CarreiraCuriosidadesEngenharia

Engenharia Mecânica e algumas curiosidades

1
Desde a pré-história, o homem sempre procurou facilitar suas tarefas diárias, visando automatizá-las e reduzir seu trabalho. O emprego de dispositivos mecânicos – como os que hoje engenheiros mecânicos utilizam, porém com maior tecnologia e adaptados à realidade atual – remonta aos tempos antigos. Entre os primeiros exemplos destes sistemas, pode-se citar controles de vazão e nível nos reservatórios de água na Roma Antiga, o relógio mecânico inventado no século XII e a máquina aritmética da Pascal, do século XVII.
Com a Revolução Industrial, a mecanização ganhou novo fôlego e deu um salto tecnológico, com a criação de evoluídas máquinas de tecelagem, moagem, a vapor e até de criptografia, como a criação das gráficas de jornais (época do surgimento da imprensa).
Nos tempos atuais, o advento dos computadores e constante digitalização são fatores que mais contribuem para aplicação e modernização dos sistemas de controle desenvolvidos há centenas de anos pelo homem; e a engenharia mecânica tem importante espaço neste setor. Ela contribui com a concepção e manutenção de novos projetos que visem facilitar e acelerar o desenvolvimento tecnológico e humano.
Screen Shot 2013-03-13 at 6.12.49 PM
  • Leonardo Da Vinci planificou várias máquinas voadoras, entre elas, o parafuso aéreo que inspirou o primeiro modelo de helicóptero!
  • Leonardo Da Vinci acreditava que a visão era o sentido mais importante de todos! Foi através da experiência empírica que este construiu grande parte da sua obra no ramo da engenharia e mecânica valorizando dessa forma uso dos sentidos. Os esboços de um tanque semelhante a uma tartaruga e os de um “Ornithopter” (máquina voadora com asas movíveis semelhantes as das aves) são alguns exemplos.
  • Leonardo da Vinci desenhou o que se pensa ser o primeiro fato de mergulho funcional do mundo, apesar de tal feito ter sido atribuído ao alemão Karl Heinrich Klingert em 1797.
  • Leonardo esboçou várias máquinas de guerra entre elas, um tanque de combate e catapultas de contra-peso e braço flexível, contribuindo assim para o avanço da engenharia militar.
    No entanto, apenas o fazia como meio de subsistência na medida em que mostrava um enorme desprezo pelas guerras humanas.

Via
 

 

Eduardo Cavalcanti
Engenheiro Civil de formação, empresário, e atua em diversos mercados. É aficcionado por tecnologia e está sempre em algum lugar diferente do mundo (sim, viajar está entre seus maiores hobbies). Já teve uma época em que não conseguia dormir sem assistir a um episódio do Netflix. Hoje, com o empreendedorismo pulsando em suas veias, usa praticamente todo o seu tempo livre consumindo conteúdos relacionados à cases de sucesso e ao mercado financeiro.

Subdivisões (da “Doença”) do Curso [Humor na Engenharia #05]

Previous article

A Conservação da Energia Mecânica #02

Next article

You may also like

1 Comment

  1. Incrível como Da Vinci estava a frente de sua época, nós estudantes de engenharia devemos muito a esses gênios que trouxeram um grande avanço ao campo das ciências exatas!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Carreira