DestaqueDicasEmpreendedorismoEngenharia

Guia para Engenheiros: como abrir seu escritório e gerenciá-lo

0

Hoje você vai conhecer nosso guia para engenheiros de como abrir um escritório e gerenciá-lo.
Se você acabou de sair da faculdade e quer empreender ou está cansado de trabalhar para os outros e quer ser dono da própria carreira, precisa aprender.

Atualmente, o Brasil vive um período de muito empreendedorismo, até por conta da crise que vive. Por causa da pandemia do novo coronavírus, foram 600 mil novos microempreendedores que tiveram de arregaçar as mangas e ir à luta para sobreviver em um mercado tão hostil.

Se você quer seguir o mesmo caminho, aprenda agora mesmo como abrir seu escritório para engenheiros!

Como abrir seu escritório para engenheiros: 5 passos a seguir!

1. Monte um plano de negócios

O primeiro passo para abrir um escritório de engenharia é montar um plano de negócios que explique como o empreendimento funcionará, quais os objetivos e metas, que mercado atacará, como vai crescer, quais os diferenciais e muito mais.

Esse ponto é essencial pois é o que garante que a empresa terá um bom começo e dá mais solidez ao avanço no mercado. Para se ter uma ideia da importância de um plano de negócios, 50% de todas as empresas do Brasil fecham as portas em 4 anos de operação. Uma das razões disso é justamente a falta de um planejamento que ajude a superar os obstáculos.

Portanto, é importante ter o plano de negócios para guiar o funcionamento da empresa e otimizar as chances de sucesso.

No caso de um escritório de engenharia, é importante explicar no plano de negócios quais os setores serão alvo da empresa no curto, médio e longo prazo. Muitos empreendedores podem responder algo como “Todos”, mas isso na verdade diminui as chances de sucesso.

Por exemplo, suponha que uma empresa precise de 50 pontos em algum mercado para poder se tornar especialista nele. No entanto, a empresa decide distribuir os seus pontos em todos os mercados possíveis.

No fim, ela acaba desperdiçando todos os seus recursos em todos os nichos possíveis e não se torna especialista em nenhum, o que contribui para sua falência.

2. Prepare a documentação

O passo seguinte para abrir um escritório de engenharia é preparar toda a documentação para formalizá-lo. Esse processo é burocrático e longo, mas é necessário para poder garantir a qualidade do serviço prestado no mercado nacional.

É importante ter em mente que existem regulações específicas para cada estado e cidade do país. Portanto, não adianta dizermos “é necessário esse ou aquele documento”, pois isso vai variar para cada caso.

Portanto, o ideal é fazer uma consulta perante a Prefeitura da sua cidade e a Junta Comercial do Estado para saber os requisitos específicos.

No geral, entretanto, o processo exige os seguintes passos:

  • registro do contrato social em Cartório ou na Junta Comercial;
  • A obtenção de CNPJ e NIRE;
  • obtenção das licenças e inscrições nos conselhos e órgãos de classe;
  • obtenção do alvará de funcionamento;
  • autorização para emissão de notas fiscais, cadastro na Previdência Social e outros pontos.

3. Obtenha a infraestrutura

Em seguida, é essencial que o escritório de engenharia obtenha toda a infraestrutura necessária para poder trabalhar. Por isso, é importante saber escolher um bom local para o escritório, com espaços amplos e possibilidade de crescimento.

Lembre-se de que, caso o escritório cresça, será necessário contratar mais funcionários, ter mais equipamentos e instalações. Caso você não esteja preparado, pode acabar tendo de fechar um acordo ruim no futuro por causa da necessidade.

Um ponto interessante é que o padrão do mercado faz com que os engenheiros visitem os clientes e não o contrário. Por causa disso, não é essencial ter um bom lugar para receber as pessoas, mas sim uma localização com muita mobilidade.

Se estiver em uma cidade como São Paulo, vale a pena estar próximo do transporte público para poder se locomover mais rapidamente, já que o trânsito é bem complicado.

Em termos de equipamentos, é essencial ter um bom computador, capaz de trabalhar com os softwares pesados da área. Além disso, é importante ter impressores, uma boa rede de conexão à Internet, backups e muito mais.

4. Contrate a equipe, se necessário

Dependendo do seu modelo de negócios ou do escopo inicial do seu escritório, será necessário contratar alguns profissionais de apoio. O ideal é ter uma equipe mínima aceitável para o início das atividades, incluindo secretárias e outros profissionais.

No entanto, só faça esse tipo de contratação quando já tiver a formalização da empresa, ou poderá cometer infrações trabalhistas.

5. Tenha um time de marketing para começar

Por fim, não esqueça de contratar uma agência de marketing digital para poder dar o lançamento no seu escritório. Essa equipe será responsável por traçar estratégias publicitárias para fazer o seu negócio crescer, atrair novos clientes e conseguir resultados cada vez melhores.

Faça uma boa pesquisa e opte por quem já tenha experiência no mercado de engenharia ou no setor B2B. O ideal é ter campanhas de Conteúdo, Anúncios e Redes Sociais, além de estratégias de lançamento, prospecção e manutenção de clientes.

E aí, gostou de aprender como abrir seu escritório para engenheiros? Se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário abaixo com ela!

Veja também nossos outros artigos sobre empreendedorismo:

Workshop Mercado Financeiro e Engenharia

Previous article

Onde chegaremos seguindo a ROTA 2030…

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque