6

Primeiramente, antes de falar de hormônio em frangos e para nos situarmos na produção de frango, trago dados de 2018 da USDA/ABA, onde o Brasil é segundo maior produtor de frango com produção de 12,90 toneladas de carne. Nesse mesmo ano, o maior produtor foi os EUA com quase 19,50 toneladas de carne.

Sendo que destas 12,90 toneladas de carne de frango produzidas no país, 8,77 toneladas são para nosso próprio mercado interno e 4,13 toneladas voltadas para exportação. Consumo da carne de frango é muito comum, devido aos valores de mercado é uma carne considerada popular em comparação a carne bovina.

Motivos

Então, agora vamos entrando aos poucos no assunto do título. A dieta de um frango pode ser baseada em 3 pilares: Energia, proteína e gordura, além de vitaminas e minerais suplementares. Geralmente os mais usados são:

  • Grãos: – Milho, soja tostada, sorgo, trigo, triticale;
  • Subprodutos de origem vegetal: – Soja, girassol, canola, arroz;
  • Subprodutos de origem animal:- Vísceras, carne e ossos, sangue;
  • Suplementos energéticos: – Gorduras animal e vegetal (Animal: Sebo, banha, óleo de frango/Vegetal: Óleo de soja);
  • Suplementos minerais:  – Sal comum, calcário, fosfato bicálcico, farinha de ossos.

Além disso, outro fator importante a ser dito é em questão a genética do animal. O melhoramento genético foi um dos grandes responsáveis por essa alta produção de carne, de conversão da ração em carne.

Foram selecionados os melhores animais, para obtenção de melhores genótipos e fenótipos para as características zootécnicas determinadas, como para produção de carne e ovos. Um frango é abatido por volta dos 40 dias de vida.

Praticamente não houve nenhuma mudança na composição nutricional da carne do frango. E a modificação vem as vezes na adição de alguns elementos como por exemplo o selênio no peito do frango e ácidos graxos.

Enfim, são usados hormônios?

É um mito, não se usa pois não funciona na pratica!

Imagine aplicar individualmente em cada um dos frangos em um aviário, é uma mão de obra muito grande para tal ganho em carne. Além do que os frangos são abatidos muitos jovens não respondendo a alguns hormônios como a testosterona.

Small yellow chickens eat on the farm.

Mas, desmitificando de vez, o principal motivo para não se usar hormônio na produção de sangue é porque não se tem ganho financeiro. Além de toda a mão de obra de aplicação individual, ainda deveria ser aplicado quase que diariamente.

Estudos com o uso de hormônio de crescimento em aves foram feitos. Como resultado, os frangos não respondem bem aos hormônios. Além disso, não é uma opção economicamente viável.

O uso do hormônio é  proibido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA). Existe um programa denominado Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC), o qual faz análises nos Laboratórios Nacionais de Agropecuária (LANAGRO), de carnes e outros produtos.

frango fim

Agricultura e segurança alimentar andando em conjunto!

 

 

Guilherme Matos de Carvalho
Catarinense, 22 anos, formado em Técnico em Agropecuária (2016) e graduando em Engenharia Agronômica no Instituto Federal Catarinense Campus Santa Rosa do Sul- SC. Membro dirigente no CREAjr-SC na regional de Araranguá-SC, e Vice presidente no Centro Acadêmico de Agronomia em 2020. Ama o agro, ama escrever e ama se rodear de boas pessoas. Sonhador, fã de games e louco por conhecimento.

CREA-SP JOVEM 2020, foi tudo isso mesmo? Confira tudo sobre o que rolou no evento!

Previous article

O que é e como utilizar um kanban?

Next article

You may also like

6 Comments

  1. Greate article. Keep writing such kind of info on your blog.

  2. You produce quality content, I appreciate you

  3. I think it is a fluent sharing, I will recommend your site to my friends

  4. I read a great article with pleasure, I hope it will continue

  5. Wow, great blog article.Really thank you! Really Great.

  6. I read a great article with pleasure, I hope it will continue

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil