ColunistasInovaçãoTecnologia

Inteligência artificial, presente ou futuro?

3

Quando falamos de inteligência artificial, logo pensamos em 2100, quando na verdade já estamos vivendo o futuro que tanto falávamos no passado. Sabe porque é natural pensarmos em inteligências artificiais para daqui há 80 anos?

Inteligência artificial, presente ou futuro?

Porque somos sugeridos a pensar na historia em linha reta. Ou seja, quando imaginamos o progresso dos próximos 30 anos, olhamos para o progresso dos 30 anos anteriores como um indicador do que realmente acontecerá.

Mas se analisarmos, essa ideia é errônea, pois quanto mais os anos passam, mais a tecnologia aumenta as suas “quilometragens por hora”, então quanto mais tempo, mais rápida fica.

Inteligência artificial, presente ou futuro?

Se pararmos para pensar sobre até que ponto o mundo pode se desenvolver no séc. 21, pegamos então o progresso do sec. 20 e adicionamos no ano 2000.

É muito intuitivo para nós pensarmos linearmente, mas quando estamos falando de tecnologia devemos nos  impulsionar a pensar exponencialmente.

Vamos te dar uma prova disso que estamos falando:

No ano de 1700 os transportes funcionavam com feno, comunicação à distancia eram possíveis só se gritasse bem alto ou disparasse um canhão.

Imagina então que fosse possível trazer uma pessoa do ano 1700 para o ano de 2020, tendo a intenção de colher suas reações.

Inteligência artificial, presente ou futuro?

Pense e imagine tamanho choque lhe causaria essa experiência, as emoções seriam tão elevadas, que a pessoa poderia até desmaiar, imagino.

Mas o segredo de tudo esta aqui:

Imagine agora, se essa pessoa do ano de 1700 voltasse para sua época original, e fizesse o mesmo, só que agora trazendo alguém do ano 1500 para 1700. A pessoa de 1500 obviamente se espantaria com muitas coisas, mas isso não lhe causaria um choque como vimos no primeiro exemplo.

Embora 1500 e 1700 sejam bem diferentes, mas é “anos luz” menos diferente em comparação com 1700 para 2020.

Inteligência artificial, presente ou futuro?

E se caminharmos mais para trás nos anos ainda, perceberíamos que as evoluções vão sendo menos significativas e demandando um tempo muito maior para evoluções consideráveis.

O que queremos dizer com isso?

Os avanços estão ficando cada vez maiores e ligeiramente mais rápidos.

Raymond Kurzweil disse que todo o progresso do sec. 20, teria sido alcançado em apenas 20 anos no sec. 21. E se ele estiver certo, seremos surpreendidos em 2035 da mesma forma que o cara de 1700 foi surpreendido em 2020.

A primeira coisa para se definir inteligência artificial, é entender que não estamos falando tão somente de robôs.

Inteligência artificial, presente ou futuro?

Por exemplo: o software e os dados por trás da Siri da apple, a Alexa, o computador de bordo do seu carro, todos são inteligências artificiais, entre muitos outros exemplos que poderíamos citar de inteligência artificial que já existem.

Conclusão:

A tecnologia esta tão comprometida e muito a frente do que imaginamos, ela tem trabalhado de forma mutua para atingir os seus objetivos, e o objetivo é ter avanços muito mais rápidos do que avanços passados. Essa é a essência da tecnologia.

Podemos concluir que o que vivemos hoje é uma ficção cientifica para aqueles que viveram nos séculos passados, o futuro que imaginamos para daqui 100 anos, esta há poucos anos de nós.

Inteligência artificial, presente ou futuro?

Marcelo Vinicius
Marcelo estudou Engenharia Civil pela Universidade Nove de Julho, e hoje cursa sua 2ª graduação em Análise e desenvolvimento de sistemas pela Universidade Anhembi Morumbi, é um amante da tecnologia e acredita que Engenharia alinhado com a Tecnologia é um diferencial para sua carreira. Marcelo também atua no mercado financeiro como analista gráfico, onde decidiu se aprofundar afim de empregar melhor seus investimentos, ele acredita na ideia de que o mercado financeiro não é para todos, mas que é para todo engenheiro. Marcelo tem 27 anos, é casado com uma dentista graduando, e um baterista nas suas horas vagas, apaixonado por musica. instagram: @marviingarcia

    Você sabe quais são os 3 pilares da acessibilidade?

    Previous article

    5 grupos de materiais que vieram para revolucionar o mundo

    Next article

    You may also like

    3 Comments

    1. Excelente ponto de vista.

    2. […] Tudo sobre a Inteligência artificial bora clicar aqui […]

    3. […] no processamento de imagens e inteligência artificial, fizeram com que fosse possível também o desenvolvimento de óculos que funcionam de maneira […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas