BDE News

Assine a nossa newsletter

Digite o seu e-mail para receber a nossa newsletter.

Não se preocupe, não fazemos SPAM
Categorias

À procura do primeiro estágio

O estágio em engenharia, assim como em qualquer outra área, é essencial para o desenvolvimento profissional (e pessoal) de cada estudante de graduação. O estágio é a primeira oportunidade de vivenciar a engenharia e entender como aqueles conhecimentos adquiridos na universidade podem ser aplicados no dia a dia.
A busca por um estágio pode partir do desejo do próprio estudante que resolveu adquirir experiência (ou receber um salário), pode ser por exigência da instituição de ensino ou, inesperadamente, porque surgiu uma oportunidade irrecusável (essa última é mais difícil de acontecer). Independe de qual motivo os levem a um estágio, é imprescindível que todos os estudantes de engenharia passem por essa etapa na sua formação.

O convívio e trabalho com profissionais experientes irá trazer, sem dúvida, o desenvolvimento de habilidades profissionais e conhecimentos que não são adquiridos na sala de aula. Além disso, esse primeiro contato com a engenharia motiva e impulsiona os futuros profissionais de engenharia.
 

:: BDE VAGAS ::
CLIQUE AQUI E ENCONTRE OPORTUNIDADES PARA TODAS AS ENGENHARIAS, EM TODO O BRASIL


 
Ao conseguir um estágio, o estagiário passa a assumir responsabilidades e deveres. O primeiro estágio é sempre difícil no início, é algo novo para o estudante, surgem medos e dúvidas. Não hesite em perguntar. Se dedique: faça suas atividades com qualidade e sempre esteja disposto a ajudar. Se destaque: é importante o estagiário se destacar no grupo por alguma qualidade (eficiência, dedicação, disponibilidade, qualidade do trabalho, carisma etc.). Aprenda: aproveite para aprender o máximo possível. Contribua: Ajude à empresa nos seus objetivos e sempre esteja disponível a ensinar também. E o mais importante para o crescimento do estagiário é aproveitar as oportunidades, nunca deixe aquele oportunidade de crescimento escapar das duas mãos.

Mas não só de deveres vive o estagiário, há regras para a contratação e que foram decretadas através da Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008. Nela se estabelece a carga horária de trabalho, o direito a férias e remuneração. Quem quiser mais informações sobre a lei, o Ministério do Trabalho e Emprego preparou a Nova Cartilha Esclarecedora sobre a Lei do Estágio.
Apesar de, o estágio beneficiar estudantes, empresas e universidades, nota-se que não é fácil encontrar um estágio que se adeque aos desejos e possibilidades dos estudantes. Para isso, seguem algumas dicas na hora de procurar e se candidatar a uma vaga.
Como conseguir um estágio:
Existem inúmeras maneiras de se conseguir um estágio: mandando currículo, recomendação de amigos e parentes, buscar na internet por vagas e processos seletivos, fazendo parte de comunidades de busca de estágio etc.

 
Atualmente, existem diversos órgãos que auxiliam e orientam aos alunos a procurar um estágio na sua área, vale a pena se inscrever em pelo menos um deles. Um desses órgãos, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) possui uma vasta quantidade de vagas e o interessado pode se inscrever no site ou ir até o IEL mais próximo. Outra instituição que tem o mesmo objetivo é o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) que além de facilitar a procura por estágio, possui diversos cursos de formação disponíveis gratuitamente para os alunos.
A Cia de Talentos é uma ótima alternativa para a busca de processos seletivos de estágio (e Trainee). No site é possível verificar os diversos processos seletivos que estão ocorrendo ou que já ocorreram. Além disso, sempre há vagas para diversas empresas conceituadas mundialmente como Google, Nestle, Scania e Braskem.
Há muitos outros sites e órgãos que podem ajudar na busca pelo estágio tanto desejado. É importante o estudante perceber que o estágio é o primeiro encontro com o seu lado profissional e que suas atitudes irão refletir na sua carreira. Aqueles seus colegas de estágio poderão ser seus futuros colegas de empresa, concorrentes, chefes ou, até mesmo, seus melhores amigos. Portanto, deixem uma boa impressão na sua empresa!

Total
0
Shares
12 comentários
  1. Muito bom texto Vini! Nada mais justo vc ter escrito esse post! Pelo pouco tempo de convívio, pude ver o excelente estagiário que vc foi na empresa, e hoje vemos sua recompensa: a contratação!
    Sucesso nessa nova etapa, que tenho certeza que vc vai brilhar =)
    Aos que estão iniciando, leiam bem o que ele escreveu, é o início do
    caminho do sucesso profissional!

    1. Com uns bons contatos, é possível sim. Entretanto, pelo menos na minha instituição de ensino, não recomendam fazer estágio até estar cursando o 4° semestre e algumas instituições também não contratam estagiários tão ”verdes” no curso.

  2. T, meu nome e Bruno e faco. Leng MEC. Gostaria SD permitir complementar as informacoes a cima. E muito interessante que antes da graduação VC tenha feito um curso de aprendizagem ou tecnico antes da graduação. Isto de ajuda muito no campo e conta pontos na entrevista. Faco engenharia MEC e sou torneiro mecanico, fresadora e sei usar maquinas de ferramentaria em geral, cnc. Tudo isso em um curso de aprendiz no SENAI. Faco Autocad, solidworks no Senai e inglês. Alem de ter trabalhado em na Vivo fazendo relatórios. Conhecimentos avançados de exel são imprevisíveis em todas as áreas.Para eng civil: auto CAD 2 e 3d, cursos de urbanismo. Eng produao: aprender a usar o S.A.P, office; eng eletrica: tecbico em eletrica, eletr8cidade predial, e programacao de controladores pin etc. Assim e caixa, vc consegue estagios c bolsas maiores e um passo a frente de outros candidatos. Ou vc acha q vai conversar sozinho com o gestor e a piscologa? Assim se inscreva em sites de rh, procure as empresas e a faculdade. Uma indicação te coloca lá dentro, mas não te segura lá. Estágios no primeiro ano são bem improváveis, não sei a sua Ford DS curso assina seu estagio. Tente no minimo a partir do 4 semestre, mas fique de olho anTes em possíveis vagas. Um bom currículo ajuda, não colocque foto ou currículo vitae. Pesquisa antes de tudo

  3. Boa tarde queria tirar algumas duvidas sera q eu estou sendo muito Radical em ser torneiro Mecanico e querer estudar engenharia civil tipo procurando em visao do Futuro fiz senai eu era de menor eu estava na proficao ate agora pq nao tive oportunidade em fazer agora eu tenho mais estou na duvida sera q eu serhia muito Radical.
    Afinal sou meio Ruim de Matematica preciso de opinioes

    1. Vanderlei, de jeito nenhum, pelo contrário você está sendo visionário e no caminho certo e você já tem uma base do curso técnico de torneiro isso lhe dará um grande diferencial na hora que entrar na parte de laboratório. A matemática é apenas uma parte do curso de engenharia que por sinal abrange muito mais coisas. Enfim, o fascinante mundo da engenharia é muito amplo e promissor, mas não pense que as coisas acontecem fácil, você terá que se dedicar e muito para ser um bom engenheiro.
      Uma dica para a matemática: Compre o livro do Dante volume 1,2 e 3(ensino médio) e o repasse, pois o problema de estudantes de engenharia é a falta de base do ensino médio. Existem também dois bons canais no youtube que vai lhe ajudar: me salva matemática e vestibulando.
      Vanderlei, feito isso você fará um excelente curso de engenharia, mas lembre-se, isso requer força de vontade e esforço.
      Abraços.

    1. Cara, se essa for a sua primeira formação vale a pena continuar!
      tu terminará a faculdade com 43 anos, sendo que tu viverá por uns 80, então vale pena, pois pelo resto da sua vida terá uma profissão, ganhará mais tendo formação de Eng. Civil e outra coisa, conhecimento nunca é demais!!!

  4. Boa noite! !!
    Estou cursando engenharia civil…estou no 6 período, gostaria de saber quais o cursos que necessito fazer para conseguir um bom estagio? Sei do autocad tem mais algum que seja importante?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas
pt_BRPortuguese

WORKSHOP ENGENHEIRO PERITO

Conheça o método que engenheiros de todo o Brasil estão usando para trabalhar na justiça recebendo de R$4.375,00 á R$11.547,00.
Sem prestar concurso público!

Fique tranquilo, não enviamos spam!