ColunistasCuriosidadesDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + Populares

Engenharia bioquímica: o que nunca te falaram!

0

Você que abriu esse artigo muito provavelmente está interessado em saber mais sobre engenharia bioquímica né? Porém, não se preocupe! O blog da engenharia preparou um conteúdo especial para que você posso conhecer um pouco mais dessa área. Vamos desvendar essa juntos!

Lets Go Free Vector Art

A princípio, conheceremos os desafios que você enfrentará em sua graduação, como atua o profissional dessa área e o mercado de trabalho. Além disso, abordaremos sobre as oportunidades e, o mais importante, o salário (Rs).

A Importância da bioquímica

A engenharia bioquímica

O graduado que se forma em engenharia bioquímica possui conhecimento sólido nas matérias de biologia, física, química e matemática.

Contudo, esses conhecimentos são utilizados na pesquisa e na aplicação de processos que envolvem organismos vivos e biomoléculas para desenvolvimento e produção de produtos de valor agregado. 

Biomoléculas

 

Logo, esses profissionais estão aptos a exercerem a profissão na indústria farmacêutica, alimentícia, cosméticos, agrícola, instituições de pesquisa e muito mais. Essas características, aplicadas de maneira mais aprofundada, diferenciam o engenheiro bioquímico do engenheiro químico.

A engenharia bioquímica na graduação.

Assim como toda engenharia, essa também é dividida em ciclos, por exemplo:

No ciclo básico, o estudante irá formar sua base para aplicações mais específicas no ciclo profissional.  Nesse sentido, o ciclo profissional, onde as disciplinas irão variar de acordo com a ênfase dada pela instituição de ensino.

Contudo, um exemplo de matriz curricular pode ser ilustrado conforme a figura abaixo.

Matriz curricular da engenharia bioquímica

Salário do engenheiro bioquímico

Através de buscas em sites de emprego, pode-se fazer um levantamento da média salarial de um engenheiro bioquímico atualmente.

salário depois de formado em engenharia bioquímica

Fonte: https://www.trabalhabrasil.com.br/media-salarial-para-engenheiro-bioquimico.

Porém, para fazer jus a essa remuneração, o engenheiro precisa desenvolver bem suas atribuições.  Mas, você sabe como esse profissional atua nas mais diversas áreas? Vamos descobrir!

Mercado de trabalho e atuação profissional.

Quando uma indústria deseja trabalhar no desenvolvimento de  processos que envolvam células vivas, processos enzimáticos e fermentativos, inevitavelmente há uma procura pelos profissionais da área da engenharia bioquímica.

Como resultado disso, vemos que esses profissionais possuem um mercado de trabalho bastante amplo, podendo ser empregados na Indústria de Alimentos, indústria farmacêutica, agroindústria, área médica e até de saneamento. E quais seriam as atuações?

Primeiramente, na indústria de alimentos e bebidas estes atuam, em boa parte do tempo, em processos fermentativos, podendo destacar a fabricação de leites e iogurtes, bebidas alcoólicas etc.

processos fermentativos

Na indústria farmacêutica, vemos os bioquímicos na produção e desenvolvimento de vacinas, insulinas e antibióticos, sem deixar de mencionar o controle e monitoramento da produção dos medicamentos.

Já agroindústria, temos a produção de bioinseticidas e outros produtos biológicos para fins de aplicação na área florestal e pecuária.

agrotóxicos

Desenvolvimento de bioinceticidas

Em saneamento, isso quer dizer, na área ambiental, os bioquímicos atuam no tratamento de efluentes industriais, controle de poluição do ar e da água aplicando tratamentos biológicos.

De maneira idêntica as outras engenharias, dentro dessas indústrias ou não, o  engenheiro bioquímico pode trabalhar na área de vendas, projetos e pesquisa, consultoria e controle de qualidade.

Ciência e tecnologia de alimentos

Controle de qualidade na indústria de alimentos.

Temos, ainda, que diferenciar a bioquímica e bioquímica industrial da engenharia bioquímica. Nesse interim, analisem a imagem abaixo.

Diferenças entre Bioquímicas e engenharia bioquímica.

Overview

Fazendo um overview, podemos notar uma enorme semelhança entre a engenharia bioquímica e a química. Mas não se engane! São diferentes.  Analogamente a engenharia química, você também verá a relação com as demais engenharias.

Então, depois desse resumão dessa incrível área. Conseguiu se decidir?

Em síntese, prontos para desbravar esse mundo micro?

Eu e todos do Blog da Engenharia esperamos contribuir para sua escolha!

Desejamos sucesso e que, após ingressar na faculdade, dê-nos um feedback positivo e que também venha fazer parte do nosso time de colunistas na área bioquímica.


Ah, e não se esqueça!

Curta, compartilhe e siga o blog da engenharia nas redes sociais.

Sábio é aquele que compartilha conhecimento com o outro e o torna consciente do mundo e do seu papel na vida.” – Desconhecido.

Paulo Bonjour
Estudante de Engenharia Química na Universidade do Rio de Janeiro (UERJ), onde realiza as seguintes atividades de Iniciação Científica: Otimização de Processos Químicos e Análise das Tecnologias de Produção de Butadieno. Cursou Bacharel em Física até o 4º Período. Durante esse tempo participou de atividades de Iniciação Científica na área de Energia Solar. Possui cursos de Inglês e Francês. Atualmente trabalha com Conformidade de Registro de Gestão no Exército, responsável pela certificação dos registros dos atos e fatos de execução orçamentária, financeira e patrimonial incluídos no Sistema integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI e da existência de documentos hábeis que comprovem as operações.

    O ENDEB 2021 – Encontro das Engenharias do Brasil acontece essa semana e será transmitido em nosso Canal do YouTube

    Previous article

    Impressão 3D: o céu (não) é o limite!

    Next article

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas