1

Quem nunca ouviu falar que “Se não tiver um bom currículo, nunca conseguirá emprego?”, estamos aqui para te dizer que essa é uma meia verdade! Currículos são a porta de entrada, o primeiro passo para a oportunidade.

E um bom currículo on-line é fundamental para mostrar ao mercado o seu perfil, as suas conquistas profissionais e também que você está disponível para novos desafios.

É por meio dele, também, que você realiza a primeira etapa para chamar a atenção de um recrutador. Então, tendo isso em vista, ele deve reunir suas competências técnicas e trabalhos já realizados, para o profissional de RH analisar se o seu conhecimento ou experiência são compatíveis com a oportunidade de emprego disponível.

Continuamente, elaborar um currículo atraente, interessante e competitivo pode não ser uma das tarefas mais fáceis. Por isso, na internet, existem vários sites para você criar um material visualmente interessante para conquistar o recrutador.

Dessa forma, hoje vamos falar dos principais formatos de currículo: o LinkedIn, focado no mercado de trabalho, e o Lattes, para quem é da área acadêmica. Porém, antes vamos falar um pouco do currículo que todo mundo conhece e precisa ter.

Currículo Vitae

A expressão curriculum vitae vem do latim e significa “trajetória da vida”. Esse modelo deve apresentar um resumo de sua formação, qualificações e experiências profissionais, destacando os seus objetivos de carreira e as suas competências.

O currículo vitae não possui um formato oficial e funciona como um “cartão de visita” do candidato, independente da sua área de atuação. Ou seja, com um perfil no LinkedIn ou no Lattes, é muito provável que empresas solicitem o bom e velho CV.

currículo

Fonte: Pixabay

Currículo no LinkedIn

Não há dúvidas que o LinkedIn virou o nosso currículo vitae on-line, não é mesmo? Hoje, o LinkedIn é usado para se conectar com os recrutadores e empresas, e assim fazer dessa rede social um currículo dinâmico. É uma oportunidade incrível que pode chegar até mesmo quando você não está procurando por ela.

Fonte: Pixabay

Contudo, para se destacar na rede social é necessário tomar alguns cuidados que vão te ajudar a construir um bom currículo digital.

Então, acompanhe agora 3 pontos importantes que os recrutadores observam no seu LinkedIn, quando estão procurando por um candidato:

1. A sua foto de perfil

Esse é um dos primeiros contatos que o recrutador terá com você e sua foto está representando a sua imagem. Aqui não é sobre ser bonito ou feio, mas sobre apresentar uma imagem de alguém profissional. Mas, como fazer isso?

Evite fotos recortadas e informais, evite roupas estampadas. Use uma foto que condiz com suas expectativas profissionais.

 2. A sua função

Ter uma boa headline é fundamental para ser encontrado ou encontrada por recrutadores, é através do que você coloca lá que os algoritmos do LinkedIn irão sugerir seu perfil na busca quando o recrutador digitar uma função desejada.

Nesse campo muitas pessoas erram ao colocar diversas funções e formações diferentes, foque em utilizar de 3 a 4 palavras chaves que façam sentido para sua função. Por exemplo: ESPECIALISTA EM MELHORIA CONTÍNUA.

3. Resumo

É o espaço que você tem para ganhar de vez o recrutador! No campo de resumo você precisa colocar alguns resultados que você já conseguiu gerar. Nesse campo também você pode mostrar algumas das suas habilidades ou conhecimentos que possam ser executados para gerar mais resultados.

Posteriormente, você precisa mostrar para o recrutador 2 itens em especial sobre você: seu POTENCIAL, que é o que você é capaz de fazer e seus RESULTADOS, que são as coisas que você já fez.

Nesse sentido, uma dica extra, é procurar sempre usar palavras chaves, são elas que irão chamar a atenção do recrutador no primeiro momento. Dessa forma, fazendo com que o mesmo se interesse, e pare para realizar a leitura por completo do seu perfil – que no caso do LinkedIn pode funcionar como um currículo!

Lattes, LinkedIn

Fonte: Pixabay, 2021.

Currículo Lattes

O Lattes é o currículo científico brasileiro e é elaborado nos padrões da Plataforma Lattes, gerenciada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Então, é nele onde incluímos toda nossa trajetória dentro da universidade, como por exemplo, projetos, publicações, área de trabalho e toda produção e pré-produção científica e tecnológica que nos envolvemos ao longo da nossa carreira acadêmica e profissional, em um só lugar em âmbito nacional e internacional. Você também pode identificar suas áreas temáticas de interesse, linhas de pesquisa e projetos.

Assim, o Lattes é a melhor base de dados científicos brasileira para stalkear e ser stalkeado. Afinal, seu formato disponibilizado on-line garante uma maior visibilidade para quem pretende seguir a carreira acadêmica.

Em suma, o Lattes é um grande diferencial para alunos, professores ou pesquisadores e serve de pré-requisito para se candidatarem às bolsas de pesquisas, financiamento de projetos, processos seletivos, e estágios em laboratórios.

Nesse sentido, possuir registro no Lattes é fundamental para que haja visibilidade do que você produz durante o percurso acadêmico e profissional. Portanto, mantenha o seu Currículo Lattes atualizado!

Mas assim como no LinkedIn, para montar o seu Currículo Lattes, você também precisa se atentar a alguns critérios, são eles:

1. Escolha a sua foto de perfil que dar Match

Se você é daqueles que vai fuçar o currículo lattes do(a) crush para saber se é uma pessoa a sua “altura”, esse tópico vai ser ótimo para você (hehehe)

Porque, hoje em dia temos que ser criteriosos mesmo! Tinder para quê? Vamos avaliar os currículos. Brincadeiras à parte!

Causar uma boa impressão é importante.

O uso de uma foto é um critério obrigatório para cadastrar seu Lattes. Depois da criação você pode retirar, mas eu não aconselho. Afinal, é sua identidade como estudante, professor e/ou pesquisador. Então vamos aprender como escolher uma boa foto?

Cola que é sucesso!
  • Não seja um ghost: Quando você retira sua foto e deixa em branco aparece apenas uma silhueta. Isso deixa seu Lattes parecendo como o de um usuário fantasma e sem personalidade.
  • Foco no foco: Você e o seu rosto são o que devem aparecer na foto. Portanto, não esteja distante nela.
  • Pouca informação: Nada de colocar uma foto com texto ou imagens isso vai deixar a foto “poluída” visualmente.
  • Evite óculos escuros: Isso não permite o contato olho no “olho”. Essa recomendação não é a mesma para os óculos de grau, principalmente, se você depende deles!
  • A estrela é você: Nada de colocar uma foto sua com outra pessoa tipo “casal” ou “amigos do terceirão”. O Lattes diz respeito apenas a você!
  • Saiba brilhar: Escolha uma foto que tenha uma boa iluminação! Não adianta colocar uma muito escura e que sequer possa identificar você.
  • Apareça de cara limpa: Ou seja, você e seu rostinho lindo! Isso não se refere a usar ou não maquiagem, você pode estar maquiad@ sim, desde que não seja “muito pesada”.
  • Mostre sua personalidade: Você gosta de sorrir? Sorria. Você é mais séria? Fique séria. Transmita a pessoa que você é!
  • Tenha uma foto chamativa: Deve ser chamativa o suficiente para fazer com que as pessoas queiram abrir o seu currículo na íntegra. Lembre-se: o foco é você e seu rosto!
  • O que sua foto comunica: Qual a mensagem que sua foto passa? Lembre-se: julgamos e somos julgados a todo momento! Pergunta para um amigo de confiança o que sua foto transmite!
2. Resumo

Talvez você já tenha se questionado sobre o que colocar no resumo do currículo Lattes. Você deve inserir suas informações de maior relevância em poucas linhas. Lembre-se: é o seu cartão de “boas vindas” ao mesmo tempo deve refletir quem você é e o que fez ou faz.

Posteriormente, lembre-se também que a “primeira impressão é a que fica” e transmita ao visitante quais são suas experiências e em que está atuando no momento. E é por esse motivo a importância de elaborar um bom resumo no seu currículo Lattes.

Não existe uma regra de como elaborar, mas com base na minha observação nos currículos dos professores e minha experiência em atualização de Lattes  vou te ensinar alguns passos que uso para atualizar meu currículo:

  • Escreva sua formação, seja concluída ou em andamento;
  • Vínculos que você tem ou já teve durante e após a graduação;
  • Experiências e ênfases na graduação e após, e suas linhas de pesquisa.

Exemplo de um resumo perfeito: Leandro Cesar de Godoy.

Nota: escreva na terceira pessoa do singular.

3. Bônus

Há duas formas de analisar o teu Lattes, são os critérios objetivos e subjetivos.

Portanto, você deve focar mais no que, de fato, conta pontos, que são publicações em periódicos e capítulos de livros, publicações em anais de eventos, participação, organização de eventos, bancas, orientações, projetos de pesquisa ou de ensino ou extensão, estágios no Brasil e internacionais. Contudo, existem outras coisas que podem te ajudar a se destacar.

Mas você deve atentar para algumas coisas e focar em desenvolver uma trajetória linear, participe de grupos de pesquisa, domine seu inglês, escolha uma determinada área para focar e faça muitos estágios, vá a campo. Pode não parecer, mas aquela experiência prática que você teve vai contar muito. Com ela, você vai desenvolver melhor a sua escrita de paper, ter mais domínio na forma de transmitir o conhecimento e, com certeza, qualquer recrutador vai se encantar contigo.

Acompanhe as dúvidas frequentes na Plataforma Lattes.

Gostou das dicas sobre como se destacar com o LinkedIn e Lattes? Conta pra gente, vamos amar receber feedback!

currículo

Fonte: Pixabay, 2021.


Infelizmente, esse é o último artigo da Semana Sob Pressão: quando tudo está certo para dar errado! Então, nosso último conselho a você que caiu de paraquedas nesse artigo é: acesse a aba EVENTOS e depois SOB PRESSÃO, e dessa forma terá acesso a todos os artigos desenvolvidos pelos nossos colunistas, feitos especialmente para você que está se sentindo encurralado no meio de tantas decisões a serem tomadas. Preste bem atenção, e você verá que um material complementa o outro – como uma receita de bolo – e no final você junta tudo e compartilha com seus amigos!


Artigo escrito pelos Colunistas Henrique Oliveira e Ivanilson Santos.

Siga @eng.henriqueoliveirass e @ivanilsonsnts para mais conteúdo sobre o 1º Webnar SOB PRESSÃO do @blogdaengenharia.

Ivanilson Santos
Engenheiro de Pesca pela UFRPE, atualmente, é mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Aquicultura da UFSC, onde é integrante no Laboratório de Camarões Marinhos/UFSC. Atuando em temas relacionados principalmente ao cultivo e nutrição de camarões marinhos, com ênfase em sistema de bioflocos e aditivos alimentares (bioativos) em dietas para camarões. Cristão, pernambucano, ama violão e xadrez e busca fazer a diferença no mundo, não apenas no âmbito pessoal e profissional, mas também semear conhecimento em prol da ciência, da sociedade e da conservação do meio ambiente. Instagram: @ivanilsonsnts

Eternos ESTUDANTES.

Previous article

Os recentes voos do turismo espacial

Next article

1 Comment

  1. […] Então, acompanha o próximo artigo com dicas valiosas sobre como montar seu currículo, tanto físi… […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular Posts

Login/Sign up