publicidade

publicidade

Como assim? Empresa cria ar condicionado de argila que dispensa o uso de energia elétrica


A instalação de ar condicionado para os dias de calor pode ir além do que estamos acostumados a ver nas residências e edifícios comerciais. Isso porque, muitas vezes, os modelos de ar condicionado que conhecemos não são os mais eficientes considerando a realidade em qualquer parte do mundo. Exemplo disso é a criação de um ar condicionado bem diferente, com a preocupação de ser mais eficiente e com o uso de uma tecnologia simples: ele é construído a partir de cones de argila e não precisa de energia elétrica.

 

Imagem dos cones de argila com o movimento da água
Imagem: S. Anirudh

Como funciona

A versão foi desenvolvida a partir de uma parceria entre a empresa Deki Electronics e a Ant Studio, que está sediada na capital da Índia, Nova Delhi. O método de funcionamento é mais simples do que se imagina: os tubos de argila são conectados como em uma colmeia, em uma moldura de metal em formato circular. Depois disso, são molhados de uma a duas vezes por dia. Aí que está o segredo! Na medida em que o ar quente, externo, entra pelas aberturas dos tubos, acontece a evaporação que, gradualmente, resfria o ar.

 

Imagem da construção por trabalhador feita com argila da base de metal em formato circular

Com as experiências foi possível observar que o ar que entrava nos cones estava em 50°C, e conforme foi atingido o resfriamento, a temperatura externa, mesmo ainda alta, chegou aos 42°C. As experiências, neste caso, consideram as altas temperaturas do país.

O objetivo e os testes

A água que é utilizada para encharcar a estrutura, ao cair, forma uma espécie de cachoeira, que ainda proporciona um efeito bonito à criação. Aliás, não foi apenas na eficiência energética que se pensou, mas também na beleza de um objeto original.

Imagem dos cones encharcados de água

Em entrevista ao ArchDaily, Monish Siripurapu, o fundador da Ant Studio, disse que as descobertas abriram mais possibilidades, sendo possível integrar esta técnica com formas que podem redefinir a maneira com que olhamos para os sistemas de resfriamento. Monish acrescentou ainda que toda a instalação pode ser tratada como uma peça de arte.

De fato, o experimento desenvolvido proporciona uma alternativa à tecnologia existente e que nem sempre é a melhor para o contexto de uma determinada região, seja pelos gastos de recursos naturais e financeiros e a certas restrições de uso. Foi com esse desafio que a Deki Electronics se deparou, sendo necessária uma alternativa eficiente e simples para resfriamento do ar.

Imagem do ar condicionado completo, em formato circular, já com os cones

Para a criação do protótipo foram utilizadas técnicas de calibração, além de análises computacionais avançadas, como a Fluidodinâmica Computacional (CFD), que permite uma análise do fluxo de fluídos e transferência de calor, levando à compreensão de como cada elemento age no desempenho do produto final.

O exemplo mostra como é possível utilizar técnicas avançadas, mas que são unidas à tradição e ao conhecimento de séculos, a partir da observação de propriedades da água e da transferência de calor. Bem legal, não é mesmo?

Imagens: S. Anirudh. Referências: ArchDaily, Casa Vogue, Engenharia AE


publicidade

publicidade

  • Blefe

    “Para a criação do protótipo foram utilizadas técnicas de calibração”…tem alguma coisa errada aí..