publicidade

publicidade

Conheça o Louvre Abu Dhabi, um verdadeiro refúgio de luz sob uma linda e complicada estrutura geodésica


Recentemente, o mundo passou a conhecer o Louvre Abu Dhabi, a primeira sede do famoso e maior museu de arte do mundo fora da França. Sua construção foi iniciada em 2009, através do trabalho da empresa espanhola Sanjose, junto das companhias locais Arabtect e Oger Abu Dhabi – e com o financiamento do próprio Emirados Árabes Unidos. Infelizmente, sua inauguração foi adiada várias vezes. Finalmente, em 2017, aconteceu.

Louvre Abu Dhabi
Exterior do Louvre Abu Dhabi. (imagem extraída de The National AE)

O local escolhido para a implantação do novo Louvre é uma área de quase noventa mil metros quadrados localizada em uma ilha no Golfo Pérsico, no distrito de Saadijat Island. A construção será vizinha do futuro Museu Guggenheim – que também será projetado por Frank Gehry, como fora na Espanha -, e do Nacional Zayed – de autoria do escritório Foster and Partner. Parece que é para ser uma “cidade museu”.

Só no Louvre Abu Dhabi serão exibidos trabalhos de artistas como Leonardo da Vinci, Claude Monet, Édouard Manet, Henri Matisse, Paul Gauguin e Andy Warhol. Tudo é muito diferente do que se vê pelo mundo árabe. Esse museu deverá pregar, continuamente, uma mensagem de tolerância, divulgando as ideias de diferentes culturas existentes ao longo da história. Enfim, através de peças da antiguidade à contemporaneidade, serão traduzidas todas as fases da humanidade.

Louvre Abu Dhabi
Imagem ilustrando como ficará a implantação do Louvre Abu Dhabi com seus futuros vizinhos, o Museu Guggenheim e o Nacional Zayed. (imagem extraída de CNN)
Louvre Abu Dhabi
Vista superior ilustrativa do novo Louvre Abu Dhabi. (imagem extraída de Guia das Artes)

+ As características da arquitetura do Louvre Abu Dhabi

O novo Louvre Abu Dhabi foi projetado pelo arquiteto Jean Nouvel. Seu design foi inspirado nas formas surgidas quando a luz do sol atravessa as folhas de uma palmeira. As tramas resultantes lembram muito os telhados no Oriente Médio. Em verdade, trata-se de uma combinação delicada entre a contemporaneidade e as tradições dos povos locais. É a a tradução do desejo do profissional – e do acordo que foi assinado entre o governo francês e do emirado – de criar uma obra universal, onde diversas culturas possam ser apresentadas juntas.

“O que está aqui em jogo é profundamente diferente, porque não temos nada de mais urgente que promover a cultura e a beleza. Aquilo que, segundo nós, exprime o grau mais elevado da humanidade.” – Emmanuel Macron, presidente da França.

+ A inspiração de Jean Nouvel

Nouvel desenhou uma cobertura para o edifício do museu Louvre Abu Dhabi que virou, por si só, uma peça de arte. Ela foi baseada nos mistérios da luz, da geometria, do movimento e da descoberta da mente; e ainda é muito bem integrada à paisagem. Seu efeito nos interiores foi, como assim chamado, de uma “chuva de luz”. Ele criou um visual aconchegante, adequado à reflexão e à calma dos visitantes. Mas, a estrutura, como um todo, visa mesmo à sustentabilidade. E é essa soma que tem rompido com a concepção estética adotada pela maioria das instituições mundiais, o que surpreende os críticos.

Louvre Abu Dhabi
Desenhos de Corte do Museu Louvre Abu Dhabi. (imagem extraída de Floor Nature)
Louvre Abu Dhabi
Exterior do Louvre Abu Dhabi. (imagem extraída de AM 1070 The Answer)

“É bastante incomum encontrar um arquipélago construído pelo homem”, “É ainda mais incomum ver que ele é protegido por um guarda-sol que cria uma chuva de luz.” – arquiteto francês Jean Nouvel.

+ A grande estrutura do Louvre Abu Dhabi

A estrutura do Louvre Abu Dhabi impressiona. Dois terços do seu edifício estão cobertos por um grande domo branco. Ele tem cerca de 180 metros de diâmetro e 29 metros de altura. É translúcido, feito com encaixes metálicos e sustentado por quatro pilares.

Estudos iniciais levaram os projetistas a fazerem uma abordagem geodésica com desenhos triangulares. Depois, eles partiram para uma abordagem mais ortogonal, com uma grade quadrada. Mas, por fim, acabaram optando por uma união entre as duas formas.

Louvre Abu Dhabi
Construção da cobertura do museu em Abu Dhabi.(imagem extraída de Arquitetura Viva)
Louvre Abu Dhabi
Detalhe do desenho complexo da cobertura idealizada por Jean Nouvel. (imagem extraída de Metalocus)

+ A cobertura do Louvre Abu Dhabi

O resultado da investigação de Jean Nouvel e sua equipe é um padrão bastante complexo. Ele é formado por quase oito mil estrelas, repetidas em tamanhos e ângulos diversos, e sobrepostas em oito camadas diferentes. A enorme casca, que parede flutuar quando vista de longe, forma esse grande abrigo fresco. E sua arquitetura genial não para por aí! Ela é rodeada por cinquenta e cinco construções individuais. Todas são de geometrias muito simples. E cada uma é dedicada a um uso distinto.

Louvre Abu Dhabi
Interior do Louvre Abu Dhabi. (imagem extraída de Arch2o)

O incrível conjunto do Louvre Abu Dhabi é feito em cimento, aço e vidro – só a cobertura é quase tão pesada quanto a Torre Eiffel. Durante o dia, mesmo sob intensos raios de sol, cria-se um espaço amplo de sombra. Todas as zonas de exposição estão organizadas em 23 galerias. Há ainda ambientes voltados às crianças, um auditório e um centro de pesquisas. Muitos de seus volumes estão conectados por passarelas. Isso porque, ao redor do museu, há várias piscinas. Ou seja, o uso do elemento água é um dos maiores destaques desta obra.

Nos vídeos logo abaixo, acompanhe as etapas de construção do museu projetado pelo arquiteto Jean Nouvel.


+ Bônus

O projeto do Louvre Abu Dhabi, de Jean Nouvel, já ganhou vários prêmios internacionais. Primeiro, em 2015, o Prêmio de Desenho de Identidade, na categoria ‘Projeto do Futuro’. Depois, em 2017, na categoria ‘Projeto Proeminente dos Emirados Árabes Unidos’. E, no mesmo ano, o Prêmio European Steel Design Award.

FontesGazeta do PovoCasa ClaudiaArcowebArchDaily.


Leia Também:

O que podemos aprender com as cúpulas geodésicas do deserto de Wadi Run


publicidade

publicidade