11

Hoje, dia 8 de junho, Dia Mundial dos Oceanos, é um momento especial para homenagear e lembrar todas as razões pelas quais precisamos protegê-lo. E ainda mais neste ano de 2021 que é marcado pelo o início da Década do Oceano.

Assim, começo este artigo fazendo uma pergunta simples: Você sabia que o oceano é fonte de vida para mais da metade das espécies do planeta? Incrível não é mesmo?

Além disso, nossa vida e o futuro, por mais que não vejamos, estão intimamente ligados ao oceano, desde o oxigênio que respiramos até os alimentos que consumimos, tudo se relaciona com o oceano.

Portanto, se os oceanos adoecem, nós sentimos. Se morrerem, nós também morreremos.

Se você não consegue enxergar as influências do ceano na sua vida, você não é o único! Pois ainda hoje (2021) conhecemos mais da Lua e Marte do que o oceano.

Sendo assim, precisamos nos ater aos detalhes para enxergar essa íntima relação que temos com os oceanos, independente da proximidade ou distância que estamos deles, e ir além.

Mas quais as principais influências dos oceanos em nossa vida?

Para você conhecer um pouco mais os oceanos listo abaixo alguns dos principais papéis que eles desempenham e nos influenciam diretamente:

  1. Armazenam 98% da água e recobrem cerca de 71% da superfície do planeta. São grandes fornecedores de água para a atmosfera e, consequentemente, para a litosfera. A água que cai das nuvens e abastece os rios, veio, em algum momento, dos oceanos.
  2. Armazenam e sequestram carbono produzido pela atividade humana, que reage quimicamente com a água, produzindo um complexo e delicado sistema responsável por equilibrar o pH dos oceanos e que garante a sobrevivência dos organismos marinhos.
  3. Produzem a maior parte do oxigênio que respiramos. A gigantesca atividade fotossintética que ocorre nos oceanos há milhões de anos possibilitou a formação da atmosfera atual. Os oceanos são o verdadeiro pulmão do planeta!
  4. Ajudam no transporte (circulação atmosférica) de calor e umidade.
  5. Estabilizam o clima.
  6. São fontes de subsistência para bilhões de pessoas por fornecer recursos naturais e econômicos, como biodiversidade fascinante, alimentos, matérias-primas, energia, comércio, lazer e cultura.
  7. Servem como um lugar de fuga: Enquanto alguns perseguem a aventura, outros preferem mergulhar no silêncio sob as ondas. Não há nada mais pacífico ou meditativo do que ouvir o som do oceano enquanto você flutua sem peso no azul.

Agora que você já conhece mais sobre os oceanos é hora de ir um pouco mais além! E, para isso, separei alguns documentários que vão te deixar muito mais amigo do oceano, confira:

1. A Plastic Ocean – Um oceano de plástico (2016)

Documentário produzido pelo jornalista e cineasta Craig Leeson para mostrar os efeitos do lixo e os impactos da poluição marinha em todo o ecossistema.

Por meio de entrevistas com especialistas, o cineasta mostra imagens fortes de aves litorâneas, tartarugas e baleias, mortos após a contaminação com resíduos de plástico.

Por isso documentário impressiona qualquer pessoa por representar um alerta global, o chamado do Oceanos!

Além disso, o documentário aponta alguns caminhos, como evitar o consumo de descartáveis.

2. Chasing Coral – Em Busca do Corais (2017)

Documentário por Jeff Orlowski que mostra o desaparecimento acelerado de recifes de coral por conta do aquecimento global, da pesca excessiva e da poluição marinha.

No documentário, ele ressalta que 90% dos recifes de coral do mundo poderão desaparecer até a metade do século. Por isso, o cinematográfico aborda a importância da preservação desses ecossistemas.

“Chasing Coral” foi filmado em 3 anos e contou com um apoio de mergulhadores, fotógrafos e cientistas, que realizaram milhares de expedições em recifes de coral pelo mundo.

3. Mission Blue – Missão Azul (2014)

A oceanógrafa, bióloga e exploradora, Syvia Alice Earle, luta há muito tempo para proteger os oceanos da pesca abusiva e dos resíduos tóxicos. Sua histótia foi contada neste documentário.

Sylvia Earle ajudou a desenvolver tecnologias para a exploração das zonas mais profundas do mar e se tornou um ícone feminino da exploração submarina, em uma época que a área ainda era liderada por homens. Ela é hoje uma das oceanógrafas mais conhecidas do mundo, e segue lutando pela preservação dos oceanos.

Curtiu o magnífico mundo azul? Abaixo listo mais documentários! Prepare-se, pois todos eles são de “tirar o fôlego”. Você vai se apaixonar e ao mesmo tempo se tornará amigo do oceano.

  1. Jago: uma vida embaixo d’água;
  2. Vida nos Recifes;
  3. Pacificum: retorno ao oceano;
  4. Tales by Light;
  5. Escola D’Água;
  6. Nosso Planeta;
  7. Professor Polvo;
  8. MADRACIS.

Siga o Instagram @ivanilsonsnts para mais conteúdo e conheça mais sobre a Engenharia de Pesca aqui.

Ivanilson Santos
Engenheiro de Pesca pela UFRPE. Atualmente é mestrando em Aquicultura pela UFSC e integrante do Laboratório de Camarões Marinhos, onde desenvolve pesquisas em Aquicultura, com ênfase no cultivo e nutrição de camarões marinhos em sistema de bioflocos. Também possui experiência nas áreas de Ecologia de Ecossistemas Aquáticos Continentais, Biotecnologia de Microalgas e Pesca. Cristão, pernambucano, ama violão e xadrez e busca fazer a diferença no mundo, não apenas no âmbito pessoal e profissional, mas também semear conhecimento em prol da ciência, da sociedade e da conservação do meio ambiente. Instagram: @ivanilsonsnts

Conheça a anatomia de um foguete!

Previous article

Eletric Payment: energia de seu carro como parte do pagamento!

Next article

11 Comments

  1. […] O que você vê quando olha o Mar? O ano de 2021 marca o início de uma nova década, a “Década do Oceano”, a década que você vai ouvir muito falar do Oceano, a década em que você será convidado a se reconectar e a tornar-se Oceano! […]

  2. […] em especial as dinoflageladas. Neste cenário, alguns estuários, lagunas e mesmo praias dos oceanos podem ser tingidas de vermelho, daí o nome Maré […]

  3. […] é um tipo de onda oceânica sim! Elas consistem em um fenômeno de descida e subida das águas do oceano em um determinado lugar. Ou seja, há uma oscilação periódica no nível da água dos oceanos, […]

  4. […] sobrepesca nos oceanos e outros recursos naturais está aumentando continuamente a cada ano. Além disso, estima-se que 10 […]

  5. […] algumas atitudes simples que devemos fazer para contribuir com a redução da poluição dos oceanos por plástico. Afinal, a proteção dos oceanos começa por […]

  6. […] escolhi esse vídeo para chamar a sua atenção para o grande problema que é a poluição dos oceanos por lixo plástico (o inimigo número um da vida marinha) em todo o […]

  7. […] A piscicultura consiste no processo controlado de cultivo de peixes em cativeiro. É uma atividade que pode ser desenvolvida em águas continentais (doce ou salobra) ou no oceano. […]

  8. […] Um dia teremos certeza sobre o que esses animais inteligentes e sensíveis querem dizer, ou fazer, com suas acrobacias. Quem sabe um dia aprendemos a nos comunicar com elas? Assim poríamos perguntar porque gostam tanto de pular nas águas do oceano. […]

  9. […] melhorar meu humor ou um lembrete gentil dos maiores presentes da vida. Essa fonte é o nosso oceano, claro! Pois o oceano abre um leque de lições para aprender com a vida […]

  10. […] algo especial nas viagens das tartarugas marinhas como bebês do ninho ao oceano, que tem uma capacidade incomparável de nos inspirar a implementar uma perspectiva renovada de […]

  11. […] que esperamos quando vamos à praia é sol, área e muita diversão, não é mesmo? Mas você já ouviu alguém falar que estava dentro […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login/Sign up