0

Você deve estar pensando que a Engenharia Têxtil forma profissionais que serão responsáveis pela fabricação de tecidos para confecção de roupas e atuará exclusivamente no segmento da moda, mas a verdade é que o Engenheiro Têxtil, não somente pode fazer isso como também tem outras atribuições. Por exemplo, a de criar produtos e processos têxteis, atuando desde o início do processo na escolha da matéria-prima ao acabamento. 

Quer conhecer mais atribuições desse engenheiro e saber mais informações relacionadas a essa engenharia? Bora lá…

Fonte: Pixabay, 2021.

Como o Engenheiro Têxtil trabalha?

O engenheiro têxtil, além de cuidar de todo o processamento de tecidos, ainda, será capaz de desenvolver tecnologias que também são utilizadas em outros setores, como automobilística, construção civil e até mesmo áreas da saúde, como medicina e fisioterapia.

A engenharia têxtil desenvolve coletes à prova de balas, joelheiras magnéticas, equipamentos anti-chamas e mantas impermeáveis para construção, tinha noção disso? Além disso, possibilita ao engenheiro projetar máquinas que estão envolvidas na cadeia de produção.

As áreas de atuação para você, caso queira cursar a engenharia têxtil e se tornar um engenheiro têxtil, são amplas, vamos falar de modo geral sobre algumas delas?

Como engenheiro têxtil pode atuar na pesquisa e no desenvolvimento de novos tecidos, trabalhando no laboratório, estudando e encontrando novos materiais, composições, técnicas e tecnologias que impactem a cadeia produtiva têxtil. E partir daí desenvolver novos materiais têxteis, que originarão novas padronagens, formatos, texturas e, a médio e longo prazo, novos produtos.

Pode também atuar na construção de fábricas e máquinas para o desenvolvimento dessa indústria. Atuando na área de projetos, você é quem será o responsável por isso. Podendo planejar as construções e instalações e também construir o maquinário que será utilizado nas fábricas. E ainda pode ser um consultor de projetos. Na área de projetos, também, poderá encontrar lugar para aturar em parceria com outros segmentos, em projetos da área da saúde, militar, automobilística, construção civil e outras. Enfim, projetar qualquer tecido que possa ser utilizado por elas.

Se optar pelos processos industriais, você será o profissional responsável por realizar, analisar e melhorar todas as etapas do processo de produção. A ideia é que os produtos tenham cada vez mais qualidade, custem menos e também sejam sustentáveis, já que hoje essa questão está em alta. 

E para finalizar, com conhecimentos de marketing, você poderá ainda assessorar e orientar empreendimentos que atuam no setor têxtil, inclusive como autônomo. É incrível, não é?

Onde você como Engenheiro Têxtil poderá trabalhar?

Sendo o Brasil o 5º maior produtor têxtil do mundo e um país que forma poucos profissionais por ano (em torno de 50 pessoas por ano), a combinação desses dois fatores determinantes tornam o mercado de trabalho em engenharia têxtil excelente.

Podemos afirmar que os profissionais da área costumam ser bem requisitados, podendo escolher em que locais querem trabalhar.

Os segmentos que um engenheiro têxtil pode atuar são diversos, como já falamos, as indústrias que podem contar com a competência e o trabalho desse profissional são as do setor da construção civil, da saúde, do esporte, militar, agronegócio e automotiva, basicamente.

Na saúde, bem como na construção civil, o trabalho de um profissional da área está diretamente ligado à fabricação de materiais dos mais variados tipos. O engenheiro têxtil que for trabalhar na construção civil geralmente estará ligado à produção de novos materiais para melhorar processos dessa outra área. É o caso, por exemplo, da impermeabilização, estabilização de solos, reforço de concreto e outros. Já as palmilhas ortopédicas e joelheiras, materiais mais complexos como linhas ou cola para suturas, ataduras e gazes, por exemplo, são objetos que auxiliam pessoas com problemas de lesões ou dificuldade de locomoção e que podem ser desenvolvidos por engenheiros têxteis. 

Fonte: Pixabay, 2021.

No setor esportivo, será seu trabalho, caso se torne um engenheiro têxtil, o envolvimento principalmente com a fabricação de tecidos que podem melhorar a prática de esportes, seja auxiliando no processo de transpiração ou até no ganho de alguns preciosos segundos para atletas de alto nível. 

Você poderá inclusive, beneficiar militares, sendo o responsável por desenvolver tecidos mais resistentes, como os utilizados para coletes à prova de balas, ou impermeáveis, que auxiliam na sobrevivência na mata, por exemplo. Ou poderá ainda, desenvolver tecidos para o agronegócio, para coberturas de estufas ou do solo. Esses tecidos precisam ter características que melhorem a ambientação e o crescimento das flores, árvores ou legumes cultivados.

Os materiais têxteis fabricados no setor automotivo, geralmente envolvem a segurança. Poderá trabalhar na fabricação e no desenvolvimento de airbags e cintos de segurança, por exemplo. Ou até mesmo na produção de tecidos fabricados com outtros materiais relacionados ao conforto dos ocupantes do veículo, como o banco e as fibras para isolamento acústico.

Quanta coisa é feita de tecidos não é mesmo? 

Conclusão

Como você viu, o engenheiro têxtil, atua em toda a cadeia produtiva da indústria têxtil, da fabricação e do tratamento de fibras, fios e tecidos à confecção final do vestuário. 

Em resumo, os segmentos de atuação do engenheiro têxtil incluem indústrias têxteis e de insumos para processos e produtos (matérias-primas, embalagens, equipamentos, aditivos e têxteis técnicos), empresas de serviços, órgãos e empresas públicas e de ensino, onde pode exercer atividades nas áreas de produção e processos, garantia da qualidade, pesquisa e desenvolvimento, projetos, comercial e marketing da área têxtil.

São inúmeras oportunidades no Brasil para esse profissional escasso que ainda encontra um mercado aquecido, que tal?

Redação

ENGENHARIA HÍDRICA- O que você não sabia!

Previous article

ENGENHARIA AGRÍCOLA- Saiba mais aqui!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Engenharia