0

O Engenheiro de Horticultura utiliza de seus conhecimentos na silvicultura. Mas o que é isso? A silvicultura é o conjunto de métodos naturais e artificiais de reflorestamento. Vamos conferir!

Esse engenheiro atua no plantio, na colheita, no armazenamento, no transporte e na comercialização de plantas ornamentais, medicinais, aromáticas e as utilizadas como condimentos, além de flores, frutas, legumes e verduras. Bora saber mais?

Engenharia de Horticultura

Fonte: Freepik, 2020.

Como o Engenheiro de Horticultura trabalha?

Este engenheiro está apto a lidar com reflorestamento, se assemelhando ao engenheiro agrônomo, porém com foco nos vegetais típicos de pomares e hortas, onde planeja e acompanha o preparo do solo, drenagem, irrigação, fertilização e seleciona sementes, bem como os agentes químicos e as técnicas para proteger, conservar e aumentar a produção.

É esse engenheiro que irá gerenciar mão-de-obra e equipamentos sempre conforme a tecnologia e o custo mais adequados, de acordo com as questões ecológicas. 

Sendo um Engenheiro Horticultor, poderá realizar atividades de planejamento, gerenciamento e supervisão do cultivo de plantas ornamentais, frutas, hortaliças, plantas medicinais, aromáticas e condimentares, desde o plantio até a comercialização dos produtos.

Além disso, poderá supervisionar o preparo do solo e de substratos, a montagem de sistemas de irrigação e drenagem. Ou então selecionar sementes e mudas, planejar a adubação e acompanhar o emprego de fertilizantes e adubos, assim como o combate a doenças e pragas.

Engenheiro de hORTICULTURA

Também poderá prestar assessoria técnica a produtores e empresas da área de horticultura e orientar o manejo de solo, adubação e receituários técnicos. 

Existe também a área de vistorias, perícias e avaliações, onde terá que emitir laudos e pareceres técnicos.

Onde você como Engenheiro de Horticultura poderá trabalhar?

Assim sendo, já que o Brasil é um grande exportador de frutas, as cooperativas e os grandes produtores, cada vez mais reconhecem a necessidade da contratação das competências do Engenheiro de Horticultura.

Os maiores empregadores de engenheiros de horticultura são em sua maioria empresas de frutas e hortaliças, muitas direcionadas para a exportação, que têm necessidade de planejamento da produção e do manejo dessas plantas, e da manutenção do padrão de qualidade.

Existem também multinacionais de agroquímica, que precisam da assistência técnica de alto nível desses engenheiros, visando o aumento de suas vendas. 

Empresas de armazenamento e distribuição de produtos hortícolas, de certificação, de comercialização de insumos e produtos destinados à horticultura, empresas rurais e propriedades agrícolas de todos os portes também buscam pelo trabalho desse engenheiro.

Outra possibilidade é de trabalho em empresas de pesquisa agrícola e assistência técnica, através de concurso. Nessa área, esse engenheiro irá ter sua participação na produção de hortaliças, que tem demanda crescente, e de frutas subtropicais, em que o Brasil tem projeção mundial.

Como Engenheiro de Horticultura, também poderá ser concursado em prefeituras municipais, para projetar e cuidar de pomares e hortas, visando o incremento da produção.

Ou seja, tem a possibilidade também de optar por ter seu próprio negócio, e como autônomo assessorar empresas de reflorestamento e exploração de madeira, empresas agrícolas, indústrias de alimentos.

Ou abrir uma empresa, de floricultura, com plantas ornamentais, de projetos em jardinagem e paisagismo, ou de plantação e comercialização de plantas medicinais. Sua empresa pode ser também voltada para a pesquisa de remédios fitoterápicos.

Por fim, você pode reforçar mais os estudos e partir para a área acadêmica, podendo atuar em institutos, centros de pesquisa e instituições de ensino.

Conclusão 

Entretanto, o profissional graduado em Engenharia de Horticultura é preparado para a gestão de propriedades agrícolas, podendo trabalhar em empresas, institutos, complexos industriais de hortifrutigranjeiros, na carreira acadêmica, entre outros.

Portanto, o mercado de horticultura está em expansão pela falta de profissionais na área, já que o mercado brasileiro importa especialistas da Europa. E isso é uma boa notícia pra quem gostou dessa engenharia né?


Tudo sobre a Eng. Ambiental, clique aqui!

Vídeo sobre um pequeno curso de horticultura orgânica.

Guilherme Matos de Carvalho
Catarinense, 22 anos, formado em Técnico em Agropecuária (2016) e graduando em Engenharia Agronômica no Instituto Federal Catarinense Campus Santa Rosa do Sul- SC. Membro dirigente no CREAjr-SC na regional de Araranguá-SC, e Vice presidente no Centro Acadêmico de Agronomia em 2020. Ama o agro, ama escrever e ama se rodear de boas pessoas. Sonhador, fã de games e louco por conhecimento.

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

Previous article

Quais atributos são essenciais para o sucesso no mercado de trabalho?

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas