1

Acredite, o preço das carnes, que vem enlouquecendo os consumidores há algum tempo, também é assustador para os produtores! Afinal, com insumos tão caros, como produzir com qualidade sem aumentar o preço do produto final?

Não importa! A economia precisa continuar girando! Alguém vai pagar essa conta! E, como sabemos, ela sempre sobra para o consumidor!

carnes

Entretanto, com a nova Medida Provisória do Governo Federal, parece que haverá uma contenção dessas altas históricas e uma queda no preço das carnes. (Oremos!)

Produção e Mercado da Carne

Falando especificamente sobre a carne de frango, a mais consumida no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Produção Animal (ABPA), em 2020 o Brasil se manteve invicto na posição de Maior exportador e 3º maior produtor do mundo!

31% dessa produção, que excede 13.845 milhões de toneladas, foi destinada à exportações, enquanto 69% permaneceram no mercado interno.

Nos oito primeiros meses de 2021, o volume de exportações da carne de frango prosseguiu em crescimento (7,58% a mais, em comparação com 2020).

Por sua vez, a alta internacional dos custos de produção manteve os preços aquecidos para exportações, resultando em uma receita (US$) 18,2% maior que durante esse mesmo período de 2020.man wearing white top looking at projector graph screen

Com relação ao consumo interno, de acordo com uma pesquisa da ABPA, embora as carnes estejam presentes em 98,5% dos lares brasileiros, com o aumento dos preços, decorrente da alta dos insumos, a procura por cortes mais baratos foi intensificada.

Mas, por que a alta desses insumos gera tanto impacto?

O milho e a soja, são insumos, que compõem 70% dos custos do setor de proteína animal (carnes).

Esses grãos são amplamente utilizados como matéria-prima para a fabricação de rações, pela riqueza de carboidrato e proteína, que são nutrientes indispensáveis na dieta.

carnes

Imagem: grupocultivar.com.br

Contudo, recentemente, acompanhamos altas históricas no preço desses insumos, com variação anual ultrapassando 115% no caso de milho, e 60% no farelo de soja.

Resultando assim, em uma alta absurda (cerca de 50%) nos custos de produção animal e acarretando no aumento dos preços das carnes, que não conseguiu acompanhar a subida dos custos.

Afinal, o preço das carnes vai mesmo baixar?

A Medida Provisória nº 1.701, publicada pelo Governo Federal no dia 23 de setembro de 2021, suspende, até 31 de dezembro a alíquota na cobrança de PIS e COFINS na importação do milho.

Essa operação beneficia toda a cadeia produtiva de carnes e é especialmente relevante às empresas que não operam no mercado internacional e não tem acesso ao sistema Drawback.

carnes

Imagem: google.com

De acordo com a ABPA, a medida deverá contribuir na contenção das altas do milho e consequentemente, na queda de preços das carnes para o consumidor brasileiro.

Auxiliando também, na melhora da competitividade no mercado internacional para os setores de proteína animal.

Isso é, com a queda nos custos de produção, decorrentes do alto preço do milho, a tendência é que haja sim, uma redução no preço da carne!

Curtiu esse conteúdo? Então me chama pro churrasco! E não deixe de acompanhar meus outros artigos! Super indico:A Engenharia de Alimentos e suas áreas de atuação”.

Camila de Oliveira Inácio
Carioca, 28 anos, casada, mãe e Engenheira de Alimentos - formada pelo Instituto Federal Catarinense de Concórdia/SC - atua no Controle de Qualidade de uma grande Cooperativa de Alimentos de Santa Catarina e é Gerente Geral e Colunista do Blog da Engenharia. Considerando-se entusiasta, visionária, solidária e amante da vida, tem como propósito pessoal fazer história por onde passa e deixar um legado positivo na vida das pessoas que a conhecem, e como hobby, conversar, escrever, dançar, fazer novas amizades e garantir tempo de qualidade com quem estima.

Datas comemorativas: como surgem e quais são.

Previous article

Por que a carne de salmão é laranja?- Saiba mais sobre astaxantina!

Next article

You may also like

1 Comment

  1. @Camila eu desconhecia a Medida Provisória e isto me deixa bem feliz!
    Ótimo artigo e agora vamos acompanhar os resultados na prática.
    Se rolar o churrasco eu convido mesmo.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Alimentos