0

Na última segunda-feira (31), o Ministro da Educação Milton Ribeiro divulgou através do seu perfil no Twitter, que o ENEM 2021 já está com data marcada. Segundo ele, as provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, além disso serão feitas em versão impressa e digital na mesma data. 

Então, se você que está lendo essa notícia deseja cursar alguma Engenharia, fica ligado nesse artigo para saber melhor sobre as vantagens que o ENEM trás, para quem quer ingressar em uma faculdade! Vamos lá?! 


Quando começará as inscrições? 

De acordo com o MEC, as inscrições ficarão disponíveis entre os dias 30 de junho a 14 de julho, e poderão ser feitas diretamente no site do INEP. Porém a taxa deverá ser paga até o dia 19 de julho. E lembrando que a inscrição é confirmada apenas após o pagamento da taxa, que será de R$ 85. 

Em suma, o cronograma para o ENEM 2021 deverá ser assim: 

Inscrições: de 30 de junho a 14 de julho.
Pagamento da taxa de inscrição: até 19 de julho.
Solicitação de atendimento especializado: 30/6 a 14/07/2021.
Resultado da Solicitação de atendimento especializado: 23/07/2021.
Solicitação de tratamento pelo nome social: 19 a 23/07/2021.
Resultado da solicitação de tratamento pelo nome social: 30/07/2021.
Aplicação do Exame: 21 e 28/11/2021.

ENEM de forma impressa ou digital? 

Em 2020 o Ministério da Educação começou a implantação do modelo piloto da prova digital. Consequentemente, de acordo com o MEC, até 2026 as provas deverão ser totalmente digitais e não existirá mais a impressa. 

Segundo o Ministério, por enquanto o modelo digital será opcional ao estudante. Dessa forma, a escolha deverá ser feita no ato da inscrição, e pontuando que a mesma não poderá ser trocada após a confirmação da inscrição. Porém, esse modelo não está disponível para todos os municípios. 

Além de economizar com impressões de provas, que em 2019 chegaram a 10,2 milhões e mais R$ 500 milhões em custo de aplicação, a prova de forma digital possibilitará trazer vídeos, infográficos, entre outras tecnologias que aprimoraram a experiência do estudante durante a prova. 

Em suma, a ideia do MEC em conjunto com o INEP é que as provas sejam aplicadas em datas distintas durante o ano. Contudo, terá uma reaplicação para aqueles estudantes que forem prejudicados de alguma forma devido a problemas técnicos ou de logística.  

Entrando em uma universidade com a nota do ENEM 

O ENEM é o maior exame vestibular do país e o segundo maior do mundo. Inicialmente foi criado para avaliar a qualidade do Ensino Médio no Brasil. Porém, anos depois com a aprovação do projeto Universidade para Todos, a nota do ENEM possibilitou que estudantes ingressassem em universidades públicas e privadas de acordo com seu rendimento. 

Então, existem alguns programas do governo que ajudam o estudante na sua ingressão: 

SISU: Sistema de Seleção Unificada, criado para os estudantes se inscreverem nas instituições de ensino superior, que aderiram totalmente ou parcialmente, com uma certa porcentagem de suas vagas. Dessa forma, a nota do Enem poderá ser a forma de ingresso, em substituição ao vestibular. 

PROUNI: Programa Universidade para Todos, oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Dessa maneira, para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Continuamente, para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa. 

No entanto, somente poderá se inscrever no Prouni o estudante brasileiro que não possua diploma de curso superior e que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação. 

FIES: Fundo de Financiamento Estudantil, é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior, de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitas. Em suma, podem recorrer ao financiamento, os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. 

É totalmente possível estudar Engenharia! 

Viu só, como existem várias formas de se ingressar em uma universidade apenas fazendo o ENEM?!  

ENEM

Ou seja, se você sonha em ser engenheiro ou engenheira, fica ligado no cronograma do MEC para não perder a data de inscrição, e caso tenha mais dúvidas sobre esse processo acesse o site do MEC e fique ligado aqui no Blog da Engenharia que sempre está saindo muita novidade sobre dicas acadêmicas, vida de universitário e muito mais!  

 

Pamela Thaís Licheski
Sou Engenheira Civil, catarinense com 23 anos. Atualmente atuo na área de projetos, mas possuo grande experiência com saneamento, atuei durante três anos em Itapoá com atividades de combate a perdas, supervisão operacional e georreferêciamento. Li recentemente em um livro, que não precisamos ter sucesso para sermos felizes, mas precisamos ser felizes para ter sucesso. Acredito que é a felicidade que impulsiona o sucesso. Então que sejamos felizes no que escolhemos fazer no mundo! Instagram: @pamelathaiss_

Manufatura Digital e a Indústria 4.0

Previous article

Dia Mundial do Meio Ambiente são todos os dias!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas