente!biscoito

A origem dos termos biscoito e bolacha.

  • Biscoito: do latim biscoctus significa “cozido duas vezes”.
  • Bolacha: do latim bulla significa “objeto esférico” unido à palavra “acha” que pode indicar algo no diminutivo.

Desta forma, alguns “estudiosos do assunto” apontam que se o alimento em questão não é redondo, logo, não poderá ser considerado “bolacha”.

E olha que existem mais de 200 tipos de biscoitos ou bolachas (podem decidir) com os mais variados sabores e formatos.

E o que realmente importa?

O importante é que o produto atenda aos padrões de composição explícitos na legislação, seja produzido de acordo com as Boas Práticas de Fabricação e apresente no rótulo de sua embalagem as devidas e corretas informações necessárias para o consumidor.

E adivinha quem cuida de toda a cadeia produtiva para que o seu biscoito ou bolacha chegue com segurança e qualidade até a sua casa, desenvolvendo novos aromas, formatos e texturas para que haja tanta variedade de produtos no mercado?

Isso mesmo! O Engenheiro de Alimentos!

Veja mais em Engenharia de Alimentos e Covid-19.

Camila de Oliveira Inácio
Carioca, 27 anos, casada, mãe, formanda do curso de Engenharia de Alimentos no Instituto Federal Catarinense de Concórdia - Santa Catarina. Foi Coordenadora Estadual do Programa CREAjr-SC no ano de 2019, é entusiasta, visionária, solidária e amante da vida. Tem como propósito pessoal impactar positivamente a vida das pessoas, ama conversar, escrever, fazer novas amizades e garantir tempo de qualidade com quem estima.

Já ouviu falar sobre engenharia de eventos? Leia e saiba mais.

Previous article

4 MOTIVOS PARA FAZER CURSO EAD | Blog da Engenharia

Next article

You may also like

3 Comments

  1. Para mim sempre será bolacha hahahah

  2. Bolacha ou biscoito tanto faz o sabor é o mesmo trocando somente quando salgado ou doce rsrsr

  3. Maneiro … Gostei. Biscoito ou bolacha eu tô aqui pra comer. Ótima matéria 😁

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil