Destaque + Editor's PickEngenharia

Brainstorming, você sabe como fazer?

0

É muito provável que você não esteja obtendo bons resultados com seu brainstorming, e eu acredito nisso, na verdade, eu sei que muitas pessoas não conseguem bons resultados mesmo.

brainstorming

brainstorming

Dominar essa ferramenta pode lhe ajudar muito na realização de um Kaizen como já falamos por aqui.

O brainstorming talvez esteja entre as ferramentas mais conhecidas por todos quando falamos de melhoria contínua, processos ou até qualidade. Falar sobre a “tempestade de ideias” é algo que agrada os especialistas, mas infelizmente o que vejo é que, muitas pessoas não conseguem extrair o máximo da ferramenta e por vezes, realizar um brainstorming acaba apenas tonando o processo mais longo e burocrático.

BRAINSTORMING, PARA QUE SERVE?

A técnica propõe que o grupo se reúna e utilize a diversidade de pensamentos e experiências para gerar soluções inovadoras, sugerindo qualquer pensamento ou ideia que vier à mente a respeito do tema tratado (Wikipidea, 2020)

Essa é a definição que encontramos no site de buscas, mas essa explicação é suficiente para gerar bons resultados com a ferramenta? A resposta para essa pergunta é, NÃO!

Conhecer a teoria e tentar replicá-la como “manda o manual” nem sempre – para não dizer SEMPRE – dará certo. A teoria considera sempre uma situação ideal, longe do que vemos no dia a dia.

A fim de criarmos um modelo  e considerarmos o fator essencial para o sucesso dessa ferramenta, vamos criar alguns sub tópicos e entender o passo a passo, juntos.

idea

brainstorming

COMO GERAR BOAS IDEIAS?

Primeiramente, esqueça aquela ideia de fornecer um “papelzinho” para cada colaborador e dizer passará ao final do dia para recolher, que ele pode dar “qualquer sugestão”. Isso, embora seja o que está descrito nos site de buscas, é improdutivo. Vamos então aos 4 passos simples para se realizar um excelente brainstorming:

      1. EFEITO DO EVENTO

Sempre que possível, o ideal que é que você reúna as pessoas em um ambiente fora do local de trabalho, pode ser em uma sala de treinamento ou em qualquer outro espaço.

Lembre-se de reunir nesse momento todas as pessoas juntas, desde operadores, logística, manutenção, liderança, todos que de alguma forma podem estar envolvidos com a etapa a ser melhorada.

      2. ALINHAMENTO DO TEMA

Aqui é onde muitos brainstormings falham, a ideia de “qualquer ideia vale” é totalmente improdutiva, imaginem: O meu problema é falha na montagem de um item qualquer na célula 2, e alguém nos dê a ideia de pintar a monovia da célula 1, me diz, essa ideia nos ajudará a resolver o problema?

Ah Henrique, mas você usou um exemplo totalmente fora de contexto. Acreditem, já vi isso acontecer algumas vezes.

O principal ponto aqui é o ALINHAMENTO. Agora que todos estão na sala, explique qual o problema de forma que todos possam ter a mesma compreensão, possam enxergar pela mesma ótica

      3. SUA OPINIÃO

Após o alinhamento ter sido realizado, agora sim é o momento de distribuir alguns formulários e pedir a opinião das pessoas, ou seja, quando todos entendem o que está acontecendo.

Alguns líderes tendem a utilizar o método do quadro e fazer uma espécie de mesa redonda, aonde às pessoas vão falando suas ideias e o moderador vai as colocando em um quadro, mas geralmente, esse modelo não funciona.

Por isso acredito que após estarem todos no mesmo ambiente e também com a mesma linha de pensamento, utilizar formulários onde as opiniões serão secretas, é a opção mais viável.

      4. RESULTADOS FINAIS

Pegue todas as ideias que foram dadas e coloque em uma planilha ou quadro, veja as que mais se repetiram e a partir desse momento é hora de começar a colocar em prática.

Utilize ferramentas que possam lhe ajudar a priorizar as melhores ideias e as que são mais relevantes para o processo.  Nesse sentido, existem duas excelentes ferramentas para esse momento que eu sempre utilizo em meus projetos: Matriz GUT e a Matriz de esforço e impacto.

Agora é contigo, é hora de colocar a mão na massa!

Henrique Oliveira
Engenheiro Mecânico, Especialista em melhoria contínua – Black Belt Lean Six Sigma. Engenheiro de Melhoria Contínua em empresa multinacional., lidera aplicação de conceitos da filosofia Lean Manufacturing e ferramentas da metodologia Kaizen, realizando análises para identificação de novas oportunidades de melhoria. Apaixonado por desenvolver pessoas compartilha conteúdos através de seu instagram (@Eng.henriqueoliveirass) e seu LinkedIn (Henrique Oliveira) além de promover treinamentos On-line.

PIX, o fim do cartão de débito, DOC e TED?

Previous article

Acordo UE-Mercosul NÃO foi ratificado.

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *