publicidade

publicidade

Mentes Brilhantes: Elon Musk e seus planos de dominar Marte!


Substituir todos os carros comuns por elétricos, transformar energia solar em padrão e colonizar Marte. Para o empresário sul-africano Elon Musk, essas são metas possíveis, tanto que ele fundou empresas para realizá-las e nas quais investe sua fortuna. Na hora de criar o novo Homem de Ferro, ele era a inspiração óbvia. Conheça o mundo de Elon, afinal ele quer que você viva nele.

2534551796ee0a2638b462ce82e33b65091b1d42_1600x1200
Elon Musk (Foto: Ted Talks)

Elon Reeve Musk (Pretória, 28 de junho de 1971) é um empreendedor e filantropo sul-africano, canadense e estadunidense. Tem como destaque a criação e participação em empresas como o Paypal, a SpaceX e Tesla Motors.

Em 1982, enquanto as outras crianças de 12 anos decoravam a coreografia de Thriller, de Michael Jackson, ele criou seu próprio videogame que, mais tarde, foi vendido para uma empresa sul-africana por 500 dólares. De fato, a velocidade de seu empreendedorismo é o que mais impressiona em sua história. Formou-se em economia pela Universidade da Pensilvânia e, um ano depois, obteve um diploma de física. Mudou-se para a Califórnia e fundou a empresa Zip2, uma companhia que desenvolvia conteúdo para portais de notícias.

powered-by-zip2-75455195
Logo tipo ZIP2, primeira empresa do Elon

Em 1999, a empresa foi comprada pela Compaq por US$ 307 milhões – dos quais US$ 22 milhões couberam ao acionista Musk. Aos 28 anos, ele se tornou milionário e podia fazer o que queria (por incrível que pareça: trabalhar).

Imediatamente ele passou a um novo projeto: desenvolver uma maneira prática e segura de fazer pagamentos e transferências pela internet. O negócio acabaria conhecido como PayPal e deu início a uma revolução que ainda está em seus primeiros movimentos: já há pessoas que só recebem e gastam créditos de PayPal e não usam outra forma de dinheiro. Se ele vai virar a moeda mundial a gente ainda não sabe, mas a empresa foi comprada em 2002 pelo Ebay numa transação de US$ 1,5 bilhão, sendo que 10% foi para o bolso de Musk. A essa altura, ele já estava cansado do mundo virtual e queria, literalmente, outros mundos.

paypal
Logotipo da 2ª empresa do Elon Musk (Foto:PayPal)

Depois da venda milionária da PayPal, Elon não parou de trabalhar, fundou mais uma centena de empresas e faturou mais alguns milhões de dólares com suas vendas.

Um de seus projetos mais incríveis é o carro 100% elétrico, mais conhecido como Tesla Roadster. Esse modelo foi o primeiro de sua autoria. Atualmente, a Tesla já lançou mais três modelos. S, X e o modelo 3 – este último com a responsabilidade de trazer os carros elétricos para as massas, partindo de um custo inicial de 35 mil dólares.

tesla_model_s
Modelo S do Tesla (foto: Fã de Carros)

Para Musk, se o motor a combustão deixou o mundo dependente do petróleo, vítima do aquecimento global e refém dos produtores, chegou a hora de uma tecnologia que traga menos problemas. Foi assimque ele viu na eletricidade uma solução menos danosa ao meio ambiente. Paralelamente, Elon Musk também tenta convencer o mundo de que a energia solar é o futuro. A Solar City, fundada por ele em 2005, já é a maior fornecedora de painéis solares dos EUA. Porém, mesmo engajado em projetos sustentáveis, ele deixou claro que se não der para salvar este mundo, há outros. Como? Em uma declaração para a revista Wired, ele disse que “o objetivo final de toda a minha trajetória é transformar a humanidade numa espécie multiplanetária. Em 30 anos haverá bases na Lua e em Marte”.

Elon acredita que a humanidade deve ter outra opção para a eventualidade de uma catástrofe global, investindo na colonização de Marte. Em setembro de 2015, declarou que bombardear o planeta vermelho com armas nucleares seria a forma mais rápida de torná-lo habitável e mais parecido com a Terra, derretendo as calotas polares e libertando o dióxido de carbono acumulado sob a superfície, o que estimularia o efeito estufa e tornaria o planeta mais quente. Mais tarde, disse que não faria realmente isso. E, por levar esse pensamento muito a sério, ele declarou em 2016 que tem um plano de levar uma colônia de pessoas para viver no planeta vermelho.

Mars
Marte (Foto:Google)
260px-flag_of_mars-svg
Bandeira do planeta Marte aprovada e proposta pela Sociedade Planetária e pela Mars Society. (Foto Wikipédia)

Ainda, em 2013, ele apresentou o Hyperloop, um novo conceito de transporte de alta velocidade. O projeto consiste em um tubo de baixa pressão com cápsulas, transportadas a grande velocidade ao longo do tubo. Tal tubo permitirá viajar a alta velocidade, aproximando-se dos 1200 km/h. Estima-se que a construção da ligação entre Los Angeles e San Francisco custa cerca de 6 bilhões de dólares, muito menos do que os 85 bilhões de dólares previstos para o comboio de alta velocidade. O projeto do Hyperloop é apresentado como economicamente viável para ligações inferiores a 1500 km. O preço de uma viagem entre Los Angeles e San Francisco seria de 20 dólares para os 35 minutos de viagem. E já existem empresas dispostas a pagar pelo projeto do gênio e tornar realidade sua execução.

 

elon_musk_hyperloop_dezeen_936_10
Projeto base do Hyperloop (Foto: Machines of the future)

 

Curiosidades:

  1. Na hora de fazer o filme “Homem de Ferro”, o diretor Jon Favreau instruiu o ator Robert Downey Jr. a passar um tempo com Musk. “Ele é o Tony Stark da vida real. Inspire-se”. Era o reconhecimento que faltava.
  2. Com 40 anos, Elon fundou 4 grandes empresas e teve 5 filhos, além de ser um dos milionários mais jovem da Terra.
  3. Ele é um dos palestrantes da nossa lista de “10 TED Talks que todo engenheiro deveria assistir”. Se você ainda não viu, clique aqui.


publicidade

publicidade