publicidade

publicidade

Pilotamos o novo Jetta 1.4 com motor TSI! Confira nossas impressões


O novo Volkswagen Jetta 1.4 com motor TSI desembarcou no Brasil. O sedã médio está com um visual renovado e nós tivemos a oportunidade de testá-lo. Neste texto, você confere um pouco mais sobre e ele e descobre qual a nossa opinião.

Jetta 1.4 com motor TSI
Imagem: @eduardomikail | Blog da Engenharia

+ Volkswagen Jetta

O Jetta é produzido pela Volkswagen desde 1976 e que chegou ao mercado brasileiro em 1999, na categoria de sedã médio. Ele concorre com alguns carros da categoria que são favoritos de muitos brasileiros, como o Honda Civic, Toyota Corolla e Chevrolet Cruze.

+ Volkswagen Jetta 1.4 com motor TSI

O novo Jetta foi revelado este ano nos Estados Unidos. No mercado brasileiro, ele chegou em setembro, mas só na versão 1.4 TSI. Ele foi lançado em duas opções: R-Line e Comfortline. A versão 2.0 TSI só deve desembarcar em solo tupiniquim em 2019.

+ Motor e performance

Em sua sétima geração, o novo Jetta tem a mesma base do Golf. O motor 1.4 TSI alcança 150cv de potência e torque de 25,5 kgfm. Já a versão 2.0 terá 220cv e 35,7 kgmf. Ainda, o Jetta 1.4 é capaz de alcançar 100km/h em 8,6 segundos. Há quatro modos de condução: Eco, Sport, Normal e Individual.

Jetta 1.4 com motor TSI
Imagem: @eduardomikail | Blog da Engenharia

Na hora de dirigir, ele é bem confortável, tanto na estrada quanto na cidade. Porém, por ser 1.4, mesmo que turbo, não há uma resposta muito rápida do motor quando precisamos. Para isso, é necessário o modo Sport, principalmente na hora de fazer ultrapassagens.

+ Design interno e externo

Agora na plataforma MQB, o Jetta tem 5,2cm a mais de alongamento. A distância entre eixos aumentou de 2,65m para 2,68, de modo que o porta-malas cresceu de 444 para 510 litros.

O motorista tem bastante conforto dentro do Jetta 1.4, que é mais espaçoso que a versão anterior. A central multimídia é voltada para o motorista e o volante é multifuncional. Os bancos são revestidos de couro sintético.

Jetta 1.4 com motor TSI
Imagem: @eduardomikail | Blog da Engenharia

No quesito externo, o Jetta está mais robusto e com um ar mais imponente causado pelas linhas laterais e do capô. O perfil semelhante a um cupê o deixou, ao mesmo tempo, esportivo e elegante.

Jetta 1.4 com motor TSI
Imagem: @eduardomikail | Blog da Engenharia

Os faróis são em LED e há uma nova grade frontal. Na traseira, há uma certa aerodinâmica na tampa do porta-malas e ênfase na largura do carro.

Jetta 1.4 com motor TSI
Imagem:  @eduardomikail | Blog da Engenharia

+ Características e tecnologia

Com um preço de aproximadamente R$110 mil, a versão Comfort promete um pacote grande de benefícios, como ar-condicionado duas zonas, seis alto-falantes, freios ABS, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, seis airbags, controle de tração e estabilidade e central multimídia de 8 polegadas, GPS e duas entradas USB no console. O teto solar é opcional. Porém, a Volkswagen ficou devendo no painel, que não é digital.

Porém, perto da versão R-Line, ela não é assim tão vantajosa. A R-Line conta com, além das características citadas, controle de cruzeiro adaptativo, painel digital de 10,2 polegadas e assistente capaz de prevenir colisões frontais. Isso pode fazer com que quem pense em comprar o Jetta, considere a possibilidade de investir R$10 mil a mais no R-Line.


publicidade

publicidade