ColunistasDestaqueDestaque + Editor's PickDestaque + PopularesEngenhariaEngenharia de Telecomunicação

Internet das Coisas: Saiba porque ela vai revolucionar o mundo

5

É fato que vivemos a era da conectividade e cada vez mais aparecem dispositivos que nos conectam a pessoas e ao mundo através da internet. Smartphones, Smartwatches, Smart TV’s… Entretanto esse conceito de conectividade tem um nome: Internet das Coisas (Internet of Things – IoT).

Um universo de possibilidades

Quando nos perguntam quais aparelhos nos conectam a internet, logo nos vem a cabeça smartphones e computadores, certo? Porém, a Internet das Coisas abrange um universo muito maior, que vem evoluindo e cada dia mais trazendo alguma novidade, um exemplo disso são as Smart Locks, fechaduras que podem ser destravadas por um smartphone.

Internet das Coisas

Fonte: igloohome 2021

E sim, existem possibilidades mais futurísticas já em produção, como as roupas inteligentes, que desempenham algumas funções conectadas ao seu smartphone.

Um exemplo disso é a jaqueta inteligente desenvolvida pela marca Levi’s em parceria com a Google, que possibilita a conexão com seu smartphone através de um módulo inteligente, o Jacquard Tag, que permite ao usuário atender ligações, pausar conversas, selecionar músicas e etc.

Porém, ainda é uma tecnologia limitada a poucas funções, mas já é o pontapé inicial para essa tendência.

Afinal, como funciona a Internet das Coisas?

Esse modelo de conexão entre dispositivos é possibilitada através de tecnologias de transmissão de dados, que dentre as mais conhecidas está a rede móvel de internet.

Internet das Coisas

Contudo, é necessário ter uma conexão eficiente, pois, com essa troca de informações em alta demanda, o risco de congestionamento da rede é elevado.

Entretanto, para solucionar este problema surge o 5G, prometendo ser a geração de telefonia móvel mais eficiente de todas, mas ainda está em desenvolvimento.

Também faz-se necessária uma autenticação eficiente dos dispositivos, o que possibilita a conexão com a internet. Para este fim, temos como exemplo a RFID (Radio Frequency Identification – Identificação por Radiofrequência), que é um sistema de identificação automática por sinais de rádio, sem necessidade de contato físico.

Os smartphones por serem os equipamentos que mais se conectam a Internet das Coisas, são os que mais possuem esse recurso instalado.

Smart Cities: As cidades do futuro  

Esse conceito apresenta uma cidade inteligente que visa a eficiência para seus habitantes. Consiste em uma cidade que coleta dados de várias ações que ocorrem em localidades diferentes, assim fazendo um levantamento de pontos deficitários.

Internet das Coisas

Portanto, é uma excelente ferramenta de tomada de decisão, para solucionar problemas ou aprimorar serviços. Esta tecnologia está agregada ao IoT, pela troca de dados dos dispositivos instalados pela cidade.

Alguns exemplos disso são semáforos e estacionamentos inteligentes, que prometem eficiência na mobilidade; mapeamento em tempo real da criminalidade, para estratégias preventivas de segurança e outras possibilidades.

Riscos da IoT

Assim como a ideia de ter sua casa, carro, cidade e outras coisas conectadas a internet, seus riscos podem ser grandes, assim como seus benefícios. O maior é a possibilidade de invasão de sua rede por hackers mal intencionados. Imaginem uma situação:

  • Sua casa é toda conectada a rede e um hacker a invade e desliga sua energia, sistema de segurança e o deixa vulnerável a invasão de criminosos, lembrou da cena de algum filme?
  • Se sim, é um risco real futuro, que a Internet das Coisas pode nos trazer. Portanto, as empresas que desenvolvem essa tecnologia, precisam garantir a segurança de seus usuários, como: sigilo dos dados, proteção das comunicações e etc.

A verdade é que todo potencial da Internet das Coisas ainda não foi explorado, algo futurista que vem para revolucionar nossas vidas, entretanto já vê-se a diferença entre a nossa vida há dez anos atrás e hoje.

A quantidade de recursos que a IoT nos trouxe, principalmente através de um smartphone, é gigantesca, até o mais simples ato de ir a um supermercado fazer compras, hoje pode ser feito através de um celular.

Nossa cultura anda se modificando por causa da IoT e as perspectivas para um futuro breve são animadoras, as empresas no Brasil cada vez mais vem adotando o uso dessa tecnologia. Logo, aguardemos os próximos anos, que virão com inovações e benefícios para todos nós.


Internet das Coisas

João Carlos Batista de Oliveira
Pernambucano, 28 anos, estudante de Engenharia Elétrica de Telecomunicações, pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco - POLI/UPE, sempre a procura de evolução. Adora escrever, entusiasta do conhecimento, sempre disposto a ajudar, criativo, cheio de objetivos na vida, amante do cinema e de viajar. Instagram: @joaocbatistaa

    Alavancando a imagem e escalando negócios através das Redes Sociais

    Previous article

    Os 5 Gadgets mais interessantes de 2021 [até agora]

    Next article

    You may also like

    5 Comments

    1. […] existem soluções tecnológicas que ajudam a evitar acidentes como esses, que aplicam a internet das coisas (IoT). Calma, que vou te explicar o que é […]

    2. […] Ao longo do tempo, a quantidade de dados gerados vem crescendo exponencialmente. Esse fenômeno se deve, principalmente, ao surgimento da rede mundial de computadores e à internet das coisas (IoT). […]

    3. […] internet é interessante porque podemos ofertar um produto para milhões de pessoas ao mesmo tempo. No entanto, o charme […]

    4. […] A IoT (internet das Coisas) vai ser cada vez mais presente em nossas vidas, graças a capacidade de interação maior entre dispositivos que o 5G projeta. […]

    5. […] Quarta Revolução Industrial: Atualmente, robôs autônomos, realidade aumentada, computação em nuvem, cibersegurança e internet das coisas. […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in Colunistas