1

Enfim chegamos ao episódio final de nossa saga DESTRINCHANDO O SCRUM. Até aqui fomos introduzidos a uma breve história do SCRUM e conhecemos o Agile e seus princípios [PARTE 1], vimos os Papeis, Artefatos e Eventos do framework [PARTE 2], além de como implementá-lo no passo a passo [PARTE 3].

Por fim, hoje listarei algumas das principais certificações que preparei junto ao Antonio Santos, Scrum Master e atual supervisor de implantação de projetos da Modular Mining System, para estudantes e profissionais que desejam se aprofundar no SCRUM. Vamos lá!?

scrum

Certificações gratuitas para Iniciantes

Se o leitor deseja provar que conhece o framework e está apto a utilizá-lo, uma boa forma é através de certificações. Porém, o investimento pode ser alto para algumas pessoas, em especial, os estudantes, no qual muitas vezes não possuem renda para bancá-lo.

Por isso, separei algumas certificações gratuitas para que o leitor possa tirar a sua e, assim, tornar-se mais competitivo no mercado. Confira abaixo!

Scrum Fundamental Certified – SCRUMstudy

 

SCRUMstudy Courses | Scrum Training | Edinburgh Agile

A SCRUMstudy disponibiliza gratuitamente a certificação Scrum Fundamental Certified para quem deseja confirmar que possui um entendimento básico do framework. O formato do exame é através de uma prova múltipla escolha.

Além disso, a prova contém 40 perguntas, onde o candidato deve acertar 30 destas, em 1 hora de prova, para ser aprovado . O exame é totalmente online e sem supervisão.

O nível de dificuldade do exame é relativamente fácil, porém exigirá um conhecimento intermediário do framework. Recomendo ler esta série do início – caso ainda não tenha feito isso – antes de aplicar para o exame.

Scum Foundation Professional Certificate – Certiprof

scrum

Além da SCRUMstudy, outra empresa que costuma disponibilizar algumas certificações gratuitas é a Certiprof.

Este exame contém 40 questões totalmente baseado no Scrum Guide. Para ser aprovado, o candidato deverá acertar no mínimo 70% da prova, isto é, 28 questões.

Assim como o exame anterior, este também é auto supervisionado e com 60 minutos de duração. Para ajudá-lo a se preparar melhor, a Certiprof ainda disponibiliza um material de apoio para quem deseja estudar o framework antes de tentar. Legal, não é?

Certificações recomendadas para quem deseja se Profissionalizar

As certificações acima são muito boas para iniciantes e estudantes que procuram um estágio ou primeiro emprego. Porém, se o leitor deseja se profissionalizar e ser um grande profissional em gestão de projetos, isso pode não ser o suficiente para torná-lo competitivo no mercado. Por isso, pedi ao Antonio Santos recomendações que pudessem ser úteis aos aspirantes. Vamos conferir!

Qual a melhor certificação?

Segundo Antonio Santos, escolher a certificação correta vai depender do objetivo de carreira que o profissional possui.

“Ao fazer a escolha de qual certificação tomar, o profissional deve estar ciente de qual o seu objetivo profissional. Assim, alinhará melhor sua escolha com suas expectativas, definindo melhor o valor do investimento que está disposto a bancar, assim como o risco da aplicação de cada exame” – Antonio Santos

Antonio nos informa que no Brasil, atualmente temos três grandes órgãos representáveis que compõem o pódio das consideradas melhores certificações ágeis. São elas EXIN, Scrum.org e Scrum Alliance. Abaixo listamos 3 das melhores certificações de Scrum Master dessas organizações.

Professional Scrum Master (PSM I) do Scrum.org

scrumorg-logo - Brain Rain

O PSM I é considerada uma das melhores certificações do SCRUM para Scrum Masters. O exame que atualmente custa 150 dólares (cerca de R$ 866,00) é considerado um dos mais difíceis, não pelo conteúdo em si, mas pelo tempo de resposta que o candidato tem para responder cada pergunta – são 80 perguntas em 60 minutos de prova – e a taxa de 85 % de acerto que ele deve superar a fim de ser aprovado. Além disso, o exame apresenta-se somente no idioma inglês.

A Scrum.org também apresenta outras certificações interessantes para quem deseja trabalhar com outros papéis do SCRUM, como Product Owner (Professional Product Owner I – PSPO I) ou Desenvolvedor (Professional Scrum Developer – PSD).

Certified Scrum Master (CSM) da Scrum Alliance

 

Scrum

Outra organização bem consagrada é a Scrum Alliance que possui uma série de certificações bem interessantes. Uma delas é a Certified Scrum Master (CSM), no qual o profissional deve realizar um curso presencial de 14 horas – que normalmente ocorre na cidade de São Paulo – antes de realizar a prova.

Muitos participantes afirmam que o exame possui um fácil grau de dificuldade, uma vez que a prova é baseada inteiramente no curso, porém a obrigatoriedade deste no valor R$ 2.000 pode ser um desafio para alguns aspirantes. “Tanto a CSM quanto a PSM I são boas certificações para Scrum Masters, porém a PSM I costuma ser um pouco mais valorizada no mercado, principalmente por conta da dificuldade”, diz Antonio Santos.

Assim como a Scrum.org, a Scrum Alliance também apresenta uma série de certificações baseada nos papéis do framework, isto é, Product Owner, Scrum Developer e Scrum Master – este inclui também uma certificação de nível avançado.

Agile Scrum Master da EXIN

 

EXIN - Wikipedia

A EXIN é uma acreditadora holandesa muito prestigiada mundialmente. Dentre as diversas certificações que ela possui, a Agile Scrum Master é uma das mais conhecidas. O exame exige uma certa preparação, mas não é tão difícil quanto a PSM I do Scrum.org, uma vez que a prova possui a 1.5h de duração para 40 questões e pode ser realizada em português, sendo necessário um rendimento de apenas 65% para garantir a aprovação. O valor da prova é de $ 225 dólares.

Além disso, assim como os últimos órgãos, a EXIN também possui sua série de certificações, incluindo as de Dono do Produto e Desenvolvedor Scrum, além de outras como Agile Coach e Agile Business Professional.

 

Por fim, terminamos a série DESTRINCHANDO O SCRUM. Espero que o leitor tenha assimilado o que vimos e aprendido bastante. Em caso de dúvidas ou sugestões deixe seu comentário abaixo ou contate-me pelo LinkedIn. Até a próxima!


Já segue o Blog da Engenharia no Instagram?
Já me segue no Instagram?

Paulo César Santos
Paulo César é um ludovicense de 23 anos que atualmente cursa Engenharia de Produção na PUC Minas. Foi coordenador de uma ONG de voluntariado, cofundador e web designer da Virgo em 2019 e trabalhou como monitor em 2020, auxiliando outros estudantes de engenharia com algoritmos e programação. Adora tudo que envolve engenharia, gestão de projetos e tecnologia e acreditou que valia a pena compartilhar com mais pessoas um pouco do que anda aprendendo. Sabe escrever em linhas de código, mas há quem diga que pena pra escrever autodescrições.

Desastres ambientais e a inteligência artificial-IA

Previous article

AGE360 vence o “Best in Building Health 2021” do Fitwel: 15 prédios residenciais destaques no mundo

Next article

1 Comment

  1. […] Por fim, algumas DICAS especiais que preparei junto ao Antonio Santos,  Scrum Master e atual supervisor de implantação de projetos da Modular Mining System, para leitores que pretendem se aprofundar. [PARTE 4/4] […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login/Sign up