1

Se manter sempre atualizado e buscar novos conhecimentos são duas condições que o profissional de sucesso deve atender. Ou seja, engenheiros sempre serão eternos estudantes!

 

Após a graduação devo continuar estudando ou tentar ingressar no mercado de trabalho?

Esta questão pode ser respondida considerando as duas opções como válidas. Isso porque na verdade

O bom profissional é aquele que está sempre em busca de amadurecimento, tanto em conhecimento quanto em experiências.

Após o recebimento do diploma na engenharia ou em qualquer outra área você tem a oportunidade de optar em qual direção seguir. Para que a escolha seja bem feita deve acontecer um mix de afinidade, conhecimento técnico, mercado de trabalho e alguns outros fatores.

Aquele que não busca continuar se capacitando acaba ficando estagnado no tempo e por mais que seja um ótimo profissional (se é que isso é possível: ser um bom profissional e estar desatualizado) com o tempo as suas técnicas não irão atrais novos investidores e clientes.

Quando começar a direcionar o foco para um ramo específico?

Existem milhares de opções para atuação de engenheiros. Durante a graduação o contato com disciplinas diversas confere aos estudantes a possibilidade de definir em qual área seguir.

O momento ideal para que isso ocorra não pode ser definido como uma fórmula, porém é simples enxergar que caso tenha uma área de interesse, o estudante deve buscar um estágio e cursos voltados para o segmento o mais rápido possível.

Por exemplo: aquele estudante que entra na graduação de Engenharia Civil e tem grande paixão por cálculo estrutural, deve procurar oportunidades de estágio na área. E caso consiga no primeiro período uma chance dessa, ao final da graduação ele terá 5 anos de experiência acumulada. Logo, aquele que está se formando e não tem nenhum registro de atuação no segmento estará em desvantagem em uma comparação técnica.

Então a dica é: experimentar estágios em áreas de interesse até que a definição do ramo de atuação aconteça, e acumular experiências mesmo durante a graduação.

 

O que acontece após a graduação?

O mercado de trabalho oferece grandes oportunidades para profissionais especializados em determinados assuntos. Sendo assim, o recém-formado encontra uma certa barreira para ingressar em algumas empresas devido a falta de conhecimento específico.

Empresas grandes entendem que moldar um profissional de acordo com a sua ideologia é válido. Porém o que vemos no dia a dia são vagas de emprego solicitando longa experiência, vários cursos de capacitação e outros requisitos que desqualificam a presença de recém formados nos processos.

Com isso, após a graduação é recomendado que as pessoas busquem capacitação direcionada, como por exemplo, pós-graduação, MBA, cursos de capacitação técnica, mestrado.

Desta maneira quanto mais capacitação técnica, mais destaque no mercado o profissional recebe.

Eternos ESTUDANTES!

Estar em constante aprendizado possibilita o profissional a estar sempre se reinventando. Isso gera credibilidade, fomenta novas metodologias na execução dos trabalhos, utilização de novas tecnologias, processos mais avançados e diversos outros benefícios.

O que os clientes buscam é aquela pessoa que seja capaz de atender às expectativas, trabalhando de forma otimizada e atualizada.

Sendo assim o profissional que não trabalha com técnicas e materiais que estão ganhando o mercado atual, perde cada vez mais espaço. Dessa forma, abandonar a sala de aula não é uma opção, engenheiros sempre serão eternos estudantes caso não queiram ficar para trás!

O reconhecimento é proporcional a entrega!

Um profissional que não busca desenvolvimento pessoal e técnico não será valorizado. Isso é uma regra de vida: não é possível ter novos resultados fazendo sempre as mesmas coisas. O resultado é uma consequência das nossas atitudes.

Estudar é regra básica para quem almeja sucesso profissional!

 

DICAS para se manter atualizado

  • Hoje em dia as redes sociais trazem uma infinidade de possibilidades em relação a cursos e mentorias em qualquer área. Busque então conteúdo de valor que vá gerar crescimento;
  • Confira na postagem da colunista Mayssa de Oliveira, lá no instagram do Blog da Engenharia apresentando Plataformas com Cursos GRATUITOS e CERTIFICADOS;
  • Além dessas possibilidades facilitadas que as redes sociais nos proporcionam existem os cursos de Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado;
  • Temos ainda as bibliografias específicas de cada área, normatizações vigentes, premissas e diretrizes que podem ser ótima opção.

Além de ter que se manter atualizado, aprendendo e estudando, um profissional qualificado deve aprender também a montar seu currículo profissional. Dessa forma conseguirá transmitir aos recrutadores seus conhecimentos e habilidades profissionais em cima do que está sendo falado atualmente na área.

Então, acompanha o próximo artigo com dicas valiosas sobre como montar seu currículo, tanto físico como online nas maiores redes profissionais da atualidade!

Lucas Alves Ribeiro
Eng. Civil graduado pela Universidade de Itaúna, pós-graduado Eng. de Estruturas pela PUC-MG. Atua na gestão de projetos de Infraestrutura Rodoviária - Concessionária da Rodovia MG-050 - AB Nascentes das Gerais (370 km de rodovias). Capacitado como Auditor Interno SGQ ISO 9001 e Brigadista. Além da carreira CLT cria conteúdos voltados para Rodovias: @la_rib. Casado, católico, mineiro, vicentino. Fomenta o desenvolvimento pessoal de seus seguidores através do projeto Cada Dia Melhor e se tornou comunicador apresentando um programa de TV - @seligatv.

De Estagiário até Engenheiro em 3 passos.

Previous article

Currículo: como se destacar entre os demais.

Next article

You may also like

1 Comment

  1. Excelente matéria!! 👏👏👏

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas