ColunistasCuriosidadesEngenharia CivilEngenharia de EnergiaEngenharia de Inovação

Cientistas desenvolvem baterias de cimento recarregáveis

0

Sabemos que no mundo atual há uma grande busca de fontes de energia renováveis e o todo tempo inovações surgem como soluções para os problemas causados pelas fontes de energia consideradas “tradicionais”

Porém imagine o caso da estrutura da sua casa armazenar energia, como se fosse uma bateria gigante? Parece algo absurdo não é mesmo? Vem comigo que te mostro que essa tecnologia está mais perto do que você imagina.

A grande inovação de usar o cimento como bateria

A princípio essa ideia começou a ser desenvolvida na Suécia pelos cientistas Emma Zhang e Luping Tang, da Universidade Chalmers de Tecnologia. Ambos pesquisadores estão desenvolvendo protótipos que prometem transformar o cimento em baterias recarregáveis.

De acordo com outras pesquisas, o cimento é capaz de conduzir eletricidade e gerar calor, através do acréscimo de pequenas fibras de carbono em sua composição. Assim, além de um ganho maior à resistência a flexão, o material aumenta ainda mais sua condutividade.

bateria de cimento

Como funcionaria a bateria de cimento. Fonte: Chalmers University

Desafios dessa grande inovação

Além de ousada, essa tarefa não é fácil pois não se baseia em apenas conduzir a eletricidade, houve a necessidade de adicionar uma malha de fibra de carbono revestida de metal para que os testes fossem mais eficientes.

Após diversas tentativas e erros, obtiveram a conclusão que que os melhores resultados viriam com o acréscimo de ferro para o anodo e níquel para o catodo.

Os resultados de estudos anteriores que investigavam a tecnologia de bateria de concreto mostraram um desempenho muito baixo. Então percebemos que tínhamos que pensar fora da caixa para encontrar outra maneira de produzir o eletrodo, segundo a cientista Emma Zhang.

bateria de cimento

Protótipo desenvolvido de uma bateria de cimento. Fonte: Chalmers University)

Uma série de resultados promissores da bateria de cimento

A princípio os primeiros protótipos dessa bateria de cimento, chegaram a uma densidade energética de 7 watts por metro quadrado. Esse valor é bem baixo comparado a baterias comerciais.

Porém deve-se levar em conta que ao utilizar esse material, não seria em pequenas quantidades, visto o o grande uso de cimento em uma edificação. Esse fator, provavelmente compensaria esses baixos valores.

Diversos especialistas levantam a hipótese dessa inovação por ser recarregável ter sua aplicação por exemplo, em alimentação de lâmpadas de LED ou fornecimento de conexão de internet para áreas de difícil acesso. Há também a possibilidade de serem usadas como instrumentos de proteção catódica à corrosão em estruturas metálicas.

Elas também poderiam ser acopladas a painéis de células solares para fornecer eletricidade e se tornar a fonte de energia para sistemas de monitoramento em rodovias ou pontes, com sensores capazes de detectar rachaduras ou corrosão, diz professora Zhang

led

Previsão para implantação da tecnologia

Além de ser algo extremamente viável e inovadora que traria inúmeros benefícios para o setor energético, ainda está em fases de testes. Há um problema a ser solucionado que envolve a vida útil dessas baterias de concreto e como funcionaria a questão de sua reciclagem à longo prazo.

De acordo com os pesquisadores envolvidos, há todo o trabalho tecnológico para fazer com que elas acompanhem a vida útil das edificações, tornando assim algo viável para ser colocado comercialmente.

Isabela Guedes
Engenheira Civil, especialista em Geotecnia e MBA em Gestão de Obras na Construção Civil. Desde o início da graduação trabalhei em diversas áreas da Engenharia, o que me trouxe uma vasta experiência de sete anos no mercado. Moro atualmente no interior do estado do Rio de Janeiro, possuo 28 anos e sou apaixonada por novos desafios, tecnologia e inovação, séries e games. Produzo conteúdo nas minhas redes sociais com muito humor e de forma acessível para quem não é da área, misturando minhas duas paixões Engenharia Civil e Cultura Pop. Tenho como grande objetivo trazer mais visibilidade para as mulheres na construção civil. Instagram: @engcivil.guedes

Os 10 aviões comerciais mais utilizados no mundo

Previous article

Complexidade da Engenharia de Materiais

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login/Sign up