1

Para o desenvolvimento de um projeto existem diversas ferramentas que possibilitam transformar as ideias em produtos reais, com isso entram em cena os softwares de modelagem CAD, sendo eles 2D ou 3D. Mas afinal, o que esses termos representam e o que devemos levar em consideração na hora de escolher qual ferramenta irá auxiliar neste processo? Veja a seguir.

CAD

A sigla vem do termo Computer Aided Design, que podemos simplificar para desenho assistido por computador. Esses softwares usam o poder da tecnologia para auxiliar no desenvolvimento de um projeto, permitindo transformar assim uma ideia em um protótipo digital.

Sem a versão digital, o projeto exige diversos protótipos que serão testados e modificados até atingir o resultado desejado, esse processo é demorado e caro. Com as soluções CAD os custos são reduzidos e há uma maior agilidade para lançar o produto no mercado. Desta forma, dentre as soluções CAD podemos separar em duas categorias principais: 2D e 3D.

CAD

Desenvolvimento de projetos com CAD

Principais Características

Desenhos técnicos em 2D representam um objeto tridimensional por meio de vistas bidirecionais (largura x altura) em um plano. Entretanto, já no ambiente de modelagem 3D o projeto é desenvolvido incluindo a profundidade e assim é possível uma melhor visualização, pois o resultado obtido no computador é mais próximo visualmente do produto real.

modelagem

Versão digital do projeto

Softwares

Existem no mercado diversos softwares CAD, entre eles os que são usados para a modelagem 2D, como por exemplo o AutoCAD, Draftsight e MicroStation. Já para a modelagem 3D existem também diversas soluções como SOLIDWORKS, Inventor, CATIA, Creo, entre outros.

Cada um tem seus pontos fortes e fracos, entretanto, no mercado competitivo de hoje as soluções 3D permitem que as empresas tenham maior destaque, devido a uma maior redução de custos e maior agilidade no desenvolvimento e nas validações.

CAD 2D

Os programas com vistas 2D tem um preço mais em conta do que quando comparado aos programas 3D. Seus recursos são mais enxutos e práticos, de forma que as vistas sejam desenhadas de forma simples, com as informações técnicas que o usuário precisa.

Entretanto, esses projetos costumam ser extremamente técnicos, o que pode causar problemas de interpretação durante a fabricação, gerando o retrabalho. As modificações também exigem um tempo maior já que todos os detalhes precisam ser alterados manualmente.

Por fim, é mais comum que empresas que usam softwares 2D gastem mais com protótipos, retrabalhos e tempo de detalhamento.

Para aqueles que já estão acostumados com a ferramenta, o CAD 2D realiza o trabalho, mas não permite grande flexibilidade para inovações e demanda bastante trabalho manual durante o desenvolvimento e suas modificações.

cad

IBM e General Motors foram alguns dos pioneiros da tecnologia CAD

CAD 3D 

Na modelagem 3D as formas paramétricas se iniciam de esboços geométricos que vão ganhando forma e se tornando objetos tridimensionais. É possível adicionar materiais, aparências e até movimentos, o que permite uma boa visão do resultado final e também a possibilidade de realizar simulações, o que acaba dispensando em boa parte o uso de protótipos e minimizando a possibilidade de erros. Alguns incluem opções de análise das propriedades físicas, simulações do processo de fabricação e renderizações.

Por fim, com todas essas possibilidades todo o projeto é desenvolvido e testado em sua maioria digitalmente, reduzindo os gastos com protótipos reais e com grandes retrabalhos.

Análise do projeto

Em geral as soluções 3D tem um custo maior, devido a grande quantidade de ferramentas inclusas e também podem exigir maior tempo de aprendizado, entretanto, apresentam um bom retorno do valor do investimento já que permitem maior agilidade, economia e flexibilidade nos projetos.

Aplicações

Substituindo os desenhos manuais, os softwares CAD atendem as áreas onde seja necessário desenvolver e documentar projetos, oferendo as vantagens do mundo digital e o poder da tecnologia. As áreas de aplicações vão desde projetos mecânicos, sistemas elétricos, layouts industriais, até projetos arquitetônicos, entre diversas outras.

Muitas empresas que precisam destas soluções e que estão começando acabam não incluindo no seu planejamento financeiro a compra destas soluções e acabam tendo que recorrer a terceirização do projeto ou até ao uso irregular de algum programa, o que pode trazer um grande prejuízo.

Assim como computadores para uma empresa são indispensáveis hoje em dia, os softwares também devem ser considerados, para que a os departamentos envolvidos no projeto possam se concentrar apenas em fazer o melhor projeto possível, sem desperdiçar tempo com problemas relacionados ao desenho e a documentação do projeto.

modelagem

Leticia Pizzi
Tecnóloga em Automação Industrial e Técnica em Mecatrônica. Vive em Sorocaba, interior de São Paulo. Apaixonada por tecnologias e como elas podem melhorar nosso dia a dia e processos em geral. Trabalhou na área técnica de softwares CAD, CAM e CAE para engenharias e hoje atua também comercialmente neste setor, dentro da maior revenda da américa latina, apresentando para as empresas tecnologias que irão deixá-las ainda mais eficientes. Usuária SOLIDWORKS EXPERT - CSWE. Adora trocar conhecimento e interagir por meio de grupos de usuários, Blogs, Palestras, Linkedin e também por meio de seus canais no Youtube (Leticia Pizzi) e Instagram (@tec.pizzi).

Armazenamento em nuvem: um raio x desse conceito

Previous article

Água: Um bem de quem e para quem?

Next article

You may also like

1 Comment

  1. Ótimo artigo Leticia! Eu particularmente depois que comecei a usar o Revit para projetar não consigo mais usar o CAD. Acredito que de certa forma a ferramenta AutoCAD esteja ficando para trás e o mercado de sotwares com projeção 3D está ganhando espaço.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in CATIA