CartografiaColunistasCuriosidadesEngenharia de Agrimensura e CartográficaGeodésiaTopografia

Conheça o mapa 3D esculpido em pedra cerca de 4 mil anos atrás

1

Sabemos que hoje em dia utilizamos diversas ferramentas computacionais para executar serviços de Cartografia e Agrimensura, o que facilita muito a rotina do profissional. Porém, você já parou para pensar em como seria um mapa feito mais de 4 mil anos atrás? Venha comigo que te mostro um pouco sobre essa descoberta que até pouco tempo era desconhecida dos cientistas.

mapa 3d

Imagem do Mapa dentro do porão que ele foi descoberto. Fonte: Inrap (Reprodução)

Como assim um mapa tão antigo?

Primeiramente, esse mapa é uma placa de pedra de mais ou menos 3 metros quadrados descoberto em 1900, porém acabou se perdendo na história. Mais ou menos em 2014 ele foi encontrado novamente em um porão de um castelo na França. Através de estudos, pode-se constatar que essa pedra é da Idade do Bronze e pode ser considerado o mapa tridimensional mais antigo da Europa.

Vale lembrar que de acordo com os padrões apresentados no mapa, cientistas conseguiram chegar à conclusão de que ele foi esculpido mais de 4 mil anos atrás, contendo informações de uma área no Oeste da Bretanha, na França.

Mapa 3d

Imagem do mapa esculpido em pedra. Fonte: BBC Brasil (Reprodução)

O que foi a Idade do Bronze?

Como dito anteriormente, esse mapa 3D que tem o nome de Laje de Saint-Bélec teve usa origem datada do inicio da Idade do Bronze. Esse período está entre 1900 e 1650 antes de Cristo.

Essa época foi denominada como do Bronze pois foi quando o homem começou a desenvolver ferramentas feitas de bronze, permitindo que a sociedade pudesse se desenvolver rapidamente em diversas áreas.

mapa 3d

Detalhes do mapa. Fonte: Independent (Reprodução)

Mais detalhes sobre esse item

De acordo com cientistas, os padrões desenhados no mapa indicam representações hídricas que percorrem a região francesa. Além disso, após um estudo de geolocalização foi constatado que apesar de ser extremamente antigo, possui uma precisão de 80 porcento do território que quis representar.

Há muitos mapas esculpidos em pedra um pouco por todo o mundo. Mas esta é a primeira vez que um mapa retrata uma área numa escala específica. Comentou o pesquisador Clément Nicolas, um dos autores do estudo.

O mais interessante sobre essa grande descoberta é que prova que as pessoas que viviam nesse período, tinham ferramentas mais sofisticadas do que poderia imaginar para conseguir fazer esse tipo de trabalho.

Vale lembrar que a Universidade Bournemouth que é responsável pela pesquisa e descoberta desse grande item histórico, fez o anúncio no twitter sobre esse grande feito em Abril desse ano:

Quer saber sobre mais curiosidades da Engenharia? Você pode clicar aqui e ter acesso aos meus outros artigos. Além disso, você consegue me encontrar nas redes sociais: Instagram | Linkedin

Isabela Guedes
Engenheira Civil, especialista em Geotecnia e MBA em Gestão de Obras na Construção Civil. Desde o início da graduação trabalhei em diversas áreas da Engenharia, o que me trouxe uma vasta experiência de sete anos no mercado. Moro atualmente no interior do estado do Rio de Janeiro, possuo 28 anos e sou apaixonada por novos desafios, tecnologia e inovação, séries e games. Produzo conteúdo nas minhas redes sociais com muito humor e de forma acessível para quem não é da área, misturando minhas duas paixões Engenharia Civil e Cultura Pop. Tenho como grande objetivo trazer mais visibilidade para as mulheres na construção civil. Instagram: @isabelaeng

Tiangong-3: a nova estação espacial chinesa

Previous article

Dia do químico: Uma homenagem

Next article

1 Comment

  1. Nossa, não conhecia nada disso. Muito interessante!
    Parabéns!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular Posts

Login/Sign up