publicidade

publicidade

Conheça os elevadores mais rápidos do mundo, que chegam à 70km/h

A maior parte dos exemplos está na Ásia. Em altos prédios comerciais, os elevadores apresentam velocidade que chega a superar os 70km/h

Histórias de elevador não faltam, principalmente em ambientes corporativos. Poucos segundos que parecem horas quando estamos atrasados, ou as famosas conversas de elevador enquanto não se chega ao andar. Mas há alguns elevadores que fogem à regra, justamente por serem muito rápidos, mesmo quando o prédio tem mais de 100 andares. O Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH) preparou uma lista com os elevadores mais rápidos do mundo, e a velocidade que podem atingir é de surpreender: o mais rápido supera os 70km/h durante a ascensão.

Imagem da Shangai Tower
Imagem: Cosentini Associates

Os primeiros da lista estão na Ásia (China e Japão), e se destacam tanto pela velocidade que atingem, como pela altura do fosso. O mais rápido de todos é o Shangai Tower, na China. O fosso do elevador é o mais alto, com 578,5 metros e a velocidade a que chega é de 73,8 km/h, o que permite a chegada ao 119º andar em 55 segundos.

Projeção gráfica com detalhes da altura, andares e elevadores do Shangai Tower
Imagem: Council on Tall Buildings and Urban Habitat

O Guangzhou CTF Finance Centre, também na China, aparece em segundo lugar, com uma velocidade de 72 km/h e um fosse de 516,7 metros, enquanto que o elevador do Taipei 101 atinge os 60,5 km/h, e está localizado em Taiwan.

Em quarto e quinto lugares estão o Landmark Tower, em Yokohama, no Japão, e o Two Internacional Finance Center, em Hong Kong, na China, que chegam aos 45 km/h e 38km/h, respectivamente.

Dos edifícios, o menos alto é o Landmark Tower, com 296 metros, enquanto que o Shangai Tower tem mais de 600 metros, o que torna imprescindível que o elevador seja bem eficiente – daqueles que, após alguns segundos, sentimos diferença da mudança de altura e pressão em nossos ouvidos.

Na imagem a seguir é possível ter uma ideia da altura de cada prédio e a velocidade correspondente de seus elevadores, que estão no TOP 5.

 

Imagem gráfica comparativa dos prédios, suas alturas e velocidades os elevadores em imagem em formato de velocímetro
Imagem: Council on Tall Buildings and Urban Habitat

Recorde ameaçado?

Previsto para estar pronto em 2019, o edifício Jeddah Tower, na Arábia Saudita, vai ser o mais alto de todo o mundo, com 1000 metros. Esta característica faz com que seja necessário também um elevador bem eficiente.

Segundo a rede norte-americana CNN, não seria possível que os elevadores fossem mais rápidos do que os da Shangai Tower, isso porque ultrapassar os 24 metros por segundo poderia levar aos passageiros a não conseguirem se acostumar com a pressão do ar.

 

Projeção gráfica de como será a Jeddah Tower, na Arábia Saudita
Projeção do que será o Jeddah Tower. Imagem: The Tower Info

Neste caso, a empresa responsável, a finlandesa Kone, está desenvolvendo um cabo de fibra de carbono com o objetivo de que a subida seja possível em uma única viagem, e acima dos 660 metros.

Na América Latina

O prédio mais alto da América Latina é o Sky Costanera, em Santiago do Chile. São 300 metros, que equivalem a 62 andares. E para se chegar ao penúltimo andar do edifício são necessários apenas 43 segundos.

 

Fotografia do Sky Costanera. Atrás,, a Cordilheira dos Andes
Imagem: Sky Costanera

A velocidade é um pouco menor que os exemplos do relatório apresentado, são 7 metros por segundo – aproximados 25 km/h.

O exemplo sul-americano, apesar de não estar no TOP 5 do mundo, proporciona, ao fim da subida de elevador, uma vista da capital chilena que impressiona.

E então, deu vontade de conhecer cada um dos edifícios? Confira a lista completa, que inclui os edifícios ainda em construção, no site do Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH)

Referências: ArchDaily, Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), Veja

 


publicidade

publicidade