publicidade

publicidade

Conheça o bilionário que paga seus funcionários acima da média e oferece vinho durante o expediente


Você talvez não o conheça, mas com certeza iria gostar de trabalhar para ele, seja pelas ótimas condições de trabalho, pelos altos salários ou pelo vinho grátis no restaurante da empresa. De quem estamos falando? De um dos bilionários mais empreendedores do mundo da moda.

Brunello Cucinelli,  aos 64 anos, preside um império de cashmere. Filho de um trabalhador de fábrica, Cucinelli abandonou a escola de engenharia aos 24 anos para vestir roupas de cashmere em cores vivas. Sem experiência na indústria da moda, mas com muitas ideias, tornou seu primeiro empreendimento em um gigante de luxo mundial e receitas perto de meio bilhão de dólares.

 

Crédito: Divulgação

A marca de Cucinelli cresceu em uma linha completa de roupas suaves, tênis e suéteres, todos os quais incorporam cashmere em todas as oportunidades. Cucinelli agora é conhecido por duas coisas: a qualidade excepcional de seus materiais e os preços exorbitantes que seus clientes estão dispostos a pagar por qualquer coisa com seu nome.

Brunello Cucinelli vive em Solomeo, uma vila italiana medieval que é o lar de sua sede e fábrica. Todas as suas roupas são feitas na Itália, com a maioria produzida na região vizinha. Por lá, ele é um imperador benevolente, que constrói teatros, restaura edifícios históricos e praças.

+Trabalhadores como prioridade

Os trabalhadores das fábricas são pagos bem acima da média do mercado e são tratados com intervalos de almoço de 90 minutos com comida de qualidade e vinho disponível na cafeteria. “Minha empresa é tão forte quanto as pessoas por trás dela”, diz Cucinelli. “Então eu acredito em investir na qualidade de vida para nossos funcionários.”

Embora o ambiente de trabalho em Solomeo tenha inspirações em empresas de tecnologia como Apple e Google, a abordagem de Cucinelli parece bem mais utópica: ele não está simplesmente tentando dar a seus funcionários menos razões para ir para casa.

 

Crédito: Bruno Cucinelli

“Eu acredito que o trabalho eleva a dignidade humana e os resultados criativos vêm de sua felicidade”, diz ele, lembrando as indignidades que seu pai sofreu trabalhando em uma fábrica de cimento e o efeito que teve em seu estado de espírito. “Provavelmente foi então que eu comecei a entender a importância que o trabalho desempenha na vida dos homens”, diz ele.

Muitas pessoas que compram uma roupa Cucinelli não conhecem nada disso, é claro. Eles são simplesmente levados pelas próprias roupas, que são tão discretas quanto luxuosas. Ao contrário das marcas cujos logotipos valem mais do que os produtos embelezam, sua linha consegue sua expressão de facilidade, conforto e luxo, no melhor estilo italiano.

Fonte: Hypeness


publicidade

publicidade