CarreiraEngenharia Civil

Brasil poderá ganhar 1º casa feita por impressora 3D

0

landscape-house-20130130194131

O holandês Janjaap Ruijssenaars, 39 anos, é arquiteto e fundador do escritório Universe Architecture. Atualmente, ele está envolvido com um ambicioso projeto que envolve o Brasil: revolucionar a construção civil com o uso de impressoras 3D.

O arquiteto holandês Janjaap Rujissenaars é fundador do escritorio Universe Architecture e está trabalhando em um projeto super bacana e que envolve o Brasil: Ele quer revolucionar toda a área da construção civil utilizando impressoras 3D.

Sua idéia/meta é construir uma casa do tipo “Landscape House” ou, em português: Casa Paisagem.

Ao invés de contar com a mão de obra de operários, terá suas colunas, paredes e fundações construídas por impressoras D-Shape, máquinas gigantescas capazes de produzir blocos de cimento, areia e ferro de 6 x 9 metros a partir de modelos digitais. A fachada deve ser feita de aço e vidro.

Segundo Janjaap, o Brasil manifestou interesse no projeto e pode ser o primeiro país a ganhar uma casa feita por uma impressora 3D. “Fomos abordados por uma iniciativa privada brasileira que tem 6 hectares de terra ao lado de um Parque Nacional na Mantiqueira (Minas Gerais), em um local que está a quatro horas de carro da cidade de São Paulo”, conta.

A ideia do grupo é que a casa de 1.100 metros quadrados não tenha começo nem fim, como a natureza. Por isso, ela recebeu o nome Landscape House. Segundo o arquiteto, ela deve funcionar como os ciclos contínuos naturais do nosso planeta, como a água que vai para a terra e os vales que viram montanhas.

O projeto não deve ficar apenas no Brasil. Também existe a possibilidade do grupo construir uma casa particular nos Estados Unidos. Além disso, Janjaap pretende espalhar construções 3D pelo mundo. “Planejamos construir no máximo uma casa por país”, conta.

 Segundo Janjaap, a casa será construída em 2014 e demorará 18 meses para ficar pronta. A estimativa é que a construção da Landscape House custe cerca de US$ 5 milhões.

Já pensou o quanto isso iria revolucionar a construção no nosso país?

 

Via

Eduardo Cavalcanti
Engenheiro Civil de formação, empresário, e atua em diversos mercados. É aficcionado por tecnologia e está sempre em algum lugar diferente do mundo (sim, viajar está entre seus maiores hobbies). Já teve uma época em que não conseguia dormir sem assistir a um episódio do Netflix. Hoje, com o empreendedorismo pulsando em suas veias, usa praticamente todo o seu tempo livre consumindo conteúdos relacionados à cases de sucesso e ao mercado financeiro.

10 dicas e 13 motivos para usar celular na aula

Previous article

Rede social conecta pessoas, ideias e dinheiro

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Carreira