ColunistasDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesDicas

Saúde mental dentro do escritório de engenharia civil

0

Você pode não saber, mas a rotina em um escritório de engenharia civil – e na própria área de construção em si – pode ser muito estressante e prejudicial para a saúde mental no escritório de engenharia.

 

Com a pandemia de corona vírus isso pode se tornar ainda mais prejudicial. Porém, muitas vezes – não somente na área da construção – as empresas acabam focando apenas na realização do teste de Covid e não o devido apoio para a saúde mental dos seus funcionários. 

Apesar de todos os estereótipos que podem girar em torno de sua cabeça quando se trata de trabalhar com construção, esses são alguns dos profissionais que menos recebem apoio mental. 

Na construção, a saúde física é vista como o mais importante. Há placas em todos os lugares lembrando as pessoas de usar equipamentos de segurança.  Centenas de horas são dedicadas ao treinamento de segurança, que é repetido em intervalos regulares para garantir que realmente seja absorvido. 

Há palestras de segurança dadas no local, detalhes de manuseio manual e técnicas de levantamento para garantir que ninguém se machuque e que todos possam continuar trabalhando.

Mas há uma peça do quebra-cabeça da saúde faltando em toda essa conversa sobre segurança – o lado da segurança mental das coisas. E muitas vezes essa questão fica de fora, por exemplo, no plano de saúde empresarial da empresa. 

Parece que o principal problema na indústria da construção é a percepção de que as pessoas que atuam na área são “duronas” e não precisam de apoio mental, o que está totalmente equivocado. 

Continue a leitura e descubra como você – se for dono de um escritório de engenharia civil – ou a empresa onde trabalha podem fazer para proporcionar saúde mental para os funcionários! 

Dicas para proporcionar Saúde mental no escritório de engenharia

Saúde mental no escritório de engenharia civil

O trabalho pode ser uma grande fonte de estresse para muitas pessoas. Como empregador, você deve se esforçar para tornar seu local de trabalho o mais confortável e agradável possível para proteger a saúde mental dos funcionários.

Para te ajudar, aqui estão algumas dicas muito importantes para proporcionar um ambiente de trabalho focado na saúde mental de seus colaboradores. 

1. Crie um ambiente de trabalho positivo

Um ambiente de trabalho repleto de competição excessiva, assédio, “panelinhas” e atitudes negativas pode levar qualquer pessoa ao colapso.

Com o estresse pessoal e profissional, os funcionários têm o suficiente com que se preocupar sem ter que trabalhar em um ambiente tóxico todos os dias. Inclusive, com a pandemia, se tornou ainda mais importante falar de saúde mental no trabalho.

Saúde mental no escritório de engenharia civil

Um ambiente de trabalho positivo os deixará felizes por virem trabalhar todos os dias, protegendo sua saúde mental e aumentando a produtividade.

Para começar, não tolere intimidação, assédio ou discriminação em seu local de trabalho. Escreva uma política anti-assédio forte e aplique-a de forma consistente, independentemente da posição do assediador ou do tempo de trabalho.

Quando os funcionários não estão preocupados em ser incomodados ou excluídos, eles podem relaxar e fazer seu melhor trabalho.

Nos negócios, é fácil focar nas áreas de melhoria. Mas ouvir constantemente sobre seus fracassos derruba os funcionários. Lembre-se de recompensá-los quando fizerem um bom trabalho. 

Quer seja um e-mail de todos os funcionários para assinar um grande cliente ou um café com leite de sua cafeteria favorita agradecendo por ajudar outra equipe, os sinais de agradecimento são grandes impulsionadores do humor.

Finalmente, não negligencie o aspecto social do local de trabalho. Incentive os funcionários a fazer conexões pessoais com seus colegas. 

Organize clubes sociais na hora do almoço (por exemplo, jogos, tricô, clube do livro), onde os funcionários podem fazer novos amigos e dar uma pausa no trabalho por algum tempo, mesmo que ainda estejam no escritório.

2. Treinar gerentes em apoio à saúde mental

Saúde mental no escritório de engenharia civil

Treine gerentes sobre como não apenas reconhecer as mudanças no comportamento e produtividade que podem indicar um problema de saúde mental, mas também como abordar o tema da saúde mental, mantendo os limites. 

Como e quando um gerente deve confrontar o funcionário? Que recursos eles podem indicar ao funcionário se quiserem ajuda? O que eles devem fazer se o funcionário não quiser ajuda?

Além disso, o treinamento deve incluir estratégias e exemplos de mudanças no local de trabalho. As mudanças serão diferentes dependendo do seu local de trabalho e da situação do funcionário, mas podem incluir:

  • Horário reduzido ou flexível;
  • Trabalho remoto;
  • Tarefas de trabalho modificadas ou reduzidas;
  • Novo gerente ou estilo de supervisão;
  • Transferir para outra posição.

3. Promova o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

Elogiar os funcionários que trabalham até tarde e chegam cedo ou esperar que eles trabalhem de casa à noite prejudica a sua empresa a longo prazo. 

Sem um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal, a produtividade tende a diminuir e os funcionários ficam mais propensos ao esgotamento.

Para prevenir essas consequências negativas, estabeleça a importância de um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal.

Comece oferecendo flexibilidade nas horas de trabalho dos funcionários, dentro do razoável. Se precisarem de duas horas no meio do dia para a reunião escolar do filho e compensar à noite ou no dia seguinte, não há problema. 

Se eles tiveram uma noite difícil e precisam mudar sua programação em uma hora para dormir um pouco, deixe-os. Concentre-se na produção e produtividade dos funcionários, em vez de suas horas “no relógio”.

Finalmente, enfatize a importância de fazer pausas. Abasteça seu refeitório com café e lanches e designe salas de descanso pequenas e silenciosas, onde os funcionários podem relaxar. 

Incentive-os a desconectar-se à noite e nos fins de semana e a tirar uma folga quando precisarem de intervalos mais longos do escritório. Certifique-se de que os gerentes também possam tirar folga. 

4. Fornecer benefícios de saúde mental

A saúde mental dos funcionários é tão importante quanto seu bem-estar físico. Mas deixar de incluir os benefícios para a saúde mental no plano da empresa significa que você não os valoriza da mesma forma.

Uma maneira fácil de fazer essa transição é permitir “dias de saúde mental”. Permitir que a licença médica dos funcionários seja usada para doenças físicas e mentais ou designar uma licença específica para cuidar da saúde mental.

Em seguida, você também pode oferecer um Programa de Assistência ao Empregado (PAE).

Esse serviço conecta funcionários a conselheiros que podem ajudá-los a lidar com questões, tanto profissionais quanto pessoais, que afetam sua saúde mental. 

Os funcionários que se sentem estressados ​​com um projeto, questões conjugais, disputas com colegas de trabalho ou outro problema de curto prazo podem conversar com alguém gratuitamente, sem passar pelo processo formal de encontrar um terapeuta. 

Além disso, adicione cobertura de saúde mental ao seu plano de benefícios para funcionários. Inclua grupos de apoio, terapeutas e conselheiros de grupo. 

Quando os funcionários podem obter a ajuda de que precisam sem se preocupar com o custo, todos se beneficiam.

Conclusão

Saúde mental dentro do escritório de engenharia civil é um assunto muito importante e que merece a devida atenção dentro dessa área. 

Os profissionais podem sofrer com a pressão diária e nem cogitar na possibilidade disso estar afetando a sua saúde mental. Afinal, na área da construção, existe um foco muito maior na saúde física. 

Esperamos que tenha gostado do conteúdo e que agora esteja mais claro como é importante cuidar da saúde mental não somente em escritórios de engenharia civil, mas em qualquer outro tipo de área de atuação!

Impressão 3D: o céu (não) é o limite!

Previous article

Saúde e segurança do trabalho em tempos de pandemia

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas