Cursos de EngenhariaDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenhariaengenharia de materiaisInovação

Complexidade da Engenharia de Materiais

0

 

Poderíamos definir Engenharia de Materiais como sendo a engenharia que trabalha com qualquer material, estando assim presente em todos lugares. Mas não é “só isso”.

Existe uma complexidade envolvida na Engenharia de Materiais. Além dos quatros componentes interdisciplinares que envolvem esta engenharia: processamento, estrutura, propriedades e desempenho, existe uma diversificação de criatividade e inovação na qual nunca vi em outra engenharia.

Se tratarmos essa Engenharia como poesia, ela envolveria não somente metais, cerâmicas, polímeros e os sinergéticos compósitos. Ela envolve também o avanço da ciência e da tecnologia na escala de tempo de curta a longa duração, envolvendo a necessidade humana por materiais avançados.

Materiais de alta tecnologia

Exemplos do que vimos nos últimos anos em materiais de alta tecnologia são, por exemplo, os grupos dos semicondutores, dos biomateriais, dos materiais inteligentes e dos nanoengenheirados.

Apesar do progresso já alcançado na Ciência e Engenharia de Materiais, existem muitos desafios ainda a serem superados e otimizados. O avanço é ininterrupto e ilimitado. Um bom exemplo é a busca pela redução no peso dos veículos de transporte e o aumento das temperaturas de operação dos diversos materiais.

É importante também o foco em descobrir fontes de energia novas e econômicas. Além de questões ambientais após uso dos diversos materiais, principalmente aqueles do grupo dos polímeros.

Engenharia de Materiais e sua grandeza

Se pensarmos na grandeza da Engenharia de Materiais ficamos apaixonados imediatamente. Simplesmente o match com ela acontece instantaneamente. Porém, é preciso estar ciente de que para se trabalhar com algo complexo e integrado é inevitável a captação de conhecimento para a qualificação do profissional dessa engenharia. Essa qualificação vem por meio de disciplinas repletas de ciência, além da experiência da “mão na massa”.

Algumas das disciplinas ofertadas durante graduação em Engenharia de Materiais.

A pergunta é: A Ciência e Tecnologia te encantam? Se sim, então a Engenharia de Materiais é a carreira certa para você.

Bárbara Guimarães
Engenheira de Materiais pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Londrina. Mestre em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos - SP, atuando na linha de pesquisa de materiais compósitos de alto desempenho. Atualmente é doutoranda de Ciência e Engenharia de Materiais - UFSCar. Proprietária do @engenhariademateriaisoficial e do canal Engenharia de Materiais no YouTube, palestrante disseminando seu conhecimento pelo Brasil e colunista no Blog da Engenharia. Durante a graduação desenvolveu pesquisas na área de metais, compósitos, nanomateriais aplicados, analítica e de tecnologia da educação. Foi diretora de Protocolo do Club Rotaract Londrina Sul, presidente do Centro Acadêmico do Curso de Engenharia de Materiais e, co-fundadora do projeto Eu-Reciclo na pré incubadora de empresas da UTFPR. Trabalhou em uma empresa de consultoria prestando serviço em empresas do estado de São Paulo. Mineira, adora ler, correr e ter bons amigos. Toma mais café do que água. Defende a ideia de que viver o próprio sonho é sempre melhor do que viver o sonho de alguém.

Cientistas desenvolvem baterias de cimento recarregáveis

Previous article

Programação vs No-code: O que nunca te disseram!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *