ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenharia de Pesca

Cavalo-marinho: Conheça mais sobre esse peixe

2

Você sabia que o cavalo-marinho é um peixe e não um cavalo, como o próprio nome sugere? Surpreso? Então continue lendo este artigo para conhecer sobre esses “animaizinhos fofinhos” e fascinantes. Então bora conferir!

A princípio, o que são cavalos-marinhos?

Os cavalos-marinhos são peixes ósseos (teleósteos) do gênero Hippocampus, pertencentes à família Syngnathidae.

Cavalo-marinho Hippocampus reidi. Fonte: @projetohippocampus.

Distribuição

No mundo, existem mais de 40 espécies de cavalos-marinhos distribuídas em todos os continentes, em regiões temperadas e tropicais.

Enquanto, no Brasil, são encontradas três espécies, Hippocampus erectus, Hippocampus reidi e Hippocampus patagonicus e encontram-se distribuídas ao logo da costa do nosso país.

cavalo-marinho

Mapa da distribuição das espécies no Brasil. Hippocampus erectus; H. reidi; H. patagonicus. Fonte: @projetohippocampus.

Habitam ambientes semelhantes, mas o H. reidi, espécie mais facilmente encontrada, ocupa tanto os estuários, quanto o mar (recifes de coral). Enquanto as espécies H. erectus e H. patagonicus ocupam o ambiente marinho, sendo raros os registros em estuários.

Reprodução

De fato, a característica mais peculiar e interessante do cavalo-marinho é que os machos ficam grávidos. Isto é, as fêmeas transferem seus óvulos para uma bolsa incubadora presente nos machos.

Cavalo-marinho Hippocampus reidi grávido. Fonte: @projetohippocampus.

Em seguida, os machos liberam seu esperma na bolsa incubadora, fertilizando-os.

Assim, o macho carrega a bolsa com os ovos, e após 2 meses os filhotinhos saem para superfície e se tornam totalmente independentes.

Essa reprodução dos cavalos-marinhos acontece o ano inteiro e a partir de um ano de vida, os casais formados já conseguem produzir mais de 1000 alevinos por gestação.

Contudo, apresentam baixa sobrevivência e fecundidade se comparados com outras espécies de peixes.

Alimentação

Os cavalos-marinhos são animais carnívores e apresentam comportamento e preferências alimentares muito semelhantes. Portanto, ele se alimenta de pequenos crustáceos, larvas, ovos de peixe e animais invertebrados.

cavalo-marinho

Cavalo-marinho se alimentando de camarão. Fonte: @projetohippocampus.

Curiosidades sobre o cavalo-marinho

Eles exibem mimetismo semelhante ao dos camaleões, podendo mexer os olhos independentemente um do outro, além de sua mudança de cor em alguns momentos da vida.

Ademais, os cavalos-marinhos exibem baixa mobilidade, se comparados com outros peixes. Todavia, são ótimos nadadores utilizando seus corpos na vertical, movimentando rapidamente suas barbatanas.

Alerta: Perigo de extinção do cavalo-marinho!

cavalo-marinho

Destruição do habitat do cavalo-marinho. Fonte: @justinhofman.

Sim, TODAS as espécies de cavalo-marinho estão em perigo de extinção! E algumas das causas são a pesca predatória e a degradação ambiental que causa a perda de seus habitats.

Além disso, os cavalos-marinhos costumam ser comercializados vivos para a criação em aquários ou até mesmo secos para fins decorativos.


Leia mais artigos aqui e acompanhe o Blog da Engenharia nas redes sociais!

Twitter | Instagram | Facebook | YouTube | LinkedIn

Ivanilson Santos
Engenheiro de Pesca pela UFRPE, atualmente, é mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Aquicultura da UFSC, onde é integrante no Laboratório de Camarões Marinhos/UFSC. Atuando em temas relacionados principalmente ao cultivo e nutrição de camarões marinhos, com ênfase em sistema de bioflocos e aditivos alimentares (bioativos) em dietas para camarões. Cristão, pernambucano, ama violão e xadrez e busca fazer a diferença no mundo, não apenas no âmbito pessoal e profissional, mas também semear conhecimento em prol da ciência, da sociedade e da conservação do meio ambiente. Instagram: @ivanilsonsnts

Engenharia Meteorológica: Tudo o que você precisa saber

Previous article

Conheça a Engenharia Militar

Next article

2 Comments

  1. […] Quer conhecer mais sobre esses animaizinhos? Leia “Cavalo-marinho: Conheça mais sobre esse peixe”. […]

  2. […] evidências de que o romance genuíno realmente existe em nosso mundo hoje. Por exemplo, embora os cavalos-marinhos não sejam exatamente parceiros para “toda a vida”, eles são monogâmicos sérios. […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular Posts

Login/Sign up