publicidade

publicidade

Game de realidade aumentada em parceria com a NASA mostra como é estar em Marte


Já imaginou poder explorar a superfície de Marte de maneira tão imersiva que se confunde com a realidade, dando a sensação de estar lá? Acredite se quiser: já é possível fazer isso através de um game recém-lançado.

Em Marte 2030, os jogadores pousam no Planeta Vermelho, exploram um habitat de realidade futurista na superfície e exploram o planeta em modo 3D de maneira intensa. O jogo está disponível para as plataformas famosas, como o Oculus Rift e a Steam, e em breve estará disponível para PlayStation VR também.

Crédito: Hypeness

“A experiência em si abrange cerca de 40 quilômetros quadrados da superfície de Marte. O jogador flutua mais lentamente do que seria esperado, já que o movimento é calibrado para a gravidade do planeta”, disse Julian Reyes, diretor de realidade aumentada na Fusion Media Group, empresa responsável pelo jogo.

Os membros da empresa de produção foram inspirados por um estudo do MIT que analisou a viabilidade de Mars One, um projeto de colonização privada. O estudo concluiu que a instalação da empresa seria mortal e insustentável, e com isso a companhia procurou os estudantes do MIT para obter o que exatamente seria necessário para uma expedição à Marte.


Veja também: Garoto de 9 anos se candidata a vaga na NASA (e a resposta foi épica!)


“Eles começaram a nos fornecer vários documentos técnicos, da habitação, dos espaços espaciais, dos rovers, do crescimento da alimentação, etc”, afirmou Reyes. Então, a Fusion Media trouxe seu conceito à NASA para uma parceria e construiu uma equipe para reconstruir a superfície de Marte.

 

O resultado é uma experiência que é cientificamente tão precisa quanto a da realidade de Marte. O jogador pode virar e pegar as coisas a qualquer momento, e também pode deslizar para frente e para trás, mas a maneira mais fácil de se mover sem maiores problemas para jogadores VR inexperientes é usar o controlador para se teletransportar para qualquer área visível.

+Como funciona o jogo

O jogo funciona da seguinte maneira: os jogadores desbloqueiam diferentes zonas de descoberta em Marte enquanto coletam amostras de rocha. Eles também podem trazer diferentes tipos de rochas de volta ao laboratório para colocar no microscópio e procurar marcadores ou sinais de vida. Mas, se eles irão encontra algum sinal, os criadores “Mars 2030” ainda não revelaram.

No final, o jogador constrói uma compreensão de como o Planeta Vermelho mudou ao longo do tempo, além do esplendor do seu terreno atual e de uma visão de como um habitat realista de Marte poderia realmente funcionar caso um dia tenhamos tecnologia para isso. Não custa torcer, não é?

Fonte: Hypeness


publicidade

publicidade