publicidade

publicidade

Como funciona a produção de café? Nós fomos até Minas para descobrir!


Café é um líquido vital para muitos engenheiros e estudantes de engenharia. Inclusive, sobreviver a uma graduação inteira em engenharia sem tomar café é muito raro. Já que o café é tão essencial, você já ficou curioso para saber de onde vem os grãos que vão parar naquelas cápsulas maravilhosas que te deixam acordado durante os estudos? Para descobrir como funciona a produção de café, nós viajamos para Carmo de Minas, em Minas Gerais, para conhecer as fazendas que são responsáveis pela produção dos grãos das cápsulas da Nespresso.

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia

+ O que a produção de café tem a ver com a engenharia?

Tem muita engenharia na produção dos cafés sim! Seja pelo fato de que ele é essencial para manter muitos engenheiros e estudantes de engenharia acordados, ou por toda a engenharia envolvida no processo de produção. Afinal, ela está presente desde a plantação até o café quentinho que sai da sua cafeteira, contribuindo para que a qualidade seja cada vez melhor. Confira abaixo o vídeo da nossa visita a Carmo de Minas!


+ Plantação de café em Minas Gerais

Carmo de Minas é um município localizado na Serra da Mantiqueira, no Sul de Minas, que é famoso pela agricultura do café. De lá, os grãos vão parar na Suíça, onde são processados.

A região da Serra da Mantiqueira é considerada como um lugar de terroir diferenciado. A palavra francesa terroir pode soar estranha para quem não é da área da agricultura. Nessa contexto, ela é usada para definir uma área de terra cultivada e está relacionada à aptidão de tal área para a agricultura. É esse terroir mineiro diferenciado que faz com que o café produzido lá seja especial. Quanto mais lento o processo de desenvolvimento e maturação do grão de café, melhor é o produto final. É por isso que a altitude, presente na Serra da Mantiqueira, é importante para a produção.

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia

As fazendas mineiras fazem parte das cerca de 70 mil espalhadas pelo mundo que fornecem café para a Nespresso. Alguns agrônomos da Nespresso, lá na Suíça, são responsáveis por acompanhar a produção nas fazendas.


+ Como funciona a produção de café?

Durante a visita, descobrimos que cada detalhe na plantação é levado em conta. Tudo isso para que a qualidade do grão e, consequentemente, do café, seja elevada.

O processo que o grão do café passa da colheira até chegar à cápsula leva em torno de 7 meses. Primeiro, os grãos são colhidos e selecionados por processos mecânicos. Os grãos maduros são descascados e vão secar em um processo que leva alguns dias, para depois terem uma camada, chamada pergaminho, removida.

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia.

Acha que parou por aí? Os grãos ainda fazem uma longa viagem até a Europa. Lá, eles são testados e, caso a qualidade seja confirmada, são então torrados e moídos. Depois disso é que eles são, enfim, encapsulados.

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia

A sustentabilidade está inserida em toda a cadeia produtiva do café da Nespresso. A melhoria contínua também é presente e as plantações são certificadas anualmente. Os produtores fazem parte do Nespresso AAA Sustainable Quality, que visa fornecer um café de qualidade e considera parâmetros sociais, ambientais e econômicos.

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia

 

Como funciona a produção de café
Imagem: Blog da Engenharia


publicidade

publicidade