publicidade

publicidade

Das pistas para o mundo: como a Shell cria o futuro


A Shell trabalha constantemente em pesquisa para criar alternativas que potencializem a eficiência energética dos veículos, reduzam os custos com energia e melhorem a mobilidade sem causar danos ambientais. Por conta disso, promove a campanha “Make the Future” (criar o futuro), a Shell Eco-marathon e desenvolve pesquisa em parceria com a Ferrari.

Essas e outras iniciativas da marca já renderam bons frutos. Boa parte das histórias podem ser encontradas na página da campanha. Algumas delas são bastante inspiradoras para os estudantes de engenharia que participam das etapas da maratona de eficiência energética todos os anos.

Conheça dois exemplos que saíram das pistas de corrida para as ruas e estradas do mundo.

Turbina eólica Shell

Há quase dois bilhões de carros no mundo e o tráfego de veículos só aumenta nas grandes cidades. Isso, sob um ponto de vista, é considerado negativo e nocivo para o meio ambiente. Mas e se esse tráfego intenso pudesse render uma economia de energia, devolvendo ao mundo parte dos recursos que retira?

Essa é a ideia por trás da invenção do engenheiro elétrico paquistanês Sanwal Muneer, co-fundador da Capture Mobility. Apoiado pela Shell LiveWIRE, que financia startups e empreendedores em suas ideias inovadoras sobre energia limpa, ele criou uma turbina giratória que, posicionada ao longo de uma rodovia, transforma a turbulência da passagem de carros e caminhões em eletricidade. Em um dia, o dispositivo cria energia suficiente para abastecer uma pequena casa.

Esse insight, segundo Muneer, surgiu em 2013, durante uma corrida da Shell Eco-marathon da qual ele participou. Foi a partir da observação dos carrinhos na pista que ele pensou no equipamento e logo em seguida já estava tentando-o na beira de estradas. “Eu queria criar algo que pudesse ser ampliado facilmente, independentemente da geografia e do ambiente”, diz Muneer ao site Make the Future.

Lubrificante número 1

A parceria da Shell com a Ferrari tem gerado resultados dignos de pole position quando o assunto é óleo lubrificante. Sinônimo de alta performance, o motor da Ferrari roda com a proteção da Shell.

O melhor laboratório para a bem sucedida parceria são as corridas de Fórmula 1, pois durante a corrida, o motor é exposto à condições extremas e altas temperaturas. Por isso, foi desenvolvido um lubrificante que afasta o calor e mantém o motor na temperatura adequada.

Segundo o especialista da Shell em lubrificantes, Mark Wakem, os componentes do óleo usado nas pistas de corrida são os mesmos do produto vendido para uso em carros de passeio.  “Temos grande orgulho em colocar nossa experiência e conhecimento de Fórmula 1 no óleo Shell Helix Ultra para veículos de transporte rodoviário , oferecendo a autêntica tecnologia de Fórmula 1.

Parceria Shell e Ferrari

Viu só como corrida de carrinhos não é brincadeira? As pesquisas dos jovens engenheiros acabam gerando grandes inovações que melhoram a vida de muitas pessoas. Quem sabe os brasileiros que participaram da Shell Eco-marathon desse ano não serão os “Muneers” e “Wakems” do futuro?

Quer saber que outras atitudes podem ajudar a construir um mundo melhor para todos nós? Então, veja 3 dicas para economizar combustível.


publicidade

publicidade